quarta-feira, 17 de julho de 2013

Como vencer as tentações e ter uma caminhada cristã triunfante?

Com o episódio da tentação de Jesus, registrada em Lucas 4.1-11, podemos aprender algumas lições sobre como vencer as tentações. A primeira condição para ser um vencedor é esvaziar-se de si mesmo e encher-se do Espírito Santo, da Sua presença, do Seu poder, da Sua unção. Se formos cheios do Espírito Santo, com certeza conseguiremos vencer aquilo que nos tenta.

Satanás conhece aquele que está cheio do Espírito Santo, revestido de unção. E o maior exemplo da importância deste revestimento é o próprio Jesus, que, ao ser batizado nas águas do rio Jordão, os céus se abriram, e veio sobre Ele, como uma pomba, o Espírito de Deus. Houve um revestimento especial de poder.

Se estivermos cheios do Espírito Santo, poderemos deixar que o Senhor dirija a nossa vida. Esta é a segunda condição para vencermos as tentações: não agir baseado em “achologias”, em intuição, em sentimentos. Jesus foi dirigido pelo Espírito Santo. Então, devemos deixar o Espírito Santo guiar-nos. Certamente, guiados e dirigidos por Ele, seremos levados a lugares mais altos e melhores.

Você quer vencer a tentação? Ore e jejue! Jesus venceu o inimigo com jejum. Foram 40 dias e 40 noites jejuando. Isto leva à santificação e é uma das armas mais poderosas para dominarmos nossa natureza pecaminosa, para disciplinarmos nossa vontade.

Jejuar é sair da dimensão da terra, e entrar na dimensão do céu. Jejuar não é deixar de comer para apresentar a Deus um sacrifício. É deixar de alimentar o corpo, para enfraquecer a carne, alimentar a alma com a Palavra de Deus e vivificar o espírito.
Sabemos que a nossa luta não é contra carne nem contra o sangue, mas contra os espíritos malignos (Efésios 6.10-18).

Não poderemos combater Satanás, que é espírito, com armas humanas, mas sim com armas espirituais. O jejum é uma arma com a qual podemos derrubar as fortalezas do diabo. Outra arma que você deve usar para vencer a tentação é a Palavra. Se Eva tivesse usado a espada do Espírito no jardim do Éden, com certeza ela teria vencido Satanás. A Palavra de Deus não deixa dúvidas (Gênesis 2.16,17).

Você quer vencer as tentações? Ore e vigie! Vigiar é estar atento ao jogo, é saber a origem, é estar apercebido das coisas. Vigiar é estar em uma vigília constante. Além disso, seja obediente a Deus! Jesus foi totalmente obediente ao Pai em tudo (Filipenses 2.8). Apesar de ter a mesma glória, a mesma imagem, o mesmo poder para realizar as mesmas coisas, Cristo obedeceu.

Nada é tão importante aos olhos do Senhor como obedecer à Sua vontade (Hebreus 5.8). Você pode conhecer tudo o que diz respeito à luta contra os espíritos malignos, mas, se não for obediente a Deus, se não tiver Jesus como seu Salvador e Senhor absoluto de sua vida, não vencerá tentação alguma, por menor que ela seja.

Em suma, você quer vencer as tentações? Seja cheio do Espírito Santo e deixe-o dirigir sua vida; jejue; conheça e use a Palavra de Deus; vigie e ore; fuja da aparência do mal; seja obediente ao Pai. O diabo conhece os que são obedientes ao Senhor. Ele até os tenta, mas sabe que já é um derrotado.

SUGESTÕES DE LEITURA:

Efésios 6; Hebreus 4.12; O livro Vencendo as tentações, de Silas Malafaia

Pastor Silas Malafaia
Fonte: Verdade Gospel

A Graça e a Paz do Senhor Jesus Cristo.

Moacir Neto