quarta-feira, 6 de maio de 2015

AMEAÇAS AO CORPO DE CRISTO: PECADOS DA LÍNGUA

O Novo Testamento apresenta a igreja como sendo o Corpo de Cristo e os membros são as partes que fazem este corpo útil na terra. Jesus Cristo é o cabeça da Igreja, ele morreu por ela e é o seu único governo.

Mas precisamos está atentos com uma crescente onda de ataques que este corpo vem sofrendo há séculos. Há perigos internos que ameaçam a integridade deste corpo e precisamos combater isso.

Há pessoas dentro e fora do corpo que querem, de todas as formas, promoverem o “esquartejamento” do Corpo de Cristo. Neste estudo veremos quais são essas ameaças e o que cada membro deve fazer para evitar que elas danifiquem a Igreja de Deus.

PESSOAS QUE SERVEM A DEUS, MAS AGRADAM AO DIABO.
Pode parecer absurdo, mas é perfeitamente possível haverem pessoas que servem a Deus, mas estão na verdade agradando ao diabo. Isso pode ocorrer de diversas maneiras como veremos a seguir:

A FOFOCA
Tem pessoas que trabalham na igreja, fazendo coisas que são importantes, mas mesmo assim estão sendo instrumentos de destruição para a própria igreja. Por exemplo, àquelas pessoas que promovem fofocas (Tg. 4.11).

Tiago nos informa que a língua das pessoas pode ser contaminada pelo próprio inferno (Tg. 3.6). Para essas pessoas os outros sempre estão errados, mas elas se consideram as mais certas.

Para os fofoqueiros, os outros sempre estão com inveja deles, quando na verdade eles é que não sabem viver em comunhão com os demais. Essas pessoas são perigosas, pois possuem um espirito de contenda em seus lábios, elas promovem divisões e geram intrigas dentro da própria igreja (Pv.6,16-19).

Deus abomina o que semeia contenda entre irmãos. Uma pessoa que semeia contenda pode ser muito trabalhadora, mas é um tropeço aos olhos de Deus, ela mesma está trazendo abominação para dentro da igreja de Deus, em outras palavras ela está servindo a Deus com seus talentos, mas aborrecendo a Deus com seus maus relacionamentos.

A MENTIRA
Tem filhos do diabo se passando por filhos de Deus (Jo. 8.44) o diabo é o pai da mentira quem mente se torna seu filho, há pessoas mentindo e dizendo que são filhas de Deus, essas pessoas estão fazendo mal a si e aos outros. A mentira corrói a alma de quem a profere e corrompe os relacionamentos entre os irmãos, pois ela destrói a confiança.

O FALSO TESTEMUNHO
Infelizmente por inveja, ciúmes e maldade há pessoas difamando e dando falso testemunho de outros irmãos, isso é motivo de grande alegria para o inferno. Nada faz o diabo tão feliz quanto ver o povo de Deus se digladiando.

Quando um irmão está em erro, o correto é ir a ele e corrigi-lo com espirito de mansidão (Gl. 6.1), ao invés de espalhar as faltas da pessoa que cometeu. É papel do irmão que ficou sabendo do erro ir tentar ajudar o transgressor sozinho (Mt. 18.15).

A Bíblia diz que a causa de toda contenda é sempre uma pessoa usada pelo diabo (Pv. 26.20). Ao saber que um irmão está cometendo algum erro, é dever da pessoa que tomou conhecimento deste fato anunciar a liderança e não ficar espalhando entre crentes e descrentes os pecados dos seus próprios irmãos. Quem faz deste modo está mais a serviço do inferno do que do reino de Deus!

CONCLUSÃO
Deus não é deus de confusão, de contenda e nem de divisões. Essas coisas devem ser combatidas urgentemente dentro da igreja. É fundamental que a igreja seja mantida pura e em perfeita harmonia, pois se não houver amor dentro da igreja ela jamais será a igreja de Jesus Cristo (Jo. 13.35).

Pr. Rosivaldo Silva Santos

Por Litrazini

Graça e Paz