quinta-feira, 4 de abril de 2013

O Pecado e o Pernilongo


Meditando em Romanos 7:18-20 , que nos fala o quanto é difícil fazer o bem que queremos, mas o quanto é fácil cometermos os pecados que não queremos.

Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem.Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço. Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim.

Onde tudo isso começou?
►A palavra nos diz que pela desobediência de um só homem (Adão), fomos feitos pecadores, mas por Cristo somos justificados, pois nEle não houve pecado algum (Rm.5,19).

Onde entra o pernilongo nessa história?
No meu quarto sempre há pernilongo, então eu sempre sou picado, agora nesse exato momento em que escrevo tentei matar um que passava aqui na minha frente. E meditando na palavra de Deus, pude perceber a semelhança de ser picado pelo pernilongo do meu quarto com o pecado que em nossa carne habita, porque por mais que nós venhamos a nos esforçarmos, ainda sim pecaremos, porque só houve um em carne que não conheceu o pecado(Jesus).

Então o pernilongo(pecado) do meu quarto sempre prevalecerá contra mim com seus ataques? Olha, é uma luta e tanto, mas a palavra nos revela como devemos andar 

Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis. (Gl 5/16-17)

Quando sou atingido pelo pernilongo eu começo a me coçar, as marcas começam a aparecer, e vejo que ele tão pequeno não pode me derrotar, começo a combatê-lo, eu não uso repelente e nem Raid, a minha arma é a minha mão, e com tapas e apurado reflexo começo a caçá-lo. Muitas vezes venço a batalha, consigo o esmagar, algumas vezes esta cheio de sangue, pois ele já havia me picado algumas vezes, outras vezes ele consegue se esconder em lugares escuros onde eu não consigo enxergá-lo.
 
Quando pecamos, o pecado que cometemos deixa suas marcas, que só podem ser apagadas através da confissão e um verdadeiro arrependimento, que é apresentar nossas falhas diante do Senhor e lutarmos para não mais falharmos. Andar em Espírito é a arma que temos para combater, pois quando vemos um pernilongo nos picando é nosso instinto darmos um tapa, e com o pecado não é diferente, por que se deixarmos o pernilongo nos picando como se nada tivesse acontecendo, ou que é normal ser picado(pecar) com certeza se ele tivesse capacidade de armazenar todo nosso sangue, ele assim o faria, nos deixando fracos, nos levando a morte, como o pecado nos leva a morte.

Andar em Espírito nos habilita a estarmos sensíveis ao pecado e a lutar sem cessar, e quando pensamentos pecaminosos tentam nos atingir, logo o identificamos e pedimos a ajuda de Deus, louvamos, lembramos de alguma palavra que já meditamos, fazemos de tudo não continuarmos a pecar. Muitos pecados são difíceis de serem enxergados, por que parece fazer parte da nossa personalidade, ou de um passado, qualquer coisa do tipo.

Como identificarmos o pecado? Como devemos orar?
1 – Palavra Deus, essa nos  ajuda no discernimento.
►Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. (Hb.4.12)

►E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. (Rm.12.2)

A palavra que Ele nos deixou nos abre os olhos para o pecado, e nos faz discernir se estamos certos ou errados, limpos ou impuros, justos ou injustos e etc.

2 – Oração, move a mão de Deus para perdão e transformação.
►Tem misericórdia de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas transgressões, segundo a multidão das tuas misericórdias. Lava-me completamente da minha iniqüidade, e purifica-me do meu pecado. Porque eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim. Sl. 51.1-3


►Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto. (Sl. 51.10)

►E vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno. (Sl. 139.24)

O Salmo 51 nos mostra um exemplo de como devemos orar ao Senhor pedindo seu perdão para que Ele apague nossos pecados, desde que verdadeiramente tenhamos nos arrependido da pratica do mesmo. Davi tinha o discernimento de suas transgressões e pedi ao Senhor que o Transforme = ser moldado, quando diz Cria um coração puro em mim, para que eu seja reto em seus caminhos, pois sabemos que precisamos da ajuda do Espírito Santo que habita em nós.

No Salmo 139 Davi diz que ainda que ele mesmo não veja muitas vezes seus pecados(seus maus caminhos), que Deus o guie pelo caminho reto, por que como já comentei, muitas vezes nós mesmos não conseguimos achar o pernilongo(pecado), ele se esconde para não ser combatido, mas Deus esta pronto a nos ajudar. Aleluia!

Último comentário: O pernilongo é igual o pecado mesmo né, por que ele é feio demais. Deus Abençoe

Autor: Daniel Marim

Por Litrazini

Graça e Paz