segunda-feira, 22 de junho de 2015

DE QUE FONTE VOCÊ BEBE?

E no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé, e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim, e beba (João 7:37).

O último dia era o clímax da festa dos judeus. O Senhor Jesus falou à multidão: “Se alguém tem sede, venha a mim, e beba”. Não era a água derramada cerimonialmente naquele dia que poderia trazer salvação e paz com Deus, mas ele mesmo, o Filho de Deus. Ele é a fonte que pode saciar a sede da alma.

Porém, existe um obstáculo à satisfação desejada: é a inimizade para com Deus, essência da natureza humana. “Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser” (Romanos 8:7).

Deus é santo e justo; o homem é pecador e corrupto, quando age de acordo com sua própria vontade, ele despreza Deus. Deus é luz e está na luz; o homem é e está nas trevas (1 João 1:5;João 3:19-20).

O obstáculo que nos impede de bebermos da fonte da vida é o pecado que habita em nós. E o Senhor Jesus veio exatamente para nos salvar de nossos pecados (Mateus 1:21; 1 João 3:5).

Os que reconhecem sua culpa diante dEle, confessam seus pecados, creem no Senhor Jesus e em sua obra de redenção podem obter perdão. Isso aniquila a barreira, e desbloqueia o caminho para a Fonte da vida eterna.

O que a filosofia e as religiões deste mundo não são capazes de fazer foi realizado pelo Filho de Deus. E ainda hoje o clamor do Senhor Jesus pode ser ouvido: “Se alguém tem sede, venha a mim, e beba”.

Extraído do devocional BOA SEMENTE

Por Litrazini

Graça e Paz