sábado, 1 de outubro de 2011

As Manifestações do Espírito Santo


Os dons de ministério espiritual são dados aos crentes pelo Espírito Santo, de acordo com a decisão do Pai. Contudo, todos os rentes podem ter manifestações é a edificação o de todos os que se acham reunidos ali.

Paulo diz o seguinte: “A manifestação do Espírito é concedida a cada um, visando a um fim proveitoso. Porque a um é dada, mediante o Espírito, a palavra da sabedoria; e a outro, segundo o mesmo Espírito, a palavra do conhecimento; a outro, no mesmo Espírito, fé; e a outro, no mesmo Espírito, dons de curar; a outro, operações de milagres; a outro, profecia; a outro, discernimento de espíritos; a uma variedade de línguas; e a outro, capacidade para interpreta las. Mas um só e o mesmo Espírito que realiza todas estas cousas, distribuídas, como lhe apraz, a cada um, individualmente.” ( 1Co 12. 7-11. ).

O capitulo 14 da carta de Coríntios é todo dedicado à sobre a prática correta das manifestações do Espírito Santo, principalmente em relação a um culto público.

O objetivo principal da manifestação é a edificação de todo o grupo, e não o seu uso para exibição de espiritualidade e a posse dos dons espirituais por parte de um individuo.
 
No capítulo 13 que é mais conhecido como o “capítulo do amor”, o apóstolo não diz que amar é melhor do que ter dons espirituais, mas mostra qual é a motivação correta para a prática dos dons. 

“Entretanto, procurai com zelo, os melhores dons. E eu passo a mostrar-vos ainda um caminho sobremodo excelente.” (1Co 12. 31. ).

Observemos que Paulo não está dizendo aí: “ Vou mostrar-lhes uma coisa mais excelente.” Não. No capítulo 13, ele está preocupado com um “caminho sobremodo excelente” .

Como Deus é um Deus de ordem, tudo que se faz numa igreja deve ser feito também em ordem “Porque Deus não é de confusão; e, sim, de paz”.

Ao ensinarmos aos crentes da Coréia a prática da oração para que a igreja seja edificada sobre uma base bíblica sólida, não ignoramos os dons espirituais apresentados em 1 Coríntios. 


O meio de se cultivar os dons e manifestações espirituais é dedicar-se à oração.

Pela oração, os diversos dons de ministério são operados conjuntamente, em vez de competirem entre si.

Pela oração, aprendemos a ter a motivação do amor, o qual mantém todos os dons e manifestações espirituais em sua dimensão correta.

A oração é a chave.

Extraído do Livro Oração, a chave do avivamento de Paul Y Cho

Por Lidiomar

Graça e Paz