segunda-feira, 16 de março de 2015

NUNCA HOMEM ALGUM FALOU ASSIM

E todos lhe davam testemunho, e se maravilhavam das palavras de graça que saíam da sua boca.  (Lc.4.22)

Portanto, convém-nos atentar com mais diligência para as coisas que já temos ouvido, para que em tempo algum nos desviemos delas. (Hebreus 2:1).

O Senhor Jesus Cristo estava em Jerusalém e bradou diante de uma grande multidão: “Se alguém tem sede, venha a mim, e beba” (João 7:37).

Os judeus tinham opiniões divergentes sobre ele, e os líderes religiosos, Seus arquiinimigos, enviaram oficiais para prendê-Lo. Mas após ouvir Suas palavras, eles não ousaram fazer isso. 

Quando retornaram da missão não cumprida, os líderes os repreenderam: “Por que não o trouxestes?”

A resposta foi: “Nunca homem algum falou assim como este homem” (João 7:45-46). Eles não estavam acostumados a tal mensagem, mas não podiam ignorar seus efeitos.

Aquela voz do humilde Jesus de Nazaré, o Desprezado e Rejeitado, jamais será ouvida de novo dessa forma sobre a face deste mundo.  

Quando ele voltar, Sua voz será a do Senhor dos senhores e Rei dos reis, som que fará Seus inimigos estremecerem.

Contudo, Suas palavras de graça e verdade foram preservadas para nosso deleite nos evangelhos.

Quem as lê com um coração sincero e humilde pode confirmar o que os oficiais disseram: “Nunca homem algum falou assim como este homem”. Suas palavras são “espírito e vida” (João 6:63).

O Filho de Deus tinha se tornado Homem para alcançar nosso coração.

Na cruz do Calvário ele sacrificou Sua vida para que cada cristão possa obter graça e salvação eterna. 

Quem pode se comparar a ele? 

Extraído do devocional BOA SEMENTE

Por Litrazini


Graça e Paz