sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Rabiscos de Deus!

“Porque somos membros do seu corpo, da sua carne, e dos seus ossos.” (Ef.5.30)

Para todos os rabiscos existem definições, possui um sentido. Se usarmos a inteligência podemos descrever a pessoa que rabiscou no simples olhar em seus traçados, estes denunciam o caráter oculto então nossa mente nos leva a assimilar aquele conteúdo, que de certa forma nos revelará a personalidade do dono. Mais, nem todos entenderão o que está riscado. Se pegarmos um papel rabiscado por alguém por mais complexos que sejam aqueles traços para alguns, outros darão nome com precisão, visto existir ali algo que chamou a sua atenção.

Notem; se alguém rabiscar uma folha e deixar lá, todas as pessoas que passarem e olharem, certamente, verão algo e detalhes diferentes. Cada uma entenderá de forma separada, porque as coisas contidas naquele papel são simplesmente ideias de quem as traçou. Unicamente esta pessoa, será capaz de dizer com exatidão o que ela quis expressar. Mesmo assim haverá aqueles que dirão; “eu não creio que você pensou no que você esta falando e escreveu isso aqui”. Por quê? Houve um conflito nas ideias.

Exatamente porque pensamos de formas separadas, eu só posso entender com convicção o que o outro quer dizer, se esta pessoa me falar de maneira clara e concreta, escrever de forma concisa e com coesão das suas ideias. Porém, isto não nos dá o direito de querermos infligir alguém pelo simples fato deste não corresponder ao que pensamos. O que pensei são coisas minhas, as pessoas não estão dentro de mim para entender minha mente, assim também, outros, não podem querer anular o que penso. Precisamos atentamente analisar o que vimos, se compreendermos, devemos procurar interpretar, sendo aproveitável, então, absorver e repassar. Não podemos contender se não entendermos certamente, isto nos tornaria indoutos.

Nem tudo que pensamos ou escrevemos irá agradar, haverá os que não concordarão, porém, por mais que muitos digam: não vejo nada aqui além de riscos, tem um significado, foi à mente desta pessoa que não alcançou a proporção.

Se observarmos atentamente alguém rabiscando, se está começar a escrever varias palavras soltas, fizer desenhos até sem sentindo, será sem sentido para aqueles que estão olhando, porque aquilo que a pessoa está escrevendo é justamente o que esta lá no mais profundo do seu ser.

Se, muitos forem sinceros agora, irão concluir que é verdade: quando alguém faz vários desenhos de diferentes formas é porque dentro dela tem um projeto e sua mente está tão ocupada naquilo, que suas mãos apenas canalizam na procura de uma forma em colocar aquele projeto em pratica. Aqueles também que escrevem várias palavras diferentes e sem sentido é porque aconteceu alguma coisa na vida deste, que seu interior mesmo sem perceber, o expõe, este termina escrevendo o que ouviu, o que disse ou que pensa em dizer, não são poucas às vezes, que muitos, quando se dão conta disto, logo riscam de forma forte o que escreveu, porque naquele momento este não quer que ninguém o entenda. Outros rabiscam um emaranhado de traços, esta pessoa tem algo dentro dela para resolver e não sabe como fazer, é como se ela desejasse que através daqueles traços surgisse a solução.

Então, aquilo que na nossa vista são rabiscos, para o seu criador é um belo desenho, um projeto ou uma saída, por mais complexo que pareça ser, existe um porque, podemos não ver nada atrativo naqueles traços, porém o seu dono sabe o porquê estão ali e até consegue ver uma tremenda obra de arte.

Mais o que tem haver isto com Deus? Eu vou te dizer! Eu e Você somos rabiscos feitos por Deus, muitos podem nos olhar e pensar não presta para nada, porém para Deus somos a obra prima das suas mãos.

Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras ... (Ef.2.10), exatamente por isso que somos diferentes, alguns possuem mais facilidade de entender as coisas, outros têm uma agilidade tamanha em aprender algo, outros, até usamos aquela expressão “só Jesus na causa” de tanta dificuldade que existe, neste ultimo caso, muitas vezes acontece, porque ao invés de concentramos a nossa mente em nosso criador, estamos querendo copiar os outros, só que, aquilo que serviu para um, nem sempre serve para outros, as pessoas são diferentes uma das outras, são individuais.

Mas, todas saíram da mente de Deus, Ele nos pensou, nos rabiscou, dando-nos a forma concreta, exatamente como Ele quis, de sorte que, os que nos olharem não terão duvidas do que somos. Ainda que alguns destes rabiscos tenham formas sinuosas e outras tênues, ou ainda arredondas ou achatados, porém todos foram formados pelas mãos de um só pensador, Deus, Ó, vinde, adoremos e prostremo-nos; ajoelhemos diante do Senhor que nos criou. ( Sl. 95.6). Daí,  não podemos exigir que as pessoas sejam iguais a nós, todos nós temos é que estar em conformidade com nosso dono, não podemos querer ditas regras para aquilo que Deus fez, precisamos apenas agir como seus filhos. Quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo. (1Co.2.16), o filho ouve a voz do seu pai e segue as suas instruções, E aquele que me enviou está comigo.

O Pai não me tem deixado só, porque eu faço sempre o que lhe agrada.(Jo.8.29), então, precisamos viver de acordo com os traçados do nosso dono para que, quando alguém olhar para nós, vejam em nós o caráter de Cristo, e que, de forma alguma, existam na mente delas a incerteza que somos de Deus.

Não importa o que diga de você, cada traço que compõe a sua forma foi Deus quem desenhou, alguns podem achar insignificante, mais você é um projeto de Deus, e os projetos de Deus sempre dão certo. Você já venceu!

Pra Elza Carvalho

Por Litrazini
http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz