sexta-feira, 18 de outubro de 2013

10 motivos para conhecer o Evangelho.

O senso comum nos leva a fazer muitas coisas sem questionar o porque os fazemos ou quais os motivos nos levam a fazê-los.

Na igreja não é muito diferente, vemos pessoas que estão iniciando sua caminhada com Cristo e até alguns que já caminham com Ele a algum tempo, que quando questionados a respeito dos motivos pelo qual devemos conhecer o Evangelho de Cristo se embaraçam na hora de responder.

 Apresentarei abaixo, biblicamente, 10 motivos pelo qual devemos conhecer o Evangelho e se aprofundar em suas verdades.

1º. Porque é a Palavra de Deus dada a nós pela própria boca de Deus.
 “Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho, A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo. O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas”. (Hb.1.1-3)

2º. Porque só podemos obedecer ao que conhecemos.
“Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém”. (Mt. 28.19-20)

3º. Porque se não obedecermos seremos condenados.
“Portanto, convém-nos atentar com mais diligência para as coisas que já temos ouvido, para que em tempo algum nos desviemos delas. Porque, se a palavra falada pelos anjos permaneceu firme, e toda a transgressão e desobediência recebeu a justa retribuição, Como escaparemos nós, se não atentarmos para uma tão grande salvação, a qual, começando a ser anunciada pelo Senhor, foi-nos depois confirmada pelos que a ouviram”. (Hb. 2.1-3)

4º. Porque se não conhecermos podemos ser enganados.
 “E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição. E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade. E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita”. (2Pe.2.1-3)

5º. Porque ao conhecermos somos libertos.
“Jesus dizia, pois, aos judeus que criam nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos; E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. (João 8.31-32)

6º. Porque ao conhecermos aprendemos a lidar melhor com as situações da vida.
“Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra”. (2Tm 3.16-17)

7º. Porque conhecemos as promessas ao qual temos o sim de Deus.
“Porque todas quantas promessas há de Deus, são nele sim, e por ele o Amém, para glória de Deus por nós”. (2Co.1.20)

8º. Porque ao conhecermos cremos em Jesus.
“De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus”. (Rm. 1017)

9º. Porque é o Poder de Deus para salvação.
“Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego. Porque nele se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá da fé”. (Rm. 1.16-17)

10º. Porque ao conhecermos nos tornamos amigos de Jesus.
“Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer”. (João 15.14-15)

Sei que se buscarmos, encontraremos ainda outros motivos para conhecer o Evangelho, mais espero que esses sejam suficientes para que desejemos mergulhar de cabeça nessa fonte de água da vida que são as Boas Novas trazidas por Jesus.

Autoria: Wellington Gomes Negreiros

Por Litrazini:


Graça e Paz