quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

A sua oração é bem recebida? Não? O que fazer

ORAR

Não basta saber que temos que orar, não basta falar de oração, fazer estudo sobre oração, temos que orar. – “Clama a mim e responder-te-ei e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas que não sabes” Jr. 33.3


Nossas orações não serão atendidas se não tivermos fé genuína, verdadeira.
"Ao que lhe respondeu Jesus: Se podes! Tudo é possível ao que crê."Mc 9.23 "E a oração da fé salvará o enfermo, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados,ser-lhe-ão perdoados."Tg 5.15

Nossas orações devem ser feitas em Nome de Jesus, ou seja, devem estar em harmonia com a pessoa, caráter e vontade de nosso Senhor
"E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei,a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei." João 14.13-14

A nossa oração deve ser feita segundo a vontade de Deus que, muitas vezes, nos é revelada pela sua palavra, que por sua vez deve ser lida com oração.
“E esta é a confiança que temos para com ele: que, se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve.", Mt 6.10 "venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu;" I Jo.5.14

Para uma oração eficaz, precisamos ser perseverantes
"Perseverai na oração, vigiando com ações de graças."Cl.4.2; "Esperei confiantemente pelo SENHOR; ele se inclinou para mim e me ouviu quando clamei por socorro." Sl. 40.1

O cristão deve orar em todo o tempo.
1Ts 5.17 "Orai sem cessar. "Ef 6:18 "com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos". Éum estado permanente de comunhão com Deus. É uma condição que não dá lugar para ser atingido pelos dardos inflamados do inimigo, pois seu espírito está sempre alerta, através da oração.

Uma idéia original

Um garoto guardava seu rebanho, na manhã de um Domingo. Os sinos repicavam, chamando os fiéis à igreja, e o povo passava,dirigindo-se para lá.

Então o menino começou a pensar que também gostaria de orar a DEUS: mas o que poderia dizer, visto que nunca havia aprendido nenhuma oração?

Ajoelhou-se e começou a falar as letras do alfabeto: a, b, c, ...até z.

Passava por ali um senhor que ouvindo a voz da criança, espiou através do arvoredo e viu o menino ajoelhado, com as mãos unidas e os olhos fechados, a dizer o ABC.

– Que está fazendo, garoto?

– Estou orando. Não sei nenhuma oração, mas sei que preciso de DEUS para cuidar de mim e do meu rebanho; então pensei que, se dissesse as letras do alfabeto, Ele as colocaria em ordem e soletraria as palavras que correspondem as minhas necessidades.

DEUS te abençoe, menino! Ele fará isso! Quando o coração fala bem, os lábios não podem falar mal.

A oração que se eleva até o céu é a do coração.

Lidiomar T. Granatti

Graça e Paz







PS: Publicada em11/10 neste site

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

FIGURAS BÍBLICAS QUE REPRESENTAM O ESPÍRITO SANTO


Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa. O qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua  glória.  Efésios 1:13-14

Encontramos o Espírito Santo em ação por toda a Bíblia. Na criação do universo como doador da vida e nas últimas páginas da Bíblia, o Espírito une-se com a Igreja.

As figuras na Bíblia que representam o Espírito, ou são associadas ou comparadas com ele são:

VENTO
Esta figura vem do próprio sentido básico da palavra da qual traduzimos "Espírito". João 3:8 da idéia de força, ímpeto e volição própria. Como o ar ou vento, o Espírito é soberano, invisível, inescrutável, indispensável e irresistível (Atos 6:10). Ezequiel 37:8-10, o vento, o Espírito, é força vivificadora.

POMBA
No batismo de Jesus o Espírito desceu sobre Ele em forma de pomba e assim tornou-se símbolo universal do Espírito Santo, como é também da paz (Gênesis 8:11), sinal de restauração. E, sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e vindo sobre ele. Mateus 3:16
 

A Pomba nos fala de amor, de graça, pureza e docilidade, que deve ser resultado da habilitação em nossos corações.

ÓLEO OU AZEITE
No "Novo Testamento" falamos da "Unção" do Espírito Santo. Em Nazaré Jesus citou Isaías em Lucas. 4:18 e Atos 10:38. Quando "Ungir" é usado figurativamente nas escrituras, o Espírito toma o lugar do óleo como elemento da unção, iluminação, alimento, alegria (Hebreus 1:9).

FOGO  
Atos 2:3 como fogo, João Batista com o Espírito e fogo. Espírito purificador em Isaías 4.4; I Coríntios 3:3. O que o fogo faz no mundo natural, o Espírito Santo faz em sua ação sobrenatural. Mas o fogo não só purifica, mas também produz zelo pelo serviço, ardor de testemunho e devoção.

ÁGUA

Em João 4:14 como a água, a presença do Espírito Santo no coração refresca, renova e satisfaz. A água faz aparecer vida onde há desolação e morte, traz plenitude e abundância.

SELO E PENHOR
"Selado pelo Espírito Santo para o dia da redenção." Efésios 1:13, Efésios 4:30 e II Coríntios 1:22 dá uma idéia de propriedade, ou possessão e, portanto de obrigação ou responsabilidade. Segurança perfeita do Cristão.

"E não vos embriagueis com o vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito": Efésios 5:18.    

INJESUS

Por Litrazini

Graça e Paz

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Atração Universal


O sangue de Cristo foi derramado por todos. Quando Jesus serviu a última ceia para Seus discípulos, pegou o cálice de vinho e disse: "Este é o meu sangue para a nova aliança, que é derramado por muitos para o perdão dos pecados." (Mateus 26:28)

Muitas das religiões do mundo têm atração para uma determinada raça ou nacionalidade. Uma religião atrai principalmente o mundo árabe. Outra atrai principalmente a mente hindu. Ainda uma outra se inclina para a filosofia oriental.

Mas a mensagem da Cruz significa boas novas para toda a humanidade, para todos que a aceitarem. Ao assestar os povos de toda as raças para Cristo, clamamos como João Batista: "Eis o cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!" (João 1:29)

Falando de Sua crucificação, o próprio Jesus disse: "Eu, quando for levantado da terra, atrairei todos os homens para mim mesmo." (João 12:32) Por "todos os homens", Ele não queria se referir a todos os homens sem exceção, pois existem muitos que se recusam a ser atraídos por Ele.

O que Ele queria dizer era todos os homens sem distinção, quer fosse de classe ou cor ou outra coisa qualquer. O Seu convite para o amor é para os judeus e os gentios, igualmente.

A atração da cruz de Cristo é universal. Conheci gente de toda raça e origem que confiou nos méritos de Jesus Cristo e de Seu sangue derramado para a sua salvação. 

A atração da cruz alcança os antros de ópio do oriente, salvando e redimindo os homens de um inferno em vida. Toca os corações dos favelados e donos de coberturas. Penetra nas mansões da elite, onde homens e mulheres vivem no luxo, trazendo uma paz e uma alegria que o dinheiro não pode comprar. Transforma o caçador de cabeças num salvador de almas. Dá aos homens de todas as nações uma vida dinâmica e cheia de propósito.

Quando um financista famoso faleceu, há alguns anos, descobriu-se que, no ano anterior à sua morte, ele fizera o seu testamento, que consistia em umas dez mil palavras e 37 cláusulas. A cláusula mais importante no seu testamento era a sua prioridade na vida. Disse ele: "Entrego a minha alma nas mãos do meu Salvador, cheio de confiança em que, tendo me redimido e lavado com o Seu precioso sangue, Ele me apresentará impecável diante do trono de meu Pai celeste.

Roga a meus filhos que mantenham e defendam, diante de qualquer perigo e a todo o custo pessoal, a abençoada doutrina da completa expiação do pecado através do sangue de Jesus Cristo que foi oferecido, e tão-somente através dEle."

Este homem sabia que a sua imensa fortuna era tão impotente quanto a pobreza do mendigo para lhe dar a salvação.

Neste aspecto, ele era tão dependente quanto o ladrão que agonizou no Calvário, dependente da misericórdia de Deus e do sangue derramado de Cristo, assim como todos nós somos, não importa qual seja a nossa situação na vida.

Extraído do livro a  Segunda  Vinda  de  Cristo de Billy Graham

Por Litrazini

Graça e Paz



domingo, 26 de fevereiro de 2012

PEGADAS NA AREIA

Certa noite, sonhei que estava na praia com o Senhor, e, através dos céus, passaram cenas da minha vida.

Para cada ano que passava eram deixadas dois pares de pegadas na areia, um era meu e o outro do Senhor.

Quando a última cena da minha vida passou diante de nós olhei para trás e notei que, muitas vezes no caminho de minha vida, havia apenas um par de pegadas.

Notei também que isso só acontecia nos momentos mais difíceis do meu viver, isso aborreceu-me e perguntei ao Senhor:

- Senhor! Tu me deixaste... Por quê??? Se um dia me disseste que eu resolvi te seguir e tu andarias sempre comigo. Mas notei que durantes as minhas maiores aflições, havia na areia do caminho da minha vida, apenas um par de pegadas. Não entendo porque nas horas mais difíceis de minha vida, tu me deixaste.

O Senhor me respondeu:

- Meu precioso filho, Eu te amo e jamais te deixei nos momentos das suas provações e do teu sofrimento. Quando viste apenas um par de pegadas, foi porque exatamente aí, "Eu te carreguei nos braços".

Do Livro: Pegadas na Areia - Margareth Fishback Powers - Ed. Fundamento.


A Graça e a Paz do Senhor Jesus Cristo,

Moacir Neto

sábado, 25 de fevereiro de 2012

O Ponto Negro


Certo dia, um professor chegou na sala de aula e disse aos alunos para se prepararem para uma prova-relâmpago.

 Todos acertaram suas filas, aguardando assustados o teste que viria.

O professor foi entregando então, a folha da prova com a parte do texto virada para baixo, como era de costume.

Depois que todos receberam, pediu que desvirassem a folha.

Para surpresa de todos, não havia uma só pergunta ou texto, apenas um ponto negro, no meio da folha.

O professor, analisando a expressão de surpresa que todos faziam, disse o seguinte:

Agora, vocês vão escrever um texto sobre o que estão vendo.

 Todos os alunos, confusos, começaram então a difícil e inexplicável tarefa. Terminado o tempo, o mestre recolheu as folhas, colocou-se na frente da turma e começou a ler as redações em voz alta.


Todas, sem exceção, definiram o ponto negro, tentando dar explicações por sua presença no centro da folha.

Terminada a leitura, a sala em silêncio, o professor então começou a explicar: Esse teste não será para nota, apenas serve de lição para todos nós.

Ninguém na sala falou sobre a folha em branco. Todos centralizaram suas atenções no ponto negro.

Assim acontece em nossas vidas.

Temos uma folha em branco inteira para observar e aproveitar, mas sempre nos centralizamos nos pontos negros.

 A vida é um presente de Deus dado a cada um de nós, com extremo carinho e cuidado. Temos motivos para comemorar sempre.

A natureza que se renova, os amigos que se fazem presentes, o emprego que nos dá o sustento, os milagres que diariamente presenciamos.

No entanto, insistimos em olhar apenas para o ponto negro!

O problema de saúde que nos preocupa, a falta de dinheiro, o relacionamento difícil com um familiar, a decepção com um amigo.

Os pontos negros são mínimos em comparação com tudo aquilo que temos  diariamente, mas são eles que povoam nossa mente.

Pense nisso! Tire os olhos dos pontos negros de sua vida. Aproveite cada bênção, cada momento que Deus lhe dá.

E deixe a ansiedade e o stress de lado, porque isso é falta de fé.

E acredite que os pontos negros passarão e viva a plenitude do amor de Deus.

Lembre-se disso!

O ponto negro que há em sua vida é infinitamente menor que as graças e as bênçãos de Deus.

Faça a sua parte, deixe a ansiedade de lado, aproveite cada dia que  você tem. E Deus vai lhe dar sabedoria e vai abrir as portas necessárias para que os pontos negros de sua vida se acabem.

Creia que o choro pode durar uma noite, mas a alegria logo vem no amanhecer.
Tenha essa certeza, tranquilize-se e seja feliz!!!

Autor Desconhecido.


A Graça e a Paz do Senhor Jesus Cristo,

Moacir Neto

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Sã doutrina de Deus


Tu, porém, fala o que convém à sã doutrina”. (Tt 2.1).

A palavra doutrina se origina do grego: “didache”, que significa ensino ou instrução dos apóstolos.

Entendemos que a sã doutrina é a revelação do Eterno Deus por meio das sagradas escrituras e representa o alicerce e o sustentáculo da verdadeira fé cristã.

Vejamos o que a Bíblia nos ensina sobre a sã doutrina:


I.TIPOS DE DOUTRINAS EXISTENTES:
A.Doutrinas de homens: (Mc 7.6-9; Mt 15.6-9).
B.Doutrinas de hereges: (Ap 2.6,15)
C.Doutrinas de demônios: (I Tm 4. 1-2).
D.Doutrina de Deus: (Jo 7.16; Tt 2.10).

II.CONSIDERAÇÕES ESSENCIAIS ACERCA DA SÃ DOUTRINA:
A.Precisamos cuidar da sã doutrina (I Tm 4.16).
B.Devemos nos afastar dos que vivem em desacordo com a sã doutrina (Rm 16.17).
C.Devemos nos afastar dos opositores a sã doutrina. (I Tm 1.9-11).
D.O motivo da existência de falsas doutrinas. (I Tm 6.3-5).
E.Não devemos recebê-los nem cumprimentá-los. ( II Jo 10).
F.Haverá tempos em que não suportarão a sã doutrina. (II Tm 4.3).
G.Cuidado com os ventos de Doutrina. (Ef 4.14).


III.A IMPORTÂNCIA DA SÃ DOUTRINA:
A.Jesus tinha uma Doutrina: (Mt 7.28; Mt 22.33; Lc 4.32).
B.Os Cristãos primitivos tinham uma Doutrina a qual perseverava: (At 2.42).
C.Os crentes de Roma pautavam sua vida por excelente doutrina: (Rm 6.17).
D.Paulo recomendou a Tito e a Timóteo o cuidado com a doutrina: (ITm 1.3-10; 4.6-16; 6.3; II Tm4.3;
Tt 1.9; Tt 2.1).
E.João determinou a doutrina: (2Jo .9).
F.João recomendou a doutrina: (2Jo 10).
G.A doutrina proporciona comunhão com Deus: (2Jo .9).
H.A doutrina proporciona piedade: (I Tm 6.3)

IV.A NECESSIDADE DA SÃ DOUTRINA:
A. Preservar dos falsos profetas: (Mt 24.24; Mt 7.15).
B. Preservar das heresias e apostasias: (II Ts 2.3; I Tm 4. 1-2)
C. Para não corromper nosso entendimento: (II Ts 2.2).
D. Devemos guardar as tradições: (II Ts 2.15).
E. Proporciona-nos a segurança da salvação em Cristo: (I Tm 4:16).
F. Santifica-nos: (Jo 17:14-17).
G. Tornar-nos sábios: (II Tm 3:15).
H. Tornar-nos obedientes: (Rm. 6.17).

V.A SUFICIÊNCIA DA SÃ DOUTRINA:
A. Ninguém poderá alterar a doutrina: (Gl 1.8).

B. Ninguém poderá ensinar outra doutrina: (I Tm 1.3).

VI.A COMPLETUDE DA SÃ DOUTRINA:
A. A doutrina está completa e não precisa de nenhuma modificação: (Ap 22. 18-19).

Por fim, enfatizamos a relevância do conhecimento doutrinário para a solidificação de uma fé autentica que combate as heresias e propaga veementemente a suprema verdade de Deus.

Pr. Sidnei O. Ferreira

Por Litrazini

Graça e Paz



quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

ATITUDE É TUDO!!!

Uma mulher acordou uma manhã após a quimioterapia , olhou no espelho e percebeu  que tinha somente três fios de cabelo na cabeça.

- Bom (ela disse), acho que vou trançar meus cabelos hoje. Assim ela fez e teve um dia maravilhoso.

No dia seguinte ela acordou, olhou no espelho e viu que tinha somente dois fios de cabelo na cabeça..

- Hummm (ela disse), acho que vou repartir meu cabelo no meio hoje.

Assim ela fez e teve um dia magnífico.

No dia seguinte ela acordou, olhou no espelho e percebeu que tinha apenas um fio de cabelo na cabeça.

- Bem (ela disse), hoje vou amarrar meu cabelo como um rabo de cavalo.

Assim ela fez e teve um dia divertido.

No dia seguinte ela acordou, olhou no espelho e percebeu que não havia um único fio de cabelo na cabeça

- Yeeesss... (ela exclamou), hoje não tenho que pentear meu cabelo.

ATITUDE É TUDO!

Seja mais humano e agradável com as pessoas.

Cada uma das pessoas com quem você convive está travando algum tipo de batalha.

Viva com simplicidade.

Ame generosamente.

Cuide-se intensamente.

Fale com gentileza.

E, principalmente, não reclame.

Se preocupe em agradecer pelo que você é, e por tudo o que você tem!

E deixe o restante com Deus.

 
Autor Desconhecido

"Das alturas estendeu a mão e me segurou; tirou-me das águas profundas. Livrou-me do meu inimigo poderoso, dos meus adversários, fortes demais para mim. Eles me atacaram no dia da minha desgraça, mas o Senhor foi o meu amparo. Ele me deu total libertação; livrou-me porque me quer bem." - Salmos 18:16-19

Que a cada dia possamos reconhecer a bondade e o amparo de Deus só no fato de nos permitir respirar e estar com as pessoas que amamos.

A Graça e a Paz do Senhor Jesus Cristo,

Moacir Neto

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Depois do carnaval... só restam cinzas


O carnaval acabou... 

A semeadura já foi realizada, basta esperar a colheita que para muitos será representada em cinzas. Cinzas que levam sonhos, alegria, a vida e a esperança embora.

Agora, só restam cinzas, que pelos religiosos "apagam todas as ações da carne"

- loucura, utopia!

Alguns cristãos tentam apagar a as obras da carne através das cinzas. É a defunto querendo ressuscitar o falecido.

O padre marca a testa dos Ex-foliões que vão até a missa simbolizando o arrependimento dos pecados perante Deus. E onde está o verdadeiro arrependimento?

Muitas pessoas realizam as obras da carne nestes dias sem ter ao menos um pouco de arrependimento!

A impureza, a lascívia, a prostituição, a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, as bebedices, orgias e coisas semelhantes são praticadas sem nem um pingo de arrependimento, esquecem que aqueles que praticam tais coisas não herdaram o reino de Deus (Gal. 5v. 19-21). Para alguns, as cinzas é a mediadora entre Deus e os homens.

Cinzas que representam pó. O sacrifício vicário de Cristo vira pó nestes dias. Hipocrisia religiosa.

E a conseqüência? Quem vai apagar? As cinzas?

O grande problema é que as cinzas não vão impedir os amplos problemas colhidos pela suposta "alegria do povo". 

As cinzas não vão impedir que os bebês que foram fecundados em momentos de euforia carnavalesca venham a nascer, as cinzas não vão impedir que muitos destes fetos enrolados em uma toalha com seu cordão umbilical sejam deixados nas beiras dos rios e vielas escuras da cidade.

As cinzas não vão segurar o índice de gravidez em meninas que ainda brincam de bonecas subam nos gráficos do nosso Brasil.

As cinzas não vão ressuscitar os que perderam a sua vida nestes dias de bacanais, não vão trazer de volta a virgindade das meninas embriagadas que tiveram suas relações sexuais fora do tempo, as cinzas não vão pagar a dívida de quem não tem o que comer durante todo o ano, mas gasta o seu dinheiro na entrada do carnaval para ver os carros alegóricos passarem. 

As cinzas não vão substituir o filho que saiu para pular o carnaval, mas nunca mais vai voltar. As cinzas não vão segurar as lágrimas dos pais que foram rasgados pela violência carnavalesca.

As cinzas lembram tristeza, o fim de algo, a destruição e o "nada". A cinza não pode apagar o pecado, pois só o sangue de Jesus Cristo nos purifica de todo pecado (Ap. 5).

Será que o arrependimento existe nos milhares de foliões? Ou eles estão querendo que o tempo seja redimido para que o próximo carnaval venha chegar logo?

O carnaval se foi, a alegria também, agora, só restam cinzas... Basta esperar que a lei da semeadura venha a se cumprir?

O que você semeou neste carnaval?

Existe uma lei que não cessa: "Aquilo que o homem semear, ele vai colher."

Autor: Alexandre Farias

Por Litrazini

Graça e Paz 

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Capítulos e versículos da Bíblia


Um dos aspectos mais característicos da Bíblia é isso de ela estar dividida em capítulos e versículos. É uma das primeiras coisas que se aprende quando se começa a manusear a Bíblia.

A princípio, pode parecer um tanto confuso, mas acaba sendo algo que se aprende rapidamente. São, ao todo, 1.189 capítulos e 31.103 versículos. A Bíblia não foi escrita com essas divisões.

Muitos, pela maneira como se aferram a esses números, dão a entender (se é que não acreditam) que os capítulos e versículos fazem parte da Bíblia. Tem até quem veja algum significado em todas as passagens com 3.16 (Gênesis 3.16; Êxodo 3.16; etc.) – tudo em função de João 3.16. Talvez até seja uma coleção interessante de textos bíblicos, mas o 3.16 não tem nenhuma importância maior.

Outros reclamam com a Sociedade Bíblica do Brasil quando o texto da Bíblia é colocado em parágrafos (algo comum com a Nova Tradução na Linguagem de Hoje – NTLH), fazendo com que os números dos versículos não mais apareçam alinhados na margem esquerda da página. Tem gente que reclama – e muito! – dessa aparente “perda” dos versículos.

E, depois, tem muita gente que faz leitura picotada da Bíblia, indo de versículo em versículo, parando na vírgula ou no meio do texto. Ninguém lê nada desse jeito picotado, mas, com a Bíblia, muitos pensam que isso é um procedimento adequado. Não, não é.


Claro, é muito mais fácil pedir a alguém que localize “João 3.16” do que pedir que encontre o trecho que começa com “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito ...”

Só que os escritores da Bíblia não tiveram este recurso à disposição. Eles não podiam apontar para um texto bíblico através de uma referência como Salmo 23.1. Eles tinham de citar o texto ou fazer referência ao assunto.

Talvez seja interessante citar um ou outro exemplo. Um deles é Lucas 20.37. Ali Jesus está discutindo com um grupo de céticos saduceus, gente que negava a possibilidade da ressurreição. Como aqueles saduceus apenas aceitavam os primeiros cinco livros da Bíblia, Jesus teve que argumentar com um trecho tirado desta parte. E ele disse assim: “E que os mortos hão de ressuscitar, Moisés o indicou no trecho referente à sarça, quando chama ao Senhor o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó”.

Qual é o trecho referente à sarça ou “espinheiro que estava em fogo” (como diz a NTLH)? É Êxodo 3.6. Como não tinham capítulos e versículos, a única saída foi fazer referência ao “trecho referente à sarça” e transcrever o que lá se encontra.

Outro exemplo é Atos 8.32, que faz parte do encontro entre o evangelista Filipe e um alto oficial do reino da Etiópia. Aquele cidadão vinha lendo um trecho da Bíblia, entendia todas as palavras, mas não sabia de quem estava falando. Que trecho era aquele? O escritor de Atos explica: “Ora, a passagem da Escritura que estava lendo era esta: Foi levado como ovelha ao matadouro; e, como um cordeiro mudo perante o seu tosquiador, assim ele não abriu a boca”. Para nós, hoje, este é o trecho de Isaías 53.7-8. Ah, Filipe explicou para o eunuco que este trecho se refere a Jesus.

Um terceiro exemplo é Hebreus 5.6. Ali, o autor aos Hebreus explica que Cristo não se fez a si mesmo sacerdote, senão que recebeu esta glória da parte de Deus. Onde Deus disse que o Messias seria sacerdote? Nas Escrituras. E aí ele cita, além de Salmo 2.7, o texto de Salmo 110.4. Mas, como não tem à disposição o sistema de capítulos e versículos, o escritor diz assim: “como em outro lugar também diz: Tu és sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque”. Ele espera que seu leitor saiba onde fica esse lugar. Nós aprendemos que é Salmo 110.4.

Portanto, capítulos e versículos da Bíblia: algo que não existia no tempo em que a Bíblia foi escrita, mas que não deixa de ter sua utilidade – para nós.

Fonte: The Christian Post

Transcrito por Litrazini

Graça e Paz




segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

A favela da alma


Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas. 2 Coríntios 4:18

Sociólogos, economistas, políticos e cientistas sociais têm se preocupado com a trágica realidade das favelas urbanas. Na verdade, elas são o retrato de uma sociedade desigual e excludente.

As favelas urbanas são também a vergonha explícita da nossa iniqüidade social.

Tirar o homem da favela é o grande desafio urbano/humanístico.

É deplorável ver o homem na favela, também é lamentável constatar o crescimento de uma "favela" no coração do homem.

Tirar a favela de dentro do homem é um grande desafio para os terapeutas, teólogos, conselheiros, educadores, em fim, para todos que tem um compromisso com a existência e dignidade humana.

A "favela interior" é o resultado do crescimento de um tipo diferente de pobreza, marcada pela ausência de sentimentos, valores e atitudes nobres, cada vez mais escassos em nossa sociedade materializada.

Esta pobreza interior é denunciadora também de um "lixo interior" que o ser humano permite que vá se acumulando pelas esquinas da alma, ao longo da vida.

Pelo menos, três diferentes tipos de pobreza interior denunciam a existência de uma "favela" dentro de nós. 

Primeiro, é a pobreza de espírito, não tomada aqui como uma virtude ressaltada por Jesus Cristo, no Sermão do Monte mas, como um espírito pobre, cuja pobreza se dá pelo excesso de egoísmo, maldade, mesquinhez, avareza, arrogância e outros sentimentos desta natureza.

Alguém pode ter muito dinheiro, bens ou propriedades, todavia, se possuir um espírito pobre, vive numa grande miséria.

São pessoas desprovidas da verdadeira riqueza, que é a riqueza do "ser", onde os sentimentos, valores e atitudes nobres constituem o maior patrimônio.

Uma segunda pobreza interior que denuncia a "favela" que habita em nós, é a pobreza espiritual. É o coração humano vazio de fé, esperança, enfim, vazio de Deus. A ausência de Deus no ser humano empobrece a sua vida.

A fé é de um valor imensurável e enriquece a existência na medida em que liberta a vida dos limites da matéria, abrindo as cortinas do infinito e do sobrenatural. "Tudo é possível ao que crer".

Por fim, a "favela" que existe dentro do homem é fruto também da pobreza afetiva provocada pela ausência do amor. Quem não ama vive mergulhado numa verdadeira miséria existencial, desprovido de tudo que dignifica e enobrece a vida.

Até a religião sem amor se transforma em fanatismo e radicalismo.

O amor produz a compaixão, o perdão e a solidariedade. O amor enriquece a vida!

Esforçar-se para tirar o homem da favela e tirar do seu caminho o lixo que a sociedade produz é uma tarefa tão nobre quanto urgente.

Todavia, é também urgente e igualmente nobre, o esforço para retirar a "favela" de dentro do homem, e limpar a sua alma do lixo produzido pelos sentimentos mesquinhos e pela ausência de Deus.

A verdadeira riqueza é a presença de Deus em nós.

Estêvam Fernandes Oliveira

Por Litrazini

Graça e Paz




domingo, 19 de fevereiro de 2012

Coragem cristã


Coragem cristã é a vontade de dizer e fazer a coisa certa sem se importar com o custo terreno, porque Deus promete lhe ajudar e salvá-lo na conta de Cristo. Um ato demanda coragem se a probabilidade de ser doloroso for alta. A dor pode ser física, como em guerras e operações de resgate. Ou a dor pode ser mental, como em confrontos e controvérsias.

Coragem é indispensável por espalhar e por preservar a verdade de Cristo. Jesus prometeu que a difusão do evangelho encontraria resistência: “Então, sereis atribulados, e vos matarão. Sereis odiados de todas as nações, por causa do meu nome.” (Mateus 24:9).

E Paulo avisou que, mesmo na igreja, a fé à verdade passaria por apuros: “Eu sei que, depois da minha partida, entre vós penetrarão lobos vorazes, que não pouparão o rebanho. E que, dentre vós mesmos, se levantarão homens falando coisas pervertidas para arrastar os discípulos atrás deles.” (Atos 20:29-30; veja também 2 Timóteo 4:3-4).

Portanto, o verdadeiro evangelismo e o verdadeiro ensino vão demandar coragem. Fugir da resistência no evangelismo ou no ensino desonra Cristo.

Há um tipo de covardia que fala apenas as verdades que são seguras para serem faladas. Martinho Lutero coloca a questão da seguinte forma:
 
‘’ Se eu professo com a voz mais alta e exponho da forma mais clara cada porção da verdade de Deus exceto precisamente aquele pequeno ponto que o mundo e o diabo estão naquele momento atacando, eu não estou confessando a Cristo, embora eu esteja professando ousadamente a Cristo. 

Onde a batalha aperta é que a lealdade do soldado é provada, e ser constante em todos os campos de batalha além desse é inútil se o soldado vacila neste ponto.(Citado em Parker T. Williamson, Standing Firm: Reclaiming Christian Faith in Times of Controversy [Springfield, PA: PLC Publications, 1996], P. 5)’’

De onde, então, devemos tirar essa coragem? Considere as sugestões abaixo.

DE SERMOS PERDOADOS E SERMOS JUSTOS – “E eis que lhe trouxeram um paralítico deitado num leito. Vendo-lhes a fé, Jesus disse ao paralítico: Tem bom ânimo, filho; estão perdoados os teus pecados.” (Mateus 9:2).

DE CONFIARMOS EM DEUS E ESPERARMOS NELE – “Sede fortes, e revigore-se o vosso coração, vós todos que esperais no SENHOR.” (Salmos 31:24; veja também 2 Coríntios 3:12).


DE SERMOS CHEIOS DO ESPÍRITO – “Tendo eles orado, tremeu o lugar onde estavam reunidos; todos ficaram cheios do Espírito Santo e, com intrepidez, anunciavam a palavra de Deus.” (Atos 4:31).

DA PROMESSA DE DEUS ESTAR COM VOCÊ – “Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares.” (Josué 1:9).

DE SABER QUE AQUELE QUE ESTÁ COM VOCÊ É MAIOR QUE O ADVERSÁRIO – “Sede fortes e corajosos, não temais, nem vos assusteis por causa do rei da Assíria, nem por causa de toda a multidão que está com ele; porque um há conosco maior do que o que está com ele.” (2 Crônicas 32:7).

DE TER CERTEZA QUE DEUS É SOBERANO SOBRE AS BATALHAS – “Sê forte, pois; pelejemos varonilmente pelo nosso povo e pelas cidades de nosso Deus; e faça o SENHOR o que bem lhe parecer.” (2 Samuel 10:12).

POR MEIO DA ORAÇÃO – “No dia em que eu clamei, tu me acudiste e alentaste a força de minha alma.” (Salmos 138:3; veja também Efésios 6:19-20).

DO EXEMPLO DOS OUTROS“e a maioria dos irmãos, estimulados no Senhor por minhas algemas, ousam falar com mais desassombro a palavra de Deus.” (Filipenses 1:14)

Ansiando por ser firme com vocês

Autor: JOHN PIPER - Traduzido por Daniel TC iPródigo.

Por Litrazini

Graça e Paz