sábado, 26 de março de 2016

LUTANDO CONTRA AS NOSSAS FRAQUEZAS

Jacó chamou àquele lugar Peniel, pois disse: “Vi a Deus face a face e, todavia, minha vida foi poupada”. — Gênesis 32.30. Jacó proporcionou à Igreja um lindo exemplo de fé ao lutar contra a sua fraqueza.

Isso nos mostra que os ancestrais e os profetas hebreus não eram como rochas, que não mostram sinais de fragilidade.

Se fosse assim, nós iríamos nos desesperar por causa das fraquezas que sentimos em nós mesmos.

Frequentemente nossos corpos reclamam que estamos sendo tratados injustamente. Não queremos sofrer e ser maltratados por outros. Mas o exemplo dos ancestrais hebreus nos conforta, pois eles também não eram sempre firmes e fortes em sua fé.

Jacó foi confortado por chuvas de bênçãos vindas de Deus. Ele também recebeu os benefícios das bênçãos que foram dadas a seu pai, Isaque, e a seu avô, Abraão. No entanto, ele precisou lutar contra as suas fraquezas.

Você deve dizer para si mesmo: “Eu não estou sozinho quando temo a ira de Deus, quando imagino se Deus realmente me escolheu e quando fico preocupado, com medo de perder a minha fé. Eu não estou sozinho!”.

Todos os cristãos – do passado e do presente, todos que já creram no Filho de Deus – passam pela mesma luta.

Deus usa essas experiências para nos refinar.

No final, como Jacó, você poderá se erguer e proclamar alegremente: “Eu vi Deus face a face, todavia minha vida foi poupada”.

Retirado de Somente a Fé – Um Ano com Lutero. Editora Ultimato.

Por Litrazini
http://www.kairosministeriomissionario.com/


Graça e Paz