sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Vencendo a Preocupação

Você tem a tendência de esperar o pior?

Você entra em pânico quando recebe uma carta da Receita Federal ou ouve rumores de demissões na empresa em que trabalha? Você descobre que fica preocupado mesmo quando não há nada com que se preocupar, convencido de que algo ruim está para acontecer e você terá que se preocupar com isso?

A palavra preocupação, em inglês, provém de um antigo termo que significa “sufocar ou estrangular” e isto é exatamente o que preocupação faz com nossa produtividade e alegria. Preocupação nada mais é que perda de tempo autodestrutiva.

No conhecido "Sermão do Monte" relatado na Bíblia, Jesus apresentou algumas razões para não nos preocuparmos e ofereceu alguns segredos para vencermos a preocupação:

- Preocupação é irracional.
É inútil preocupar-se com o que não podemos mudar. É absurdo preocupar-se com o que podemos mudar. Cada vez que repassamos em nossa mente uma preocupação, ela se torna maior e mais opressiva. Preocupação amplifica os problemas, deixando-os fora de proporção. Não se preocupem com as roupas que vocês precisam. A vida é mais do que aquilo que vocês vestem” (Mateus 6.25 – tradução livre).

Preocupação é antinatural.
Preocupação não nasceu conosco. Ela é a resposta que aprendemos a apresentar diante das ocorrências da vida. Felizmente é possível desaprender isso. Na criação de Deus, a única espécie que se preocupa é o ser humano. Nós não acreditamos que Deus vai cuidar de nós. “As aves não se preocupam, mas Deus cuida delas. Vocês não sabem que são mais valiosos para Deus do que meras aves?” (Mateus 6.26 – tradução livre).

Preocupação é inútil.
Ela não funciona. Não pode alterar o passado, nem controlar o futuro. Preocupação não soluciona nenhum problema. Apenas faz que nos sintamos miseráveis hoje. “Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?” (Mateus 6.27).

Preocupação é desnecessária.
Se você confiar todos os detalhes de sua vida a Deus, Ele prometeu cuidar de você. Quando era criança e você pedia ao seu pai dinheiro para o lanche, jamais se preocupou com o lugar de onde ele viria.Isso era problema de seu pai. Deixe que Deus seja Deus em sua vida! Deus cuidará de você; apenas tenha fé” (Mateus 6.32 – tradução livre).

Como Nos Libertar do Hábito da Preocupação?

Primeiramente, confie a Deus cada área de sua vida.
Preocupamo-nos porque temos consciência de que existem fatores em nossa vida que não podemos controlar. Preocupação nos dá a sensação de fazer alguma coisa, mas na verdade, é apenas desperdício de energia mental e emocional.

Confiar em Deus, Aquele que está no controle de todas as coisas, nos liberta desse fardo. “O seu Pai Celestial sabe perfeitamente bem das coisas que você precisa e vai providenciá-las, se você Lhe der o primeiro lugar em sua vida e viver segundo a Sua vontade” (Mateus 6.32-33).

Em segundo lugar, viva um dia de cada vez.
Com frequência sofremos pelo que pode acontecer amanhã ou na próxima semana, enquanto os desafios do dia de hoje ainda não se revelaram para nós. Concentre-se em “o que”, e não em “se”. “Não se preocupem com o amanhã. Cada dia traz os seus próprios problemas” (Mateus 6.34 – tradução livre).

Autor: Rick Warren

Por Lidiomar

Graça e Paz