sábado, 27 de novembro de 2010

A Provisão divina e o Propósito do Reino de Deus

A provisão divina é um sub produto da obediência.

Ela não é um, salário pago por trabalho realizado ou por serviços prestados.

Jesus prometeu que, se buscarmos o Reino e a justiça de Deus, todas as provisões de que necessitamos para a vida nos serão acrescentadas.

Tudo que for necessário para que vivamos de maneira justa como súditos do seu Reino nos será fornecido. Entretanto, nosso coração e nossa mente, nossa vontade e nosso desejo devem estar submissos ao Senhor e Rei.

A obediência envolve muito mais do que uma simples aderência às regras e aos regulamentos ou a mera mudança de comportamento.

Podemos ter atitudes corretas e ainda assim possuir um coração rebelde e desobediente. Este é um problema bastante antigo, que remonta ao Jardim do Éden.

Não é a toa que Isaías registrou a seguinte reclamação de Deus a respeito de seu povo: Porque o Senhor disse: Pois que este povo se aproxima de mim, com a boca e com os lábios, me honra, mas o seu coração se afasta para longe de mim, e o seu temor para comigo consiste só em mandamentos de homens, em que foi instruído (Is. 29.13)

No que diz respeito ao Senhor, a obediência eterna de um coração desobediente, não é obediência genuína.

A obediência que libera a provisão do Reino começa no coração que manifesta-se externamente. Em outras palavras, a verdadeira obediência é resultado de um coração obediente.

A obediência falsa, meramente externa não passa de um estratagema para tentar manipular Deus a nos dar o que desejamos. Este plano fracassa sempre.

Por isso muitos cristãos vivem perplexos. Eles vão à igreja, lêem a bíblia, oram, dão o dízimo e dedicam parte do seu tempo à congregação, porém, nada parece dar resultado.

Os depósitos celestiais parecem estar fechados, qual o motivo disso?

Eles não levam uma vida correta. Seu coração não está limpo diante de Deus. Apesar de sua demonstração eterna de justiça, seu íntimo não está em consonância com o governo do Reino divino

Na Bíblia, a provisão abundante e a prosperidade estão ligados à obediência a Deus.

Pouco antes de os Israelitas cruzarem o rio Jordão para chegar à terra prometida, Moisés lhes transmitiu a seguinte incumbência e promessa de Deus:

E será que, se ouvires a voz do SENHOR teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu hoje te ordeno, o SENHOR teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra. E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do SENHOR teu Deus; bendito serás na cidade, e bendito serás no campo.Bendito o fruto do teu ventre, e o fruto da tua terra, e o fruto dos teus animais; e as crias das tuas vacas e das tuas ovelhas.Bendito o teu cesto e a tua amassadeira.Bendito serás ao entrares, e bendito serás ao saíres. (Dt. 28.1-6)

Quando obedecemos ao Senhor de todo o coração suas bênçãos inundam nossas vidas. Ser abençoado no fruto de nosso ventre e no fruto da terra significa que Deus abençoa e protege nossos investimentos.O aumento dos rebanhos mostra que a nossa riqueza será multiplicada. Aonde quer que formos e tudo o que tocarmos será abençoado. Sucesso, graça e influência crescerão a cada instante.

No Reino de Deus, o propósito atrai a provisão

A nossa provisão está ligada ao propósito. Assim como Deus dá às aves tudo que necessitam para serem aves, Ele nos fornece o que necessitamos para cumprir nosso propósito como seus súditos e filhos.

Baseado no livro Aplicando o Reino de Deus – Myles Munroe

Por Lidiomar

Graça e Paz