quarta-feira, 23 de março de 2016

PREGANDO O EVANGELHO CORRETO

Quando Jesus colocava as condições do reino, Ele sempre começava com “se alguém quer ser meu discípulo…”, e logo a seguir vinham as condições. Estas eram condições para ser um discípulo, para ser um convertido, um salvo. Eram condições para entrar no reino de Deus. Não era uma opção para ser mais consagrado, para crescer na fé, ou para se tornar pastor. 

O arrependimento, com tudo o que ele significa e produz, está na Porta de Entrada e não no caminho. Muitos estão pregando um evangelho “fofinho” (creia e mais nada), e depois querem estreitar o caminho. Mas quem vai querer perder a vida se na entrada já lhe prometeram salvação e vida eterna sem condição nenhuma? Esta pregação tem enchido a igreja de religiosos que não estão submissos a autoridade de Jesus. Devemos mudar esta situação, e o principal para isto é entender que:

A Submissão Total a Autoridade de Jesus não é uma Opção para o Salvo, mas uma Condição para Ser Salvo

Em face desta verdade podemos observar que hoje há no mundo três tipos de homem. O primeiro não quer saber de Deus. O segundo está muito interessado em Deus. O terceiro vive para Deus. São eles:

O INCRÉDULO: Não quer dizer necessariamente ateu. É alguém que não tem interesse em Deus. Qual é o seu problema? É que governa a sua vida. Controla todas as áreas de sua vida conforme a sua vontade e para seu próprio prazer. Tem o EU no centro de sua vida. Ele vive para si mesmo.

O RELIGIOSO: É muito diferente do incrédulo. Acredita em Deus, lê a Bíblia, ora, canta, vai a reuniões, chama Jesus de Senhor, etc. Mas qual o seu problema? O mesmo do incrédulo. Tem o EU no centro. Vive para si mesmo. E Deus? Deus existe para abençoá-lo, curá-lo, servi-lo e salvá-lo. É um quebra-galho. Este está pior que o incrédulo porque está se enganando.

O DISCÍPULO: Não vive mais para si mesmo. Vive para Deus. Toda sua vida está estruturada em função da vontade de Deus. Jesus é o seu Senhor. Este experimentou um verdadeiro arrependimento. Que diferença entre um discípulo e um religioso! Que amor! Que prontidão! Que docilidade! Como cresce e frutifica! Graças a Deus pela revelação do seu reino!

O verdadeiro arrependimento tira o homem do centro e coloca  Jesus no centro de tudo. Que benção é quando uma pessoa compreende o reino de Deus em sua vida. Está sempre pronta para servir, disposta, alegre , tem um coração grato, é submissa.

Esta pessoa tem problemas ? Tem !

Ela passa por dificuldades ? Passa !

Ela pode vir a pecar ?  Pode !

Ela passa por tribulações ?  Sim !

Mas em todas estas áreas ela tem vitoria completa , pois sua vida esta edificada sobre a pessoa de Jesus. Ele é o centro. Ele é o Senhor.

Transcrito Por Litrazini
http://www.kairosministeriomissionario.com/


Graça e Paz