domingo, 28 de junho de 2015

DEIXANDO UM LEGADO ABENÇOADO

O ser humano aprende por imitação. Ao nascer ele precisa de referencial e o pai é a primeira referência masculina para seus filhos. Que responsabilidade, pois o exemplo fala mais do que mil palavras.

Foi o que Deus revelou aos filhos de Israel por intermédio de Moisés: Tão somente guarda-te a ti mesmo e guarda bem a tua alma, que te não esqueças daquelas coisas que os teus olhos têm visto, e se não apartem do teu coração todos os dias da tua vida, e as farás saber a teus filhos e aos filhos de teus filhos (Deuteronômio 4.9)

No Salmo 103.17, o salmista Davi declara que a misericórdia do Senhor é de eternidade a eternidade sobre aqueles que o temem, e a sua justiça sobre os filhos dos filhos. Deus se preocupa com as gerações futuras, pois elas darão continuidade ao legado de seus pais e, principalmente, do pai como sacerdote em seu lar. Quando um pai negligencia seu papel, contraria os preceitos divinos e, consequentemente, colherá os frutos dessa displicência.

Tenha em mente que o amor e a obediência aos princípios da Palavra de Deus são o maior legado que um pai poderá deixar para seus filhos, uma herança que durará para a eternidade. Portanto, seja um excelente pai, esposo, amigo, profissional e servo de Deus. Tenha prazer em investir em seus filhos e exerça a sua função com responsabilidade, pois você prestará contas a Deus a respeito da sua família

Não se preocupe com perfeição, pois somos seres humanos falhos, imperfeitos e carentes de Deus. Contudo, seja um pai presente, que administra bem o tempo dispensado à família, sua maior prioridade nesta terra. Como disse o pastor Billy Granham, "nenhum sucesso do mundo compensa o fracasso do lar". 

Seja sacerdote em seu lar, motivando sua família a crescer nas áreas espiritual, emocional e financeira. Seja compreensivo, paciente, otimista, determinado, corajoso, cheio de fé, amor, graça e autoridade de Deus. Saiba ouvir, perdoar e incentivar. Crie conexão com seus filhos e deixará marcas inesquecíveis na vida deles. Se não houver conexão e química no relacionamento com eles haverá dificuldades na transmissão de seu legado.

O bastão está em suas mãos. Ore para ser melhor do que seus pais foram e que seus filhos sejam melhores do que você tem sido. Passe o bastão com firmeza, coragem e confiança.

Aquele que começou a boa obra em sua vida e na sua família a aperfeiçoará até a volta de Jesus quando Ele virá buscar uma igreja gloriosa, composta por filhos obedientes ao maior exemplo de pai, o Pai do Céu, que nos amou ao ponto de enviar Seu precioso Filho para nos salvar.

Não desista de seus filhos e de sua família. Eles precisam muito de você. Esforça-te e anima-te, porque com este povo entrarás na terra que o SENHOR jurou a teus pais lhes dar; e tu os farás herdá-la (Deteuronômio 31.7). Essas palavras foram ditas a Josué, mas são para você também!

Dra. Elizete Malafaia

Por Litrazini

Graça e Paz