quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Qual o propósito dos relacionamentos?

O propósito dos relacionamentos é nos ajudarmos, mutuamente, a sermos as melhores pessoas que podemos nas áreas: espiritual, emocional, física e material. Todo relacionamento, por mais formal, casual ou duradouro, é uma oportunidade para que ambas as partes avancem rumo ao seu propósito essencial, realizando mais plenamente possível o seu potencial.

O seu propósito essencial é tornar-se um ser humano melhor. Ponha este objetivo no centro da sua vida. O sentido e o propósito de um relacionamento são ajudar, desafiar, incentivar e inspirar um ao outro a se tornar pessoas melhores. Coloque esses componentes no centro de seus relacionamentos, e você irá maravilhar-se ao ver como todo o restante, simplesmente se encaixará no lugar.

Em sua opinião, o que mantém os relacionamentos vivos?
A existência de um propósito comum. É ele que nos inspira a respeitar os nossos compromissos. Infelizmente, hoje, muitas pessoas estão vivendo uma crise de compromissos e propósitos. Não sabem por que estão aqui e nem para quê.

A verdade é que todos os relacionamentos – seja na família, no trabalho, na igreja ou no grupo de amizade – têm como base um propósito comum, tendo consciência dele ou não. Em alguns relacionamentos, o propósito comum é uma simples questão de conveniência. Em outros, é o dinheiro, o sexo ou a criação dos filhos. Infelizmente, são poucos os relacionamentos que têm como propósito ajudar um ao outro a se tornar a melhor pessoa que se pode ser.

Prazer, sexo, dinheiro e a própria criação dos filhos são propósitos temporários, enquanto que o propósito essencial é ajudarmos o outro a se tornar uma pessoa melhor. Esse objetivo não deve mudar nunca, muito menos enfraquecer. Se fizermos isso, todas as coisas em nosso viver diário farão sentido.

Quando nos esforçamos para nos tornarmos pessoas melhores e ajudamos outras a fazerem o mesmo, contribuímos para criar no relacionamento um ambiente que nos inspira a desejar ir mais longe. Assim, somos encorajados quando ficamos desanimados, reconfortados nos momentos que falhamos e profundamente alegres ao alcançarmos o sucesso.

Quando compreendemos o nosso propósito essencial, um conjunto diferente de valores torna-se prioritário. Ao iniciarmos um novo ano, o meu desejo é que você sempre se pergunte: “Estou me tornando uma pessoa melhor para mim mesmo e para o meu próximo?”

À medida que você começar a exercitar isso em sua vida, trará naturalmente clareza e direcionamento para todos os seus relacionamentos. Se pergunte todos os dias pela manhã: “Como posso ajudar o meu parceiro ou a minha parceira a se tornar uma pessoa melhor?” Ao encontrar qualquer pessoa durante o dia (no caixa do supermercado, seus filhos, seu pai, sua mãe, seu colega de trabalho, um (a) amigo (a), um parente, um (a) irmão (ã) em Cristo), faça esta pergunta para si mesmo: “Como posso ajudá-lo a transformar-se em uma pessoa melhor?”

Foi isso que o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo veio realizar neste mundo. A partir dos Seus relacionamentos e da Sua vida, Ele esteve na Terra para nos transformar em pessoas melhores.

Que você tenha como lema da sua vida ser como Jesus Cristo, ou seja, ser uma pessoa que a cada dia torna-se melhor e ajuda aos outros a tornarem-se também.

Dra. Elizete Malafaia

Por Litrazini:


Graça e Paz