sexta-feira, 12 de julho de 2013

Como Ouvir a Voz do Espírito?

Como diz o Espírito Santo: Hoje, se vocês ouvirem a Sua voz, Não endureçam o coração. . . (Hb.3.7-8)

Jesus disse que o Espírito Santo guia, fala e ensina todas as coisas. Portanto, é muito importante saber ouvir a voz do Espírito; ouvir o Espírito é escutar a Deus. Quando você recebeu a Jesus Cristo como seu salvador, você se tornou um com Ele (Gl. 3.28) Então, passou a ter a mente de Cristo (ICo. 2.16). Com a queda, o pecado nos separou de Deus; mas agora, religados ao Criador, estamos aptos para entender Sua Palavra e ouvir Sua voz. Voltamos a ser como Adão antes da queda ─ nascemos de novo.

E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas (IICo.5.17).

Entretanto, embora esse novo nascimento seja instantâneo, quando recebemos uma nova natureza, a renovação progressiva da nossa mente está apenas se iniciando.  Temos que nos despir do velho homem, e nos revestir do novo, criado segundo Deus, em justiça e retidão procedentes da verdade. Não mais vivemos como no passado, conformados a um sistema de vida corrupto. Fomos transformados pela renovação da nossa mente, para que experimentemos qual seja “a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”. O Espírito Santo transforma nossos desejos, que são santificados; nossa mente passa a pensar e anelar pelo que é bom. Ele nos impulsiona a amar e a perdoar; a ir à igreja; a cantar louvores; a falar e a ouvir palavras que edificam; a orar e jejuar; a sermos mansos e humildes de coração. Nossos sonhos e objetivos tomam novo rumo; queremos muito mais do que realização pessoal ou financeira; ficamos cada vez mais parecidos com o tipo de pessoa que Deus nos criou para ser.

O pleno conhecimento da verdade (Hb.10.26) ilumina o nosso entendimento; logo, não mais desejamos viver deliberadamente em desobediência. O pecado passa a ser um acidente de percurso e não uma prática voluntária; não queremos entristecer o Espírito de Deus (Ef. 4.30); muito menos apagar Sua atuação em nós (I Ts.5.19). Neste caso, voltaríamos a ficar cegos para as coisas do Espírito, porque elas se discernem espiritualmente (ICo.2.14). Podemos conhecer a Bíblia até no original e estudá-la constantemente e, mesmo assim, não entender as verdades espirituais. Só o Espírito Santo pode abrir o entendimento dos homens para as coisas de Deus.

Jesus, apesar de ser Deus, fez-Se totalmente homem, dando-nos um perfeito exemplo. Se o próprio Cristo foi guiado pelo Espírito Santo, muito mais nós precisamos nos render à Sua direção e ajuda. Os Evangelhos revelam a atitude obediente do Mestre. Após Seu batismo, Jesus foi levado pelo Espírito ao deserto (Mt 4.1).“Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão e foi guiado pelo mesmo Espírito” (Lc 4.1).

A vida plena é alcançada quando ouvimos a doce voz interior de Jesus; Ele nos fala através do Espírito Santo que vive em nós. “As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem” (João 10.3-4). Ele nos chama pelo nome, devemos reconhecer a Sua voz e segui-Lo. Como, então, reconhecer a voz do Espírito Santo?

Precisamos, portanto, aprender a ouvir Deus. Queremos examinar como recebemos o que poderia ser chamado de “direção” ou “inspiração” do Espírito Santo. Segundo John Ortberg, os cristãos através dos séculos têm dado nomes diferentes para esse fenômeno ― desvendar uma verdade, testemunho interior, movimentos da alma, pensamentos, sentimentos, ou desejos. Ele afirma que se manter aberto e receptivo às orientações do Espírito Santo é uma parte não opcional da transformação.

O Espírito Santo veio para guiar pessoalmente o Seu povo. Todas as pessoas podem ser conduzidas pelo Espírito. Sua manifestação não é somente para líderes ou pastores. Nem muito menos apenas para algumas pessoas especiais ou “espirituais”. Se você desejar e pedir pela ajuda do Espírito Santo, Ele Se dirigirá a você e lhe guiará pessoalmente.

Quem sabe Deus pode lhe estar falando agora mesmo, influenciando sua consciência. O Espírito Santo pode orientar nossos pensamentos sem precisar de sons ou imagens. Ele pode até nortear seus pensamentos sem que você esteja ciente que é Ele quem lhe dirige.

Alguns se acham mais espirituais do que outros por ouvirem a voz do Espírito. Porém, ouvir Deus falar não é indício de que somos espirituais ou mais importantes do que os outros. Deus pode comunicar-Se com quem bem entender. Deus falou até através da mula de Balaão (Nm. 22.22-28)

Deus fala de muitas maneiras. Mais importante do que ouvir a voz do Espírito Santo ou perceber o Seu agir em nós, é obedecer ao que Ele fala. Todos nós queremos ouvir a voz de Deus. Quase sempre gostaríamos de um sinal, algo concreto que nos permitisse saber o certo e o errado, que nos guiasse seguramente por caminhos vitoriosos. Deus não age assim. A maneira que Deus fala nem sempre é através de sinais, anjos e manifestações sobrenaturais. Todavia, Deus não fala com aquele que toma uma atitude passiva, mas com quem tem coragem de tomar decisões. Deus deseja que desenvolvamos uma boa capacidade de julgar. “O propósito de Deus com a orientação não é fazer com que tomemos as atitudes corretas, e sim contribuir para que nos tornemos o tipo certo de pessoa”. Antes de explorar algumas maneiras como o Espírito nos fala e dirige é preciso entender alguns passos importantes.

Rogo-lhe, pelas misericórdias de Deus, que apresente o seu corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o seu culto racional. E não se conforme com este século, mas transforme-se pela renovação da sua mente, para que experimente qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Extraído do Livro VOCÊ PODE VIVER MELHOR E MAIS FELIZ – Silmar Coelho/ Wilson de Souza

Por Litrazini
http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz