quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

RAÍZES DO MEDO (Medos Internos)

Infelizmente uma noticia ruim para nós, é que no Reino de Deus temos visto casos de pessoas, que eram fiéis a Deus, sinceros, e davam bons testemunhos, produziam bons frutos, e de repente quando ninguém esperava, lhe sobrevieram a queda .E lá estavam os soldados caídos frente ao inimigo, contra quem tanto lutaram. E o mais curioso é que a queda sempre acontece na área que o soldado mais impôs resistência ao seu inimigo.

Aonde estão as falhas no nosso exercito? Por onde o nosso adversário tem infiltrado seus ardis?

A história de Jó pode nos dar grandes esclarecimentos sobre a arma secreta do nosso inimigo. Jó Cap. 3:25-26: Porque aquilo que temo me sobrevêm, e o que receio me acontece. Não tenho repouso, nem sossego, nem descanso; mas vem a perturbação. Não é segredo para nós o relatório que Deus faz ao nosso inimigo sobre a fidelidade de Jó EmJó 1:8 “Disse o Senhor a Satanás: Notaste porventura o meu servo Jó, que ninguém há n a terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, que teme a Deus e se desvia do mal?”, e na verdade Jó era fiel e dava bom testemunho.

Mas no seu desabafo em Jó 3:25-26, ele nos da a idéia da ação da arma secreta do nosso inimigo : O MEDO INTERNO (Jó tinha Raízes de Medo)  - TUDO QUE EU RECEAVA ME ACONTECEU - TUDO QUE EU TEMIA ME SOBREVEIO. O que atribulava Jó, como ele mesmo atesta no Cap. 3:26, é sem sombra de dúvida o medo. Mas é exatamente isto que nos chama a atenção, pois como um homem, que tem a aprovação de Deus, com relação a sua integridade, pode sofrer tamanha luta interior contra este sentimento negativo que é o medo?

Também existe o medo na sua manifestação mais conhecida pelas pessoas, que é o pavor, assombro, calafrios, medo de morrer, de sofrer, de perder, de empobrecer, medo que aconteça alguma coisa ruim. E é bem aqui entrelaçado e escondido nos temores humanos, que está alojado uma arma mortal do nosso inimigo.

É bem sabido de nós e do nosso adversário, que o medo na sua manifestação mais conhecida, é facilmente aplacado pelo conhecimento da palavra de Deus e da manifestação da mesma em nossas vidas. Veja Salmo 91:5-6 ( ) - Este texto nos dá uma idéia da eficácia da palavra de Deus com relação a aniquilar o medo existente em nós.

Mas então o que é esse medo que Jó tinha, e o que ele receava?  - Como já dissemos no inicio, grandes homens e mulheres de Deus tombaram no campo de batalha por estarem contaminados por esta arma mortal. Todos estavam lá lutando, opondo resistência ao nosso inimigo, conquistando territórios, mas de repente não suportaram os efeitos negativos deste vírus e caíram doentes no campo de batalha.

O Reino de Deus, na nova aliança está todo relacionado com a RESTAURAÇÃO, e nós devemos ter bastante atenção à esta palavra, pois somos seres sob constante restauração. E porque devemos dar bastante atenção?

Porque é justamente por estarmos sob constante restauração, que não podemos nos sentir prontos e auto suficientes. Pois pensando assim começamos a atrair para nós a responsabilidade da nossa vida espiritual por completo.

Para ilustrar melhor a questão de que esquecemos o que significa restauração, e, passamos a nos sentir prontos e auto suficientes, é mostrada na vida de Elias em um período da sua vida, após Ter vencido os profetas de Baal, e Ter sido ameaçado por Jezabel, fugiu para o deserto, foi alimentado por um anjo, caminhou uma longa jornada, e se abrigou numa caverna. E ali foi questionado por Deus, acerca do que estava fazendo: 

- O que fazes aqui Elias? A pergunta de Deus estava recheada de indignação, pois Elias estava agindo por sua auto suficiência, ou seja; como se ele dissesse isso é o melhor a ser feito; isso é comprovado com a sua resposta. Ele diz: - Tenho sido muito zeloso pelo Senhor... 

Veja, ele esconde de Deus seus temores, e tenta passar uma imagem de auto suficiência para Deus. Mas Deus aplaca a sua exaltação, quando lhe diz: Que é para ele voltar, ungir pessoas para alguns cargos específicos, e até Eliseu profeta em seu lugar, e finalizando lhe disse que havia preservado sete mil pessoas, que permaneciam fiéis a Deus.

Ou seja, Deus não estava dependendo e a mercê apenas de Elias. Portando nunca vá a Deus se sentindo auto suficiente, não tente parecer zeloso para com Deus, e com isso escondendo seus medos internos. (o acontecimento com Elias está registrado em 1Reis cap. 18 e 19 ).

Lembre-se: - TUDO QUE EU RECEAVA ME ACONTECEU - TUDO QUE EU TEMIA ME SOBREVEIO

Transcrito por Litrazini


Graça e Paz