sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Guiados pelo Espírito Santo

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus” (Rm 8.14-18).

“Aqui, Paulo mostra a base da certeza da salvação. Se estamos fielmente mortificando as ações pecaminosas do corpo (v.13), estamos sendo guiados pelo Espírito”.

“O Espírito Santo habita no crente como filho de Deus, a fim de levá-lo a pensar, falar e agir de conformidade com a Palavra de Deus”.

“Ele orienta o crente, principalmente, por impulsos que:

(a) são exortações interiores para o crente cumprir a vontade de Deus e mortificar as obras pecaminosas do corpo (v.13. Fp 2.13; Tt 2.11, 12).

(b) estão sempre em harmonia com as Escrituras (1 Co 2.12, 13; cf. 2 Pe 1.20,21);

(c) visam dar orientação na vida (Lc 4.1; At 10.19, 20; 16.6,7);

(d) opõem-se aos desejos pecaminosos oriundos das tendências naturais do crente (Gl 5.17, 18; 1 Pe 2.11);

(e) têm a ver com a culpa do pecado, o padrão da justiça de Cristo e o juízo divino contra o mal (Jo 16.8-11);

(f) exortam o crente a perseverar na fé e o advertem contra a apostasia da sua fé em Cristo (v.13; Hb 3.7-14);

(g) enfraquecem à medida que o crente deixa de obedecer aos apelos do Espírito (1.28; Ef 4.17-19, 30; 1Ts 5.19);

(h) resultam em morte espiritual quando rejeitados (vv 6,13); e

(i) resultam em vida espiritual e em paz quando obedecidos (vv. 6,10,11,13; Gl 5.22,23)”.

Os avisos ou a voz interior do Espírito vêm através de:

(a) ler a Palavra de Deus (Jo 14.26; 15.7, 26; 16.13; 2 Tm 3.16,17);

(b) orar fervorosamente (8.26; At 13.2,3);

(c) ouvir a pregação e ensinos sadios e santos (2 Tm 4.1,2; Hb 13.7,17);

(d) exercitar as manifestações do Espírito (ver 1 Co 12.7-10; 14.6); e

(e) acatar o conselho de pais cristãos e de líderes espirituais fidedignos (Ef 6.1; Cl 3.20).

Fonte: Bíblia de Estudo Pentecostal

Por Lidiomar

Graça e Paz