segunda-feira, 21 de setembro de 2015

SOBREVIVENTE DA FÉ

“Digo-vos que depressa lhes fará justiça. Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?” – Lc.18.8

Esta pergunta de Jesus ecoa hoje com maior intensidade, Jesus contou uma parábola para os seus seguidores, que havia em certa cidade, um Juiz mau, que não temia a Deus nem respeitava os homens, porém, exista também certa viúva que tinha uma causa e precisava ser julgada, e todos os dias ela subia para falar com aquele Juiz que não lhe atendia, um dia, ele decidiu livra-se dela, pois não suportava mais ser importunado por ela, então ele resolveu, vou atendê-la logo, e, lhe darei ganho de causa, assim ela deixará de me incomodar.

Jesus mostrou que, se aquele Juiz ruim, foi capaz de atender aquela mulher só porque ela todos os dias lhe fazia o mesmo pedido, então, o que Deus, o juiz justo, não fará na vida de alguém que chama por sua presença constantemente?

Deus é juiz justo, um Deus que se ira todos os dias. Salmos 7:11, nenhuma das nossas palavras passa despercebidas do olhos de Deus, tudo Ele vê, tudo fica registrado no livro Dele, Tu contas as minhas vagueações; põe as minhas lágrimas no teu odre. Não estão elas no teu livro? Sl.56.8

Então, todas as promessas de Jesus para as nossas vidas não podem ser anuladas, E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna. 1 Jo.2.25 se continuarmos a andar em seus estatutos, e guaramos as suas leis na tábua do nosso coração, ainda que venhamos ter aflições aqui na terra, ou que, alguns dos nossos pedidos não forem atendidos por Deus, certamente a sua promessa de vida para conosco prevalecerá.

Porém é necessário ficarmos firmados Nele, pois se desviarmos da sua presença teremos consequentemente a nossa recompensa, pois Deus é diferente do Juiz mau, Deus é Justo, Se alguém não estiver em mim, será lançado fora, como a vara, e secará; e os colhem e lançam no fogo, e ardem. Jo. 15.6, Óbvio que, está em Deus é diferente do que muitos pensam, a maioria das pessoas acha que, por o fato de estarem dentro de um templo, servem a Deus, estas estão totalmente enganadas.

Servir a Deus é muito mais que, moda, religião, status ou palavras repetidas, servir a Deus é morrer para si mesmo e viver só para Ele, E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. 2Co.5.15, pertencer a Deus é negar-se a si mesmo, dia após dias, é abrir mão do seu eu pra viver a personalidade de Cristo, é renunciar o mundo, abandonar o pecado, E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me. Lc. 9.23 .

Viver para Deus é ter certeza do que lhe espera amanha, isto é, a convicção do seu coração lhe diz que se hoje for seu último dia na terra, ele estará em Lucro, Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho. Fp.1.21, no entanto muito de nós vivemos uma vida aparentemente cristã e achamos que estamos certos, se tão somente nossa recompensa vem de Deus, o que Ele nós dará se vivermos de aparência?

Certamente nós mesmos já nos condenamos, precisamos rever nossos conceitos do que é ser Cristão, aquele que serve a Deus tem que ser diferente dos que não servem, diferentes não na aparecia, pois poderíamos até enganar as pessoas, mais elas não nos salvará.

Deus conhece o intuito do coração, os dias tem sido difíceis é preciso que, todo os filhos de Deus na face da terra, se lance diante Dele com coração arrependido em clamor e peça misericórdias, pois muitos de nós tem passados anos em templos mais está distante do que é servir a Deus, necessitamos entender que Deus está distante de tudo aquilo que diz respeito ser do mundo, apesar de estamos aqui, se somos de Deus a vida Dele precisa ser vista em nós.

Muitos tem se cansado de Deus, tem negligenciado a fé, notem que, aquela viúva só foi atendida, porque ela persistiu, e você o que tem feito?

O QUE VOCÊ QUER RECEBER DE DEUS?
Saiba que neste mundo todas as coisas estão de passagem, porém, o que está dentro de você é eterno, qual será a recompensa que você receberá?

Pra Elza Carvalho

Por Litrazini


Graça e Paz