segunda-feira, 16 de novembro de 2015

ADMITA O ERRO

As pessoas tem dificuldade de pedir perdão, de admitir que erraram. Às vezes falam desculpas, mas errar e reconhecer que errou é uma virtude.

“... Viu, porém, Davi que seus servos falavam baixo, e entendeu Davi que a criança estava morta, pelo que disse Davi a seus servos: Está morta a criança? E eles disseram: Está morta.” 2 Sm. 12.15-19

Uma das palavras mais difíceis de serem pronunciadas é a palavra perdão. As pessoas tem dificuldade de pedir perdão, de admitir que erraram. Às vezes falam desculpas, mas errar e reconhecer que errou é uma virtude.

Davi errou contra Urias, ao se envolver com Bate Seba. Do fruto desse envolvimento pecaminoso, Bate Seba ficou grávida e Deus feriu a criança. Davi orou a Deus, pedindo misericórdia e passou a noite prostrado em favor da criança.

Os anciões da casa se chegaram a ele para se levantar da terra, mas, ele não quis. Ele estava em jejum por sete dias sem comer pão, com o rosto prostrado. Nesse período ele não acusou, não xingou Deus, não acusou a mulher, não acusou os médicos… e ao sétimo dia morreu o menino.

Os servos dele temiam informá-lo: como dizer ao rei que seu filho havia morrido? Eles cochichavam entre si, de onde Davi entendeu que seu filho havia falecido.

Quem sabe seu casamento morreu? Quem sabe sua empresa morreu? Quem sabe uma amizade sua morreu?

Quem sabe alguma coisa sua está morta? E você não admite que isto está morto. Quem sabe algo seu acabou e você nesse momento precisa entender que aquilo morreu, acabou, e admitir que você errou.

Muitas esposas são relapsas no casamento, lambonas, nervosas, e perdem o marido, porque empurram o marido para o erro.

Muitos homens perderam suas esposas, porque não deram valor as suas esposas, são ignorantes, brutos, reclamões.

Muitas pessoas perdem cargos porque não fizeram jus a oportunidade que lhes foi dada. Muitos já perderam grandes oportunidades na vida e não admitem que erraram! Não admitem que o problema que estão vivendo é decorrente de atitudes erradas, e ainda colocam a culpa nos outros.

Davi sabia que a morte da criança era culpa dele.

Sua vida financeira está ruim? Você é dizimista, ofertante? Perceba onde você está falhando! O pecado na vida do crente deve ser um acidente, não algo comum.

Depois que Davi ficou sabendo que seu filho havia morrido, se levantou, tomou banho, ungiu-se com óleo, mudou de roupa, e entrou na casa do Senhor.

Há pessoas que não saram porque na hora da decepção ao invés de buscarem a Deus, buscam o que é errado!

Seus servos não entenderam e perguntaram o que era aquilo, se recompor, após a morte do filho e ele respondeu: “Vivendo ainda a criança, jejuei e chorei, porque dizia: Quem sabe se DEUS se compadecerá de mim, e viverá a criança? Porém, agora que está morta, por que jejuaria eu? Poderei eu fazê-la voltar? Eu irei a ela, porém ela não voltará para mim.” 2 Samuel 12.22-23

Depois desse fato, Davi foi a Bate-Seba e a consolou, deitando-se com ela e ela engravidou-se novamente e Davi deu nome a criança de Salomão – seu sucessor no trono.

Você só poderá consolar alguém se você for curado! Você errou? Admita o erro!

Jorge Linhares

Por Litrazini


Graça e Paz