terça-feira, 27 de julho de 2010

Em nenhum outro

E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos (Atos 4:12).

Alguém me perguntou recentemente: “Deus eu aceito, mas por que tenho de aceitar Jesus?”

A pessoa que fez tal pergunta deve ter uma vaga idéia de quem o nosso grande Deus é. Presumi que ele jamais leu a Bíblia e provavelmente não a considere como a Palavra de Deus.

No entanto, é somente na Bíblia que tais questionamentos são respondidos e nos é mostrado que apenas depois de Jesus Cristo ter vindo ao mundo a humanidade pôde ter a revelação de quem Deus é

Agora Deus é conhecido como o Altíssimo, o Todo-poderoso e o Santo, que intervém na história humana vez após vez, ora com amor, ora com julgamento. Deus não tem prazer em punir o pecador: Sua santidade e justiça absoluta exigem isso.

Os que são sinceros sempre têm de admitir que são pecadores diante de Deus e que precisam desesperadamente de redenção.

Talvez você já tenha parado para pensar qual a opinião de Deus sobre você. Ou o que lhe acontecerá no futuro.

Será que existe mesmo um julgamento divino? Como isso vai me afetar?

As pessoas que consideram tais questões com profundidade não descansam até que encontrem segurança.

E é exatamente o que Deus almeja com Sua mensagem para nós.

Quem chega tão longe procura por uma saída. E a saída é Jesus Cristo, o Salvador enviado por Deus.

Não existe ninguém que possa salvar os perdidos a não ser Ele, não há “nenhum outro nome”.

Sim, você leu corretamente, “nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos”. Isso exclui todas as outras possibilidades.

A salvação está em uma Pessoa, não em uma doutrina, religião, filosofia, etc.

Extraído do devocional Boa Semente

Lidiomar

Graça e Paz