terça-feira, 25 de outubro de 2011

Obesidade Espiritual


A obesidade, tanto física quanto espiritual, é causada pela ansiedade e falta de exercício, na maioria dos casos.

No caso da obesidade física, existem também as questões genéticas. Porém, no caso da obesidade espiritual, as questões genéticas são descartadas, pois os filhos não podem levar consigo as enfermidades espirituais de seus pais, pois quando há um real encontro com o Cristo vivo, todas as questões de raça, cor, sangue, são completamente desfeitas.

A pessoa que se encontra com Cristo torna-se filho de Deus, uma nova criatura, a única coisa que carrega consigo é a sua cruz, a qual o identificará para todo o sempre com Cristo, que a comprou com Seu próprio sangue.

Mas porque há cristãos obesos?

A obesidade espiritual nasce da falta de exercícios espirituais constantes. A falta de oração, de meditação na Palavra, de comunhão com a Igreja, tem levado muitos a um processo de estagnação espiritual.

Outro fator de obesidade é a falta de exercício dos dons espirituais. Deus dotou a todos os cristãos com pelo menos um dom espiritual, porém muitos preferem se sentar no banco, cruzar os braços, pegar um saquinho de "pipocas, sucos, lanches e doces espirituais", e nada fazer.

Estão sempre cansados para tomar uma decisão de se levantar e caminhar. Vivem dando justificativas para a gordura que vai se acumulando aqui e ali: "Eu já trabalhei muito nesta igreja... Eu já peguei esta função, já está bom...".

Um dos sintomas mais sérios desta enfermidade é que, aqueles que estão sofrendo dela, vivem falando as mesmas coisas, só têm um assunto. Como os obesos físicos que só pensam e falam em comida, os obesos espirituais só pensam e falam sobre os mesmos assuntos.

Não há um crescimento, pois o que traz o crescimento espiritual é a prática das virtudes cristãs, da Palavra de Deus e as obras produzidas pelo Espírito Santo na vida da pessoa. Porém, quando a pessoa insiste em permanecer como está, nada fazendo a respeito, passam os anos e nenhum crescimento é observado, tal pessoa está realmente num processo de obesidade espiritual.

O problema do obeso é que, na maioria dos casos, ele não se esforça para mudar o seu estado. Sempre está para começar uma dieta, mas esta dieta sempre fica para amanhã. Vai se acostumando, se adaptando e deixando de produzir. 

No caso da obesidade espiritual, quando não levamos a sério os exercícios espirituais, a prática da Palavra de Deus e o envolvimento com os trabalhos da Igreja, estamos sendo egoístas e demonstrando pouco amor para com os nossos irmãos e, principalmente por Cristo que entregou a Sua vida por nós, isto porque, damos grande importância ao nosso estômago, em lugar de buscar em primeiro lugar o reino de Deus.

Se você estiver sofrendo desta terrível enfermidade espiritual, ainda há tempo para você.

Comece agora mesmo admitindo esta enfermidade, confessando-a diante do Senhor. Assuma uma nova postura em sua vida, peça o auxílio do Espírito Santo, pois sei que não é fácil perseverar, muitas coisas surgirão no meio do caminho tentando-nos fazer desistir.

Não desista, olhe para Cristo e siga em frente, Ele lhe dará vitória.

Autoria: Waterson José Ferreira

Adaptado por Lidiomar

Graça e Paz