terça-feira, 1 de outubro de 2013

Acione a chave da oração

"Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra terá sido ligado nos céus, e tudo o que desligardes na terra terá sido desligado nos céus. - Mateus 18:18"

Você já parou para pensar nos benefícios que a energia elétrica nos proporciona.
É possível que agora mesmo você esteja desfrutando de algum deles. Uma lâmpada acesa, um ar condicionado quebrando a agonia do calor, uma água gelada no copo... Seria uma loucura termos tudo isso disponível e não desfrutarmos, não é mesmo? É interessante que tudo começa numa grande usina.

A cruz é a grande "usina" do poder de Deus disponibilizado aos homens. Ele estava lá desde a eternidade, inacessível a seres mortais como nós. Mas a encarnação de Jesus e sua morte vicária fizeram com que esta energia espiritual fosse convertida à nossa realidade e se tornasse acessível. Deus já ergueu sua "usina de bênçãos". Custou um altíssimo preço, mas é algo concreto, acabado.

Quando Jesus bradou da cruz a frase "está consumado", inaugurou a fonte inesgotável do poder de Deus oferecido a nós. É por isso que a Bíblia diz que Deus "nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo" (Ef 1:3). Note o tempo do verbo. É obra acabada, pronta, realizada! Todas as bênçãos espirituais estão disponíveis!

Mas há um pequeno problema: elas estão nos lugares celestiais. Assim como linhas de transmissão ou redes de alta tensão trazem a energia da usina aos transformadores à porta de nossas casas, precisamos de um meio pelo qual o poder do Senhor disponibilizado na cruz seja trazido para perto de nós.

Sabe que canal é esse? A palavra de Deus! Sim, é pela palavra que os benefícios já conquistados pelo sangue de Cristo são colocados bem ao alcance de nossas mãos.

Você já deve ter ouvido isto: "A palavra da cruz é loucura para os que se perdem, mas para nós que somos salvos, é o poder de Deus" (I Co 1:18).  Daí a importância de nos expormos à palavra, de estudarmos a Bíblia, de darmos ouvido aos ministérios proféticos que funcionam, muitas vezes, como transformadores da revelação, como filtros que dimensionam o poder de Deus para ser desfrutado em nossa realidade simples e limitada.

Sem a palavra, a ignorância nos domina e não temos acesso às bênçãos que já estão prontas para nós nos lugares celestiais.

É por isso que o Senhor diz: "O meu povo está sendo destruído porque lhe falta o conhecimento" (Os 4:6). Portanto, se não queremos ficar no escuro, temos que permitir que a revelação da palavra gere fé em nós e viabilize o poder de Deus em nossas vidas,"porque a fé vem pelo ouvir e o ouvir pela palavra de Deus" (Rm 10:17).

A oração é a chave que aciona tudo o que nos foi disponibilizado a alto custo na cruz. Sem oração, as bênçãos que precisamos e desejamos não se materializam, apesar de estarem prontas.

Há uma expressão de Deus que pode ilustrar a importância de orarmos: "Busquei entre eles um homem que tapasse o muro e se colocasse na brecha perante mim, a favor desta terra, para que eu não a destruísse; mas a ninguém achei" (Ez 22:30). Sinta o lamento do coração de Deus... O povo de Israel estava sob a ameaça da maldição, por causa dos seus pecados.

Então o Senhor, em sua misericórdia, disponibilizou o perdão. A destruição poderia ser impedida se houvesse alguém que acionasse a chave da intercessão.

Mas sabe o que é terrível? Deus não achou ninguém!

Você pode sentir a dor do seu coração?

Ele preparou a benção, mas não encontrou um homem para acioná-la na Terra... No que diz respeito às nossas vidas, a parte que cabia ao Senhor está pronta.

Na cruz, Ele já definiu o avivamento, já salvou as nossas famílias, já levou as nossas enfermidades, já removeu nossas dores, já quebrou nossas cadeias, já supriu nossas necessidades, já proveu nossa prosperidade, já transformou esta nação...

O que falta, então?
Falta os homens e mulheres que se colocam na brecha, os intercessores que recebem a fé pelo ouvir da Palavra e tomam a atitude de orar.

O próprio Jesus disse: "Tudo quanto ligardes na terra, terá sido ligado no céu..." (Mt 18:18). Então, o que estamos esperando? Vamos nos levantar e acionar agora a chave da oração!                                         
Pr Danilo Figueira.

Por Litrazini:


Graça e Paz