domingo, 15 de março de 2015

10 MAIORES ERROS QUE AS PESSOAS COMETEM NO CAMPO MISSIONÁRIO

Assim como em tudo na vida, há um jeito certo e um jeito errado de se envolver no trabalho missionário. Com suas experiências no campo, o autor americano J. Lee Grady listou dez erros que as pessoas geralmente cometem em outras nações:

1. AGIR COMO UM MIMADO
Se você for para um país pobre, prepare-se para chuveiros frios, insetos e escorpiões, falta de energia, banheiros sujos, trânsito maluco e comida estranha. Decida que, antes de sair, você não vai deixar uma reclamação sair de sua boca. Seja flexível e gracioso. Concentre-se no positivo, mergulhe na beleza do país e volte para casa com uma gratidão renovada por suas bênçãos.

2. ACHAR QUE O SEU CONHECIMENTO O TORNA SUPERIOR
Você não está viajando para ensinar aos pobres e ignorantes aquilo que você sabe. Se esse é seu pensamento, faça o favor de ficar em casa! Você está indo para servir. Maior parte do meu conhecimento sobre o ministério veio de pessoas humildes que eu conheci em outros países. Quer você esteja ensinando, pregando, construindo orfanatos ou alimentando os pobres, lave os pés das pessoas. Espere aprender lições poderosas de pessoas que você está visitando.

3. CONSTRUIR RELACIONAMENTOS BASEADOS EM DINHEIRO
As pessoas em países pobres tendem a pensar que somos ricos, e eles serão tentados a olhar para nós, em vez de olhar para a provisão de Deus. Não seja conduzido pelo dinheiro, não ostente relógios caros ou joias, e não distribua dinheiro para todos que encontrar. Deixe seus novos amigos terem uma verdadeira amizade com você, e não apenas dependam das finanças.

4. FAZER EXIGÊNCIAS
Eu sei que os pregadores da prosperidade esperam um tratamento real quando vão para países estrangeiros. Certa vez, um homem disse a seu anfitrião que precisava de um hotel, que custava mil dólares por noite, em uma nação onde a maioria das pessoas vivem em apartamentos apertados, no estilo soviético. O Apóstolo Paulo dizia estar disposto a viver com as pessoas em seu nível. Se Jesus se dispôs a entrar neste mundo em uma manjedoura, devemos estar dispostos a deixar de lado os nossos gostos caros.

5. QUEBRAR PROMESSAS
Quando você se envolve profundamente com uma igreja em outro país, você vai se apaixonar por e querer fazer todo o possível para ajudá-los. Mas não prometa coisas que você não pode entregar. Sempre lembre a eles e a si mesmo de orar e esperar no Senhor. E se você entrar em uma parceria, sempre honre as promessas que fez.

6. TER NA EQUIPE PESSOAS NÃO COMPROMETIDAS COM JESUS
Eu conheço uma jovem que foi em uma viagem missionária para a África com sua igreja e acabou dormindo com um homem desse país.  Qualquer pessoa que vai a uma viagem missionária precisa da verificação de antecedentes e recomendação de um pastor. Viagens missionárias nunca devem ser vistas como oportunidades para "turismo religioso" por pessoas imaturas, que anseiam por uma aventura. O comportamento dos membros da equipe devem honrar a Cristo.

7. SE UNIR A IGREJAS NO EXTERIOR SEM VERIFICÁ-LAS
Semanalmente eu recebo pedidos de pastores estrangeiros me chamando para visitar sua igreja, apoiar seus programas ou fazer cruzadas evangelísticas em suas aldeias. No Paquistão, alguns cristãos sem escrúpulos vasculham a internet em busca de igrejas que vão lhes enviar dinheiro. Algumas pessoas que se apresentam como pastores falam sobre doações e, em seguida, desaparecem. Se você estiver fazendo um trabalho de missão, você terá o dom do discernimento. 

8. FAZER UM "BATE E VOLTA" NAS MISSÕES
Quando eu visito um país, quase sempre acabo voltando, porque eu construí relacionamentos com os ministérios.  O trabalho missionário deve ter uma parceria a longo prazo. Se a sua igreja está planejando iniciar um programa de missões, não basta espalhar sua semente aqui e ali. É preciso ter espírito de oração, investir em alguns lugares e deixar que o Espírito Santo se conecte com essas pessoas para a vida toda.

9. DESVIRTUAR SEU TRABALHO
Exagero é mentira. Não há nada mais desagradável do que um cristão que aumenta as estatísticas para chamar a atenção ou levantar fundos. Se você construir o seu ministério em meias-verdades, você terá rachaduras em sua fundação. Seja honesto, seja responsável e diga a verdade.

10. FOCAR APENAS NOS NÚMEROS
Há uma enorme pressão no trabalho missionário para provar nossa eficácia no número de pessoas. Mas o reino de Deus não está em fazer multidões, mas sim em fazer discípulos. Alguns dos meus momentos mais poderosos no campo de missão estavam em pequenas reuniões, em que Deus mudou algumas vidas para sempre e, em seguida, as pessoas transformaram mais vidas. Não fico impressionado quando alguém diz que 5 mil pessoas aceitaram Jesus. Eu quero saber se esses convertidos foram acompanhados, e levados à igreja para o discipulado.

Fonte: Guiame, com informações de Charisma News

Por Litrazini


Graça e Paz