sábado, 10 de junho de 2017

POR QUE DIZEMOS AMÉM

Pois quantas forem as promessas feitas por Deus, tantas têm em Cristo o “sim”. Por isso, por meio dele, o “Amém” é pronunciado por nós para a glória de Deus. (2 Coríntios 1.20) 

A peque na palavra amém indica uma afirmação forte e significa “que seja assim”. Ela expressa a fé que devemos ter quando oramos.

Cristo disse: “E tudo o que pedirem em oração, se crerem, vocês receberão” (Mt 21.22).

Ele também disse: “Tudo o que vocês pedirem em oração, creiam que já o receberam, e assim lhes sucederá” (Mc 11.24).

A mulher samaritana recebeu o que havia pedido porque não parou de pedir e creu firmemente.

Em resposta, o Senhor disse a ela: “Mulher, grande é a sua fé! Seja conforme você deseja. E naquele mesmo instante a sua filha foi curada” (Mt 15.28).

Tiago também disse: “Peça-a, porém, com fé, sem duvidar, pois aquele que duvida é semelhante à onda do mar, levada e agitada pelo vento” (Tg 1.6).

Assim como o autor de Eclesiastes disse: “O fim das coisas é melhor que o seu início” (Ec 7.8).

Pois no final das suas orações, você diz: “amém”, com confiança sincera e fé.

Quando você diz: “amém”, a oração é selada e certamente será ouvida.

Sem esse final, nem o princípio nem o meio da oração terão benefício algum.

Retirado de Somente a Fé – Um Ano com Lutero. Editora Ultimato.

Por Litrazini

Graça e Paz