quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Novo ano com disciplina

Porque eu bem sei os pensamentos que penso de vós, diz o SENHOR; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que esperais. (Jeremias 29.11)

Chegamos a 2013! Mais uma etapa se inicia em nossa vida. E, como fazemos em todo início de ano, comprometemo-nos a ser mais disciplinados na área espiritual. Isto significa lermos a Palavra de Deus e meditarmos sobre ela diariamente, orarmos, jejuarmos, evangelizarmos.

Na área emocional, assumimos o compromisso com nosso cônjuge, nossos filhos, familiares, amigos e irmãos em Cristo de relacionarmo-nos da melhor maneira possível, praticando a bondade, a tolerância, o perdão e a humildade.

Já na área profissional, comprometemo-nos a desempenhar nossa função com determinação e entusiasmo.

Apesar de tantas promessas, com o passar dos dias e dos meses, os obstáculos, que são normais à vida de qualquer ser humano, vão fazendo com que inúmeras pessoas comecem a perder a motivação e o foco. Muitas vezes, elas até pensam em desistir de sonhos e projetos que tanto desejavam realizar.

Muitas se deixam levar pela indisciplina, que passa a tomar conta do seu comportamento. Essa atitude errada leva essas pessoas a grandes frustrações, pois as metas e os planejamentos que fizeram não se concretizaram.

Saiba que a indisciplina é a mãe do fracasso; o medo é o pai; a madrinha é a ignorância em seu sentido amplo; e o padrinho, o planejamento mal feito. A indisciplina é cruel, pois não perdoa nunca.

É muito importante que você, neste novo ano, utilize-se da coragem, do conhecimento e do planejamento. Eles são essenciais para que consiga ser bem-sucedido, mas ficam impotentes sem a companhia da disciplina.

Disciplina, em latim, significa ensino. Há, portanto, uma conexão entre a disciplina e o aprendizado. No sentido pessoal, a disciplina aumenta nossa capacidade de aprender e, a partir disso, de realizar.

Quem é disciplinado aprende, produz, cria e alcança os objetivos aos quais se propôs. E, o mais importante, é livre.

A disciplina não nos aprisiona. Pelo contrário, liberta-nos da pressão externa e do sofrimento que vem dos sonhos não realizados, das frustrações autoprovocadas, da miséria, da desesperança. Uma mente livre é uma mente disciplinada. Portanto, as pessoas disciplinadas são mestras de si mesmas.

O filósofo Aristóteles insistia na disciplina como sendo uma “qualidade da alma”. É o poder que permite o ser humano diferenciar-se dos animais, porque significa a vitória da razão, a única possibilidade de uma pessoa realizar seus sonhos e projetos. Para Aristóteles, a virtude moral é o resultado do hábito. Somos o que repetidamente fazemos. Forjamos o nosso caráter nas atividades diárias, e estas construirão nossa história.


Em suma, sem a disciplina, a coragem, o conhecimento, o planejamento e a determinação, qualquer sonho e projeto não passará de devaneio.

Que, neste novo ano, você possa usar no seu viver diário esses ingredientes em todas as áreas da sua vida: espiritual, emocional, física e material. Assim, os seus projetos se realizarão em nome de Jesus.

Deixe Deus ser o Senhor da sua vida, e seja disciplinado em tudo o que se propor a fazer fizer. Dessa forma, você terá um futuro de paz e de esperança.

Um 2013 repleto de saúde, paz, alegria, amor, unção, prosperidade e muita disciplina!

Pra Elizete Malafaia

Por Litrazini

Graça e Paz