segunda-feira, 1 de setembro de 2014

ACASO, TRAÍMOS A DEUS?

Converte-te, ó Israel, ao Senhor teu Deus; porque pelos teus pecados tens caído. Oséias 14:1

TRAIÇÃO=Incapacidade de ser fiel a alguém, descaso aos valores de outrem, ruptura de um ato confiável, violação da dignidade do confiante, descumprimento de uma promessa, enganar perfidamente a fidelidade que lhe foi depositada.


De todas as dores provocadas por sentimentos relacionados à outra pessoa, creio eu que a traição seja a mais mesquinha e ordinária, por justamente ela ser muito injusta, em muitos casos, leva a ruína o traído, enquanto o traidor regozija-se.


Não existe coisa pior do que confiar em alguém e ser lesionado por essa pessoa, é um sentimento de tristeza profunda que fica na alma, uma decepção angustiante, isto faz a pessoa sentir-se um nada, pois a sensação que este tem é que todo o chão fugiu de debaixo de seus pés.

Aquele que trai torna-se egoísta, pois não pensa em quem esta do outro lado, apenas alimenta o desejo do seu coração, que é se dá bem. Isto é em qualquer área da vida. Quando se credita em alguém uma confiança é porque dentro do coração do depositante existe algum tipo de consideração, respeito, admiração ou amor, pelos quais a leva acreditar que jamais será enganada. Que aquela pessoa em quem se confia é digna do puro sentimento que esta lhe sendo imputado.

Ser traído por amigo ou colega já é tão repugnante, imagine ser traído por alguém com quem um dia se fez uma aliança, teve um compromisso, depositou sua vida nas mãos dela, firmou lealdade.

Certamente é dolorido demais para a vitima, a sensação que se tem é que foi usado e trapaceado em seu sentimento, esta pessoa sente-se reduzido a fagulha, a dor rasga a sua alma com muito mais ímpeto do que um objeto cortante, é tão violenta a sensação que muitos dos traídos perdem totalmente o equilíbrio e, suas vidas parece ficar em cordas bambas, como se tivesse a sensação que um pesadelo a dominasse, tudo o que foi sonhado, planejado, arquitetado durante meses ou anos termina sendo lançado fora como se fosse uma descarga sanitária.

Em muitas vezes a pessoa que planeja a traição fica tão cega, que não para analisá-la, não pensa que pode estar destruindo a vida do outro, porque nada fica como antes no coração de quem sofre uma traição, por mais perdão que seja liberado, aquela terrível dor não é por completa esquecida, fica adormecida porque a confiança não é mais a mesma. De certa forma a pessoa traída cria dentro de si uma crosta que gera desconfiança em todos que se aproxima. Ela torna-se uma espécie de animal ferido, fica sempre na defensiva.

Todos têm conhecimentos de quão terrível é este sentimento, porém muitos o ignora a seu bel prazer. Vamos então conhecer onde deu origem este sentimento tão perverso, vamos averiguar a luz da palavra de Deus, No livro de Ezequiel 28 podemos ter um relato completo, Deus havia criado um Querubim, lúcifer, cheio de sabedoria e conhecimento, este, Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; por terra te lancei, diante dos reis te pus, para que olhem para ti. Ezequiel 28:17,

Deus confiava a lúcifer, ser o seu porta voz, ele era o primeiro arcanjo a comandar nos céus, ou seja, ele só estava abaixo do filho de Deus, conhecia os segredos de Deus, Eis que tu és mais sábio que Daniel; e não há segredo algum que se possa esconder de ti. Pela tua sabedoria e pelo teu entendimento alcançaste para ti riquezas, e adquiriste ouro e prata nos teus tesouros.Ezequiel 28:3-4, ele comanda todo o exercito celestial, Deus depositava nele o direito de reger o seu coral.

No entanto enquanto Deus deixava em seu poder a liderança da adoração ele usurpava em seu coração ser igual a Deus, o orgulho e a inveja nasceram dentro do seu ser, e em surdina planejou tirar Deus do seu trono, seduzindo e ludibriando a terça parte dos anjos que ele comandava. E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte. Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao AltíssimoIsaías 14:13-14.

Deus conhecia os intentos de lúcifer, Deus apenas deixou para ver até onde ele ia, como o mal por si só se destrói, então lúcifer deixou de ser um anjo de luz para vira satanás o opositor.

Todo Ser humano comete erro, Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela. João 8:7, isto não ira isentar ninguém das consequências, colhemos o fruto da semente que plantamos.


Deus conhecedor de todas as coisas sabe bem o que é ser traído, tão logo dará o escape à pessoa ferida, entrará com providência e restaurara as suas forças e mudara a situação.

Mas o que desejo chamar a sua atenção é que, lendo e relendo estes relatos ficamos abismados,  mas, muitas vezes estamos agindo igual a lúcifer para com Deus, mesmo sabendo que Deus sabe todas as coisas antes que aconteça, ignoramos a sua presença e continuamos segundo a nossa vontade.

Alguém pode dizer “Eu não quero ser igual a Deus” Será? Será que, se muitos conhecessem pessoalmente, tivesse a regalia que lucífer teve não intentaria o mesmo? Por outro lado quantos de nós traímos a Deus? Como? Quantas pessoas nós conhecemos que um dia fez uma aliança com Deus, Deus confiou a este o direito de uma vida nova, quantos foram consagrados para Deus, quantos foram batizados, Quantos ceiaram na mesa do Senhor e hoje come no prato do inimigo? Quantos, um dia conheceram os segredos de Deus os mistérios da salvação, disseram eu tenho uma aliança contigo e hoje estão distante da presença de Deus?

Quantos um dia disseram que Jesus era Senhor em suas vidas e agora vivem sucumbidos pelo mundo e adora outros deuses? E quantos são aqueles que dizem que serve a Deus, que os pertencem, que são seus filhos, mais não procedem com tal? Usam o nome de Deus em beneficio próprio, vivem sempre articulando uma maneira de lucrar com a fé alheia.

Se analisarmos bem, de fato, não continuamos traindo a Deus? E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Mateus 22:37 Estamos adorando a Ele ou outros tem espaço em nossas vidas?

Pra Elza Carvalho

Por Litrazini:


Graça e Paz