sexta-feira, 22 de abril de 2016

É HORA DE DESPERTAR!

O povo hebreu teve diversas oportunidades para gozar de um despertamento incomparável. Sua história alterna períodos de avivamento com outros de sono profundo. Entre os reis mais abençoados, vemos em 2 Crônicas 14.5, o rei Asa mostrando um dos maiores chamados ao despertamento já acontecidos.

Vejamos como Deus responde ao despertamento com grandes vitórias. Tantos outros, como Esdras, Neemias, Josafá e Josias operaram memoráveis momentos de despertar seguido de vitória.

Na história da igreja cristã também vemos grandes despertamentos (como o que ocorreu recentemente na Coréia). O que nos entristece é vermos que, tal como o povo hebreu, as igrejas também alternam momentos de vitória com épocas de sono espiritual.

Precisamos seguir os exemplos dos vitoriosos; avaliar cada um dos tipos de sono e decidir em qual deles estamos enquadrados, para sairmos da letargia e, assim, sermos poderosos para verdadeiramente contribuirmos para a manifestação do poder de Deus na terra.

Ninguém jamais se engane! Acordar de um sono espiritual não é nada cômodo, nem confortável. É preciso tomar o remédio próprio para cada tipo de sono. Veja a tabela:

TIPO DE SONO REMÉDIO
1. Ignorância Ler, ouvir e guardar a Palavra de Deus.
2. Acomodação Assumir novos compromissos.
3. Desinteresse Buscar o GALARDÃO de Deus.
4. Medo Orar para Deus abrir-lhe os olhos.
5. Auto-Suficiência Aprender a confiar nos companheiros
6. Rebeldia Consertar-se com Deus e com o líder.
7. Morte Crer em Cristo e no seu poder.

De qualquer modo, Provérbios 28.13b, apresenta uma promessa para nos ajudar a despertar de qualquer tipo de sono. Também em Tiago 5.16 temos uma receita para espantar qualquer tipo de sono.

Jesus sabe que não é nada fácil esperar que a pessoa acometida de sono espiritual sinta disposição de orar pelo despertamento. Por isso Ele criou a igreja, na confiança de que os irmãos acordados orem pelos que dormem e que ajudem a manter os companheiros alerta. Em Mateus 26.40 vemos o Senhor Jesus repreendendo os discípulos pela falta de companheirismo (estavam adormecidos). No versículo 43 vemos que Jesus volta a encontrá-los adormecidos.

Muitas vezes o sono espiritual cria barreira entre os irmãos, impedindo-os de orar uns pelos outros. E é com isso que o inimigo conta para tentar derrotar a igreja.

Mas nós podemos frustrar seus planos malignos através da ministração de um grande conserto. A igreja precisa recordar quando foi a última vez que foi ministrada uma oportunidade para conserto entre os irmãos. Cada um sabe o que tem feito contra o outro. Cada um pode procurar seu irmão para pedir perdão e “zerar” a dívida. É chegada a tua hora!

Os judeus estavam dormindo espiritualmente na primeira vinda de Jesus. Mesmo tendo vivido experiências memoráveis dos milagres de Deus, não foram capazes de reconhecer na pessoa de Jesus, o Messias que tanto esperavam. Seu sono os levou a pensarem que Jesus teria que vir cheio de pompa para assumir um reino corruptível na terra. Por causa do seu sono, perderam o privilégio de desfrutar do verdadeiro reino de Deus.

A igreja precisa estar atenta para que Jesus não a encontre dormindo. Ele mesmo adverte, em Lucas 18.8: “Quando, porém, vier o Filho do Homem, porventura achará fé na terra?”. Para que Jesus ache fé na terra precisamos estar bem acordados, seja qual for o tipo de sono. Em Mateus 24.33-35 Jesus nos adverte acerca de sua volta.

Se todos os motivos já não fossem suficientes para nos envolvermos no despertamento, precisamos considerar que a volta de Cristo está próxima e ai daquele que for encontrado dormindo. Está mais do que na hora de despertarmos.

Em nome de Jesus, não importa qual seja o tipo de sono, vamos despertar, para a glória de Deus em nossas vidas!

Carlos Alberto Ferreira Ribeiro

Por Litrazini


Graça e Paz