sexta-feira, 8 de agosto de 2014

CARACTERÍSTICAS DA ORAÇÃO BÍBLICA

A Verdadeira oração não é meramente uma questão de dizer as palavras certas. A oração bíblica é caracterizada e motivada pela atitude e mentalidade correta sobre a grandeza de Deus, a beleza de Cristo e nossa indignidade e fraqueza. Pergunte-se a si mesmo se suas orações são caracterizadas por:

UMA COMPREENSÃO DE SUA PRÓPRIA INSIGNIFICÂNCIA E PECAMINOSIDADE
Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, e a lua e as estrelas que estabeleceste, que é o homem, que dele te lembres?
E o filho do homem, que o visites? (Sl 8.3-4). Se observares, SENHOR, iniqüidades, quem, Senhor, subsistirá? Contigo, porém, está o perdão, para que te temam. (Sl 130.3-4).

O CONHECIMENTO DE QUE JESUS É SEU ÚNICO ACESSO AO PAI
Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne… aproximemo-nos. (Hb 10.19-22).
…também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo. (1 Pe 2.5)

ADORAÇÃO A DEUS POR SEU CARÁTER E ATRIBUTOS
Engrandecei o nosso Deus. Eis a Rocha!  Suas obras são perfeitas, porque todos os seus caminhos são juízo; Deus é fidelidade, e não há nele injustiça; é justo e reto. (Dt 32.1-4)
Exaltar-te-ei, ó Deus meu e Rei; bendirei o teu nome para todo o sempre. Todos os dias te bendirei e louvarei o teu nome para todo o sempre. Grande é o SENHOR e mui digno de ser louvado; a sua grandeza é insondável. (Sl 145.1-3)

ALEGRE LOUVOR PELA OBRA DE DEUS NA CRIAÇÃO E NA REDENÇÃO
Tu és digno, Senhor e Deus nosso, de receber a glória, a honra e o poder, porque todas as coisas tu criaste, sim, por causa da tua vontade vieram a existir e foram criadas. (Ap 4.11)
Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos tem abençoado com toda sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais em Cristo,  assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade,  para louvor da glória de sua graça, que ele nos concedeu gratuitamente no Amado, no qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua graça, que Deus derramou abundantemente sobre nós… nele, digo, no qual fomos também feitos herança, predestinados segundo o propósito daquele que faz todas as coisas conforme o conselho da sua vontade. (Ef 1.3-8, 10-11).

GRATIDÃO PELA BONDADE DE DEUS EM CONCEDER TODA BOA DÁDIVA
Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes… (Tg 1.17)
…ofereçamos a Deus, sempre, sacrifício de louvor, que é o fruto de lábios que confessam o seu nome. (Hb 13.15).

UM SENSO DE SUA NECESSIDADE DE FORÇAS PARA LUTAR CONTRA PECADOS ESPECÍFICOS
Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca. (Mt 26.41).
Assim, pois, irmãos, somos devedores, não à carne como se constrangidos a viver segundo a carne. Porque, se viverdes segundo a carne, caminhais para a morte; mas, se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis. (Rm 8.12-13).

HUMILDE CONFIANÇA QUANDO VOCÊ PEDE AO PAI POR TODA NECESSIDADE
Ah! SENHOR Deus,  eis que fizeste os céus e a terra com o teu grande poder e com o teu braço estendido;  coisa alguma te é demasiadamente maravilhosa. (Jr 32.17).
E esta é a confiança que temos para com ele: que, se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve.  E, se sabemos que ele nos ouve quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temos feito. (1 Jo 5.14-15)
Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna. (Hb 4.16).

UMA GENEROSA RESPONSABILIDADE DE ORAR PELOS OUTROS
Com toda oração e súplica, orando em todo tempo…  vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos… (Ef 6.18-19).
Irmãos, orai por nós. (1 Ts 5.25).
Também não cessamos de orar por vós… (2 Ts 1.11).
Orai pelos que vos perseguem… (Mt 5.44; veja também 1 Tm 2.1-2).

UMA SEDE POR CRESCENTES SABEDORIA E ENTENDIMENTO ESPIRITUAL
Desvenda os meus olhos, para que eu contemple as maravilhas da tua lei. (Sl 119.18).
E, se clamares por inteligência, e por entendimento alçares a voz, se buscares a sabedoria como a prata e como a tesouros escondidos a procurares, então, entenderás o temor do SENHOR e acharás o conhecimento de Deus. (Pv 2.3-5).
…iluminados os olhos do vosso coração, para saberdes qual é a esperança do seu chamamento, qual a riqueza da glória da sua herança nos santos e qual a suprema grandeza do seu poder para com os que cremos, segundo a eficácia da força do seu poder. (Ef 1.18-19)

DARYL WINGERD / Traduzido por Josaías Jr | Reforma21

Por Litrazini


Graça e Paz