domingo, 25 de janeiro de 2015

DEUS QUER RENOVAR OS VASOS

O Senhor seja louvado.

A sagrada escritura bíblica em seu capítulo 18 do profeta Jeremias, mostra-nos que o Senhor fala para que Ele descesse a casa do oleiro para ver a sua obra “sobre as rodas” (equipamento de manuseio para criação de vasos). 

Cumprindo o chamado do Senhor, Jeremias chegou ao exato momento em que o vaso na mão do oleiro lhe estragou, tornando a fazer outro vaso conforme lhe pareceu adequado.

Nesse exato momento Deus falou com o profeta Jeremias:
não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? – diz o Senhor; eis que, como barro na mão do oleiro, assim sós vós na minha mão, ó casa de Israel”.

Essa passagem Deus está dizendo aos vasos que não importa as circunstâncias que passarmos, Ele que restaura, liberta, perdoa, dá vitória, acrescenta energia aos que não tem força para vencer batalha que enfrentamos em nosso dia-dia. Adiante no versículo 7 a 10, Deus fala que no momento que ouvirmos a sua voz sobre uma nação ou de um reino que possamos arrancar derribar e destruir, abstendo de todas as maldades contra o que Ele dissera, Ele se arrependerá de tudo em que pensava em fazer.

Eu que vos digo: Aquele que fizer ou continuar pratincando iniquidade sairá da rocha em que se encontra, voltando tono início para conquistar sua vitória. Então amados, vamos continuar na rocha buscando sempre a presença do Grande Eu Sou. Não façamos a oração, jejum e adorar como obrigação, mas com Amor à àquele que foi enviado e levou todos os nossos pecados sofrendo por toda humanidade.

Veio a mim a palavra que Jonas levou para cidade de Nínive; que, se por ventura todos se arrependesse dos pecados, desistia o Senhor em destruir esta Cidade que tinha em cerca de 120 mil habitantes. O grande Eu Sou, desistiu em razão do povo se humilhar, ou seja, rasgar o coração como prova de arrependimento, pois de nada adiantaria se não fosse verdadeiramente. Afinal, Ele sonda os nossos corações e sabe de todas as coisas.

Não é diferente nos dias de hoje. Àqueles que se converter de todo mau e proceder aos caminhos retos, serão sempre abençoados pelo Senhor. “E teus inimigos serão levados para a terra que não conheces; porque o fogo se acendeu em minha ira e sobre vós arderá.” (Jeremias 15: 14)

Tudo que pedimos em seu nome Ele responderá! Deus quer nos fazer sempre um novo vaso. Ele quem tomas as decisões do que devemos fazer. Não ao contrário. Ele segue na frente pelejando, enquanto, procuramos sua presença cada vez mais. 

Nossa comida é a palavra. Nossa defesa é oração, jejuns e adorá-lo em espírito e em verdade! Quando o teu inimigo tropeçar, não se glorie pela sua queda, para que o Senhor não desvie sua ira.

Continuemos sempre intercedendo pelos nossos adversários. Deus mudou o cativeiro de Jó, pela sua fé, temor, lealde e acima de tudo, amor ao próximo orando sempre pelos seus amigos/inimigos.
Assim, Deus constituiu tudo que Jó perdeu. O que ganhamos e conquistamos não é nosso mais do Senhor que nos dá e tem o direito de fazer o que bem entender. 

Haverá situações que o Senhor nos chama para fazer o que fez com Jeremias, isso sempre ocorre quando estamos cansados, oprimidos na prova (tribulações/problemas) e o Senhor mandando descer (orar) para sairmos cheios de sua presença. Esses empecilhos quanto mais obtiverem – renovaremos nossas forças – subiremos bem alto como uma águia.

TIAGO MELO VIEIRA

Por Litrazini


Graça e Paz