segunda-feira, 10 de julho de 2017

JESUS, A FIGURA HISTÓRICA

Eu mesmo investiguei tudo cuidadosamente, desde o começo, e decidi escrever-te um relato ordenado. [Lucas 1.3]

Lucas escreveu uma obra de dois volumes sobre as origens do cristianismo, a saber, seu Evangelho e Atos.

E em seu prefácio, que cobre ambos os livros, ele enfatiza a confiabilidade daquilo que está escrevendo, pois deixa absolutamente claro que Jesus não foi nenhum mito, mas uma figura histórica.

Assim, ele dá início ao seu relato firmando-o em cinco estágios racionais (v. 1-4).

Primeiro, certos “fatos que se cumpriram entre nós” (v. 1). Esses foram os eventos do ministério de Jesus.

Segundo, esses eventos foram vistos e “transmitidos” por testemunhas oculares que contaram a outros aquilo que tinham visto (v. 2).

Terceiro, Lucas, que foi um desses outros, investigou “tudo cuidadosamente, desde o começo” (v. 3).

Quarto, Lucas registrou o resultado de sua pesquisa, escrevendo um “relato ordenado” disso (v. 3).

Quinto, haveria leitores, inclusive Teófilo, seu distinto patrocinador, que encontrariam no Evangelho de Lucas sólidos fundamentos para a própria fé.

Mas quando Lucas fez suas investigações? Ele não foi um dos doze apóstolos nem uma testemunha ocular.

Mais tarde, no entanto, ele morou por dois anos na Palestina, enquanto Paulo estava preso em Cesareia (At 24.27).

Como ele teria ocupado seu tempo? Podemos apenas supor. Por certo viajou por todo o país reunindo material para seu Evangelho e para o livro de Atos, história inicialmente baseada em Jerusalém.

Deve ter visitado locais associados ao ministério de Jesus, familiarizando-se (como um gentio que era) com a cultura judaica e entrevistando testemunhas oculares. Entre essas pessoas, devia estar Maria, a mãe de Jesus, agora uma senhora idosa, pois Lucas conta a história dela e narra com familiaridade os detalhes que cercaram o nascimento de Jesus, os quais só podem ter sido dados por Maria.

Tudo isso fundamenta a nossa confiança na credibilidade histórica dos escritos de Lucas.

Tendo, pois, muitos empreendido pôr em ordem a narração dos fatos que entre nós se cumpriram, Segundo nos transmitiram os mesmos que os presenciaram desde oprincípio, e foram ministros da palavra, pareceu-me também a mim conveniente descrevê-los a ti, ó excelente Teófilo, por sua ordem, havendo-me já informado minuciosamente de tudo desde o princípio;pPara que conheças a certeza das coisas de que já estás informado. Lucas 1.1-4

Retirado de A Biblia toda, o Ano Todo [John Stott]. Editora Ultimato.

Por Litrazini

Graça e Paz