segunda-feira, 17 de outubro de 2016

NÃO DEIXE O MEDO TE AFASTAR DE DEUS

Vendo-se o povo diante dos trovões e dos relâmpagos, e do som da trombeta e do monte fumegando, todos tremeram assustados. Ficaram a distância e disseram a Moisés: “Fala tu mesmo conosco, e ouviremos. Mas que Deus não fale conosco, para que não morramos”. Moisés disse ao povo: “Não tenham medo! Deus veio prová-los, para que o temor de Deus esteja em vocês e os livre de pecar”. Êx 20:18-20

O povo hebreu não estava preparado para ver e ouvir a Deus. Tudo o que conseguiam discernir eram sons de vozes, trovões, relâmpagos e trombetas. Faltou a interpretação destes sons, que não fazia sentido para um povo dominado pela carne. Pensamos pequeno, ouvimos pouco e o nosso tato, assim como os demais sentidos do corpo são limitados.

Por este motivo o nosso espírito, que antes estava morto, foi renascido (Jó 3.16). Na realidade o homem natural não foi capacitado a discernir, corretamente o mundo espiritual. O que vem do alto, pode lhe parecer loucura. No entanto, cabe fazer, aos renascidos, uma advertência muito necessária: Não presuma que você é capaz de entender tudo o que vem de Deus, pois se esta capacidade fosse facilmente alcançada ninguém cometeria erros doutrinários.

A Bíblia ensina que sem santificação ninguém verá a Deus. Tem muita gente impermeável, ou seja, que entra na água e não se molha. Tem o Espírito Santo dentro de si, mas mergulhou com escafandro, quando deveria ter jogado a velha roupa do velho homem fora. Paulo sabia disso tudo e nos avisou, de que deveríamos nos despojar desta roupa maldita, condenada na Cruz e que nos mantém temerosos e nos leva a conservar uma certa distância de Deus.

Não são os títulos e as vestes sacerdotais que nos darão acesso ao Senhor, mas a nossa santidade pessoal. Jesus disse que onde estiverem dois ou três reunidos em seu nome, ali ele estaria, mas não disse que onde ele estivesse nós estaríamos também.

Da próxima vez que comparecer à um culto À Deus, não esqueça de você em algum outro lugar, em fantasias sexuais ou em momentos mais eletrizantes. Venha com seu corpo, alma e espirito.

Há uma possibilidade de entender que o chamado temor do Senhor se refira a algo que procede do Senhor e não da nossa alma. Isto comprovaria a tese de que o temor é um sentimento que induz ao aconchego e não ao afastamento. Vários especialistas em genética estão dizendo que o homem foi programado para crer, e que o ateísmo é uma tendência antinatural.

Moisés disse ao povo: “Não tenham medo! Deus veio prová-los, para que o temor de Deus esteja em vocês e os livre de pecar”.

Em outras palavras: Não tenha o tipo de medo que os afasta de Deus, mas aquele temor que os faz desconfiar, que o único lugar seguro neste mundo é Deus, justamente aquele de quem você se afastou.

Ubirajara Crespo

Por Litrazini

Graça e Paz