sexta-feira, 24 de março de 2017

COMO PREENCHER O VAZIO EXISTENCIAL?

Nossa alma anela e anseia por Deus, é somente o Espirito Santo que preenche o vazio do ser humano!

Jesus disse: “Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me. Porque, qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas qualquer que, por amor de mim, perder a sua vida, a salvará. Porque, que aproveita ao homem granjear o mundo todo, perdendo-se ou prejudicando-se a si mesmo?" Lucas 9:23-25

Salomão, que teve milhares de mulheres, súditos e foi um dos homens mais ricos que já pisou na face da terra, nos traz uma valiosa reflexão a acerca da vida: "Vaidade, vaidade, tudo é vaidade... É como correr atrás do vento!”.

“É lícito gozar os bens que Deus nos deu, mas estes não podem satisfazer a alma”, diz a introdução do capítulo 6 do livro de Eclesiastes.

Deus nos criou e deu o privilégio de nos relacionarmos com Ele, no entanto, a sociedade hedonista tenta a qualquer custo colocar o homem no centro de tudo. Mas a verdade é que temos que estar no centro da vontade de Deus! Negar a nós mesmos e seguirmos a Ele não quer dizer que faremos voto de pobreza ou se esconder numa caverna. É na verdade, depender Dele, ter fé e confiar que Ele cuidará de todas as áreas de nossas vidas.

A busca incessante pelos bens materiais e por acumular riquezas, fama e fortuna é fruto de uma sociedade cada vez mais individualista, vazia e sem Deus. Pesquisas relevam que quanto maior o IDH - Índice de Desenvolvimento Humano de um país, maior a taxa de suicídio. Em países como o Brasil, vemos uma tolerância maior com relação às adversidades da vida. Porém mesmo assim, temos a enganosa ideia de que se um dia tivermos muito dinheiro seremos muito felizes.

A busca por dinheiro, sexo, drogas, relacionamentos, amigos, "clubinhos sociais" é muitas vezes uma maneira de anestesiar a dor e o sofrimento pela falta da presença de Deus e o relacionamento íntimo com Ele.

A palavra “religião” quer dizer "religar" é na verdade uma forma de religar o homem à Deus, porém, precisamos abandonar a "religiosidade" para ter um verdadeiro encontro com o nosso Criador.

Fernana Thomaz

Por Litrazini
Graça e Paz