segunda-feira, 20 de junho de 2011

Entendendo a pornografia sob ponto vista bíblico


E aconteceu que numa tarde Davi se levantou do seu leito, e andava passeando no terraço da casa real, e viu do terraço a uma mulher que se estava lavando; e era esta mulher mui formosa à vista. 2 Samuel 11.2

Filmes, revistas e sites pornôs, estão cada vez mais em voga.

Para a família cristã, a pornografia tem sido preocupação e desafio.

Tenho dois filhos jovens, como a grande parcela dessa faixa etária, questionadores, não se contentam em saber, mas, tem necessidade de fatos concretos.

A cobrança deles por comprovação bíblica fez com que eu buscasse, através da oração, textos bíblicos que condenassem tal prática

O nosso Deus é misericordioso, conhecedor das nossas preocupações e anseios, em uma das minhas devocionais, me trouxe a memória o texto bíblico de 2 Sm. 11.2-4:

E aconteceu que numa tarde Davi se levantou do seu leito, e andava passeando no terraço da casa real, e viu do terraço a uma mulher que se estava lavando; e era esta mulher mui formosa à vista. E mandou Davi indagar quem era aquela mulher; e disseram: Porventura não é esta Bate-Seba, filha de Eliã, mulher de Urias, o heteu?

Então enviou Davi mensageiros, e mandou trazê-la; e ela veio, e ele se deitou com ela (pois já estava purificada da sua imundícia); então voltou ela para sua casa.

O que aconteceu a seguir, trouxe juízo divino e grandes desavenças para a família de Davi, pois, o homem segundo o coração de Deus, adulterou com Bate-Seba e ainda foi o mandante do assassinato de seu marido.

O ponto é que se Davi não tivesse visto a nudez de Bate-Seba, não a teria cobiçado e nem praticado os crimes que trouxeram tanto desgosto e tristeza..

Traduzindo em miúdos é o que acontece com a pornografia, pois a visão da prática sexual acaba  por provocar desejos que geralmente, trazem conseqüências terríveis para que faz uso disso.

O problema da pornografia não se limita ao grupo de jovens, mas atingem pessoas que vai desde pastores, membros das igrejas, vizinho, família; ou seja, torna vulnerável todos aqueles que cedem a ela

É como uma cocaína que vicia, que destrói pessoas, famílias, amigos, traz conseqüências negativas incalculáveis para vida afetiva, social e espiritual e, sem contar que é considerado um tabu pela igreja do Senhor, o que dificulta ainda mais a libertação desse vício terrível.

A maneira de escapar dessa escravidão, independente de sexo, idade é se arrepender, tomar a decisão de não ceder.

Quando a pessoa faz isso, ela está dizendo que quer ser curada. Somente o Senhor poderá dar forças para curar essa área da vida dos que fazem uso da prática da pornografia.

É necessário que se faça uma faxina completa de todo material pornográfico, pedir ajuda a alguém de confiança e fugir de qualquer coisa que possam trazer uma recaída. Sozinhos não teremos sucesso nessa batalha.

O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. 1 Tessalonicenses 5.23

Graça e Paz

Lidiomar T. Granatti