sábado, 29 de novembro de 2014

OUVIR OU ESCUTAR A DEUS?

“Pois o coração deste povo está endurecido, e ouviram de mau grado com seus ouvidos, e fecharam seus olhos, para que não vejam com os olhos, ouçam com os ouvidos, compreendam com o coração, se convertam e eu os cure.”Mateus 13:15

Existe uma grande diferença entre os termos “ouvir” e “escutar”. Segundo o dicionário Michaelis – Moderno Dicionário da Língua Portuguesa, o termo “ouvir” significa “Entender, perceber pelo sentido do ouvido”, enquanto o termo “escutar” significa “Prestar atenção para ouvir; dar atenção a”. Desta maneira, ouvir está relacionado ao sentido da audição, enquanto que escutar é prestar atenção ao que se está ouvindo.

Quando simplesmente ouvimos algo, sem a devida atenção, logo esquecemos e, indiretamente, estamos dizendo que aquilo não representa algo importante para nós. Em contrapartida, quando escutamos algo, prestando atenção e meditando no que foi ouvido, gravamos na memória a mensagem.

Assim é também com a Palavra de Deus.

Quantas pessoas estão na igreja, ouvindo a Palavra, mas sem mudança real de vida? Quantas vezes já ouviram em pregações sobre o Amor de Deus e o Amor ao Próximo, sobre o Perdão e a Misericórdia, mas nem amam, nem perdoam, nem são misericordiosos com ninguém? Estão realmente escutando ou somente ouvindo a Palavra?

QUEM ESCUTA, MEDITA. QUEM MEDITA, APRENDE. Aquele que aprende, aplica o aprendizado no dia-a-dia. Isto vale para tudo na vida, principalmente para a Palavra de Deus. Quando Jesus disse que “o coração deste povo está endurecido”, era justamente se referindo ao fato de que muitos O seguiam, ouviam o que Ele falava, mas não escutavam realmente, nem aplicavam seus ensinos no trato com o próximo.

E quanto a nós? Temos ouvido ou escutado a Deus nas pregações da Palavra? Temos vivido uma fé real, com mudanças reais ou uma fé fingida, baseada em religiosidade?

“E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos. Porque, se alguém é ouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural; porque se contempla a si mesmo, e vai-se, e logo se esquece de como era” – Tiago 1:22-24
.
Fernando Heitor de Siqueira

Por Litrazini
http://www.kairosministeriomissionario.com/


Graça e Paz