quarta-feira, 25 de novembro de 2015

DISCUTIR COM DEUS

Ah! Se alguém pudesse contender com Deus pelo homem, como o homem pelo seu próximo! – Jó 16:21.

É estonteante nossa maneira de pensar que estamos certos, quanto àquilo que venha nos favorecer, como articulamos bem as palavras em nossa defesa. Sempre, quando atravessamos alguma adversidade ficamos afoitos, chateados, descontentes é até exigimos de Deus respostas, porque muitas vezes nos sentimos o anjinho e fazemos de Deus o justiceiro, queremos então de qualquer maneira que Deus mude a situação, nos desesperamos, lamentamos e até colocamos a culpa Nele porque determinada coisa não deu certo.

Então, vamos analisar: Aqueles que possuem filhos usem a coerência.
Se vocês criar algo, construir uma bela arquitetura, deixar tudo em poder de seus filhos, todos os vossos bens confiar nas mãos deles, mesmo em vida os constituírem sucessores de toda a fortuna, outorgar para com eles, o domínio de tudo que vocês projetaram, delegando-lhes poder e autoridade, ordenar que os cultivem e preserve-o. Autorizando usufruir de tudo, instruindo-lhes quanto o que é correto e errado, alertando os quanto ao mal se saírem da projeção criada.

E, seus filhos, mesmo sabendo que existiu na trajetória de vocês, alguém que vocês haviam cuidado e protegido, que havia lhe dado poder, honra e autoridade, fazendo dessa pessoa, muito rica, colocando a com seu representante, e que, um dia essa pessoa atentou contra a vida de vocês, queria usurpar aquilo que era de vocês, articulou, manobrou, mentiu, inventou, tudo para destituir vocês, fez do que pode para que vocês deixassem de serem os verdadeiros donos dos vossos pertences.

Daí, na ausência de vocês, seus filhos resolveram ouvir um mensageiro daquele opositor. Depois de ouvirem aqueles conselhos, eles, descobriram que foram lesados. No entanto, vocês já os haviam alertado, eles desobedeceram as vossas ordens colocando em perigo novamente não só os bens mais também a vida de todos, me digam então, vocês pais, como agiriam?

Pois, foi exatamente isto que aconteceu, E tomou o Senhor Deus o homem, e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar. Gênesis 2:15, Deus nos deu o direito e autoridade sobre tudo que existente na face da terra, no entanto deixamos o nosso coração sucumbir diante dos argumentos de inimigo, Ora, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim? Gênesis 3:1

Deus como pai teve que nos trazer a advertência, O Senhor Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden, para lavrar a terra de que fora tomado. Gênesis 3:23, porque então culpamos a Deus por nossos fracassos e derrota? Porque choramingamos dizendo que Ele nos abandonou? Porque falamos que a dor que estamos passando é porque Ele quer? Acaso foi isso que Ele fez para o homem? Não foram os nossos erros que circunstanciou tais aflições?

Alguém pode dizer, mais a situação é diferente. Não! Não é não, para nós hoje ainda é pior, sabe por quê? No inicio Adão e Eva, não tinha nenhuma lição já vivida para prevenir-se, ao contrario nosso, vivemos cotidianamente com exemplos bons e ruins, caminho certo e caminho errado, as escolha são nossa, certamente, se ouvíssemos os conselhos de Deus não passaríamos por tantas angustias, os nossos erros contribuiram para a existência do mal em nossas vidas, Se seguíssemos os ensinamentos do Senhor teríamos vida abundante Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos, porque toda a terra é minha. Êxodo 19:5

Tudo que existe na terra foi criado por Deus para benfeitoria do ser humano, ou seja, para aqueles que obedecem a sua voz, então, se tão somente estamos atribulados e não temos aquilo que sonhamos a culpa é nossa. Já disse Jó; Eis que nisso não tens razão; eu te respondo; porque maior é Deus do que o homem. Jó 33:12, somos responsáveis pelas situações ruins que surgem em nossas vidas.

Deus age como os verdadeiros pais que não fazem tudo que os filhos desejam, presenteia aquele que faz jus. Como, pois queremos forçar Deus fazer a nossas vontade, se estivermos longe da sua presença? Se estivermos a seguir ao nosso bel prazer. Se agirmos conforme nosso querer. Cada um de nós, passamos por problemas, todos, vivemos situação diferente que requerer forças além das nossas forças, pois estamos arcando com nossos feitos.

Talvez você possa dizer-me, eu não fiz nada de errado, será mesmo? Que o Espirito Santo agora te mostre se você fez ou não, porque se você não fez nada para está nesta situação, tenha certeza que ainda hoje, a Glória de Deus vai manifestar na tua vida. Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus. João 9:3, mas se você tem consciência dos seus erros, então seja sincero, aproxime se de Deus e conte para Ele.

Ele já sabe de tudo, Ele apenas quer saber se você tem desejo de mudar. A mulher respondeu, e disse: Não tenho marido. Disse-lhe Jesus: Disseste bem: Não tenho marido; João 4:17. Ao invés de ficarmos reclamando vamos buscar a face do Senhor, Ele é o único que pode mudar toda a situação, Porventura o contender contra o Todo-Poderoso é sabedoria? Quem argüi assim a Deus, responda por issoJó 40:2, o que podemos falar para nos justificar diante de Deus?

Todos os nossos argumentos serão inúteis, perda de tempo, não podemos contender com Deus, Ele é Deus, e nos, apenas palhas secas que podem ser movidos por ventos, então busque ao Senhor todo poderoso, se derrame diante Dele, Certamente Ele olhara para você! Se tu de madrugada buscares a Deus, e ao Todo-Poderoso pedires misericórdia; Jó 8:5.

Pra Elza Carvalho

Por Litrazini

Graça e Paz