sábado, 27 de junho de 2015

PROVA-SE O AMOR A DEUS PELA OBEDIÊNCIA À SUA PALAVRA

É muito comum se ouvir de lábios que professam amar a Deus coisas que contrariam completamente a Sua Palavra. Por mais sincero que seja o pensamento de que se ama a Deus de fato, neste caso, não há realmente qualquer amor a Ele afinal.

O Deus e Pai de nosso Jesus Cristo, e o próprio Jesus têm definido na Bíblia que é somente aquele que honra e guarda a Sua Palavra que o ama de fato.

Desta forma, quando alguém afirma que não há qualquer tipo de morte porque todos vivem para sempre no amor divino, ele está indo diretamente na contramão de tudo o que a Bíblia afirma de capa a capa; pois, segundo a Palavra de Deus, não há somente morte física, como também espiritual e eterna.

Nisto e em muitas outras afirmações que sejam feitas, ainda que com a intenção de ser tão amoroso e bom, segundo o seu próprio modo de pensar, até o ponto de superar a própria bondade e amor de Deus, é escolher viver em auto-ilusão e de maneira excluída do amor e comunhão com Deus, porque esta comunhão é possível somente quando se honra e se obedece a toda palavra que procede da boca de Deus nas Escrituras Sagradas.


Foi justamente para livrar da condição de morte espiritual e eterna que Jesus se manifestou, e este benefício é exclusivo para aqueles que nele creem e guardam a Sua Palavra.

“Nada acrescentareis à palavra que vos mando, nem diminuireis dela, para que guardeis os mandamentos do Senhor, vosso Deus, que eu vos mando.” (Deuteronômio 4.2)

“ Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me manifestarei a ele. Disse-lhe Judas, não o Iscariotes: Donde procede, Senhor, que estás para manifestar-te a nós e não ao mundo? Respondeu Jesus: SE ALGUÉM ME AMA, GUARDARÁ A MINHA PALAVRA; E MEU PAI O AMARÁ, E VIREMOS PARA ELE E FAREMOS NELE MORADA. Quem não me ama não guarda as minhas palavras; e a palavra que estais ouvindo não é minha, mas do Pai, que me enviou.” – João 14:21-24

“ Eu, a todo aquele que ouve as palavras da profecia deste livro, testifico: Se alguém lhes fizer qualquer acréscimo, Deus lhe acrescentará os flagelos escritos neste livro; e, se alguém tirar qualquer coisa das palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte da árvore da vida, da cidade santa e das coisas que se acham escritas neste livro.” – Apocalipse 22:18-19

Pr. Silvio Dutra

Por Litrazini

Graça e Paz