quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

A PRESENÇA DE DEUS E A IGREJA HOJE

“...Segundo o que está escrito no livro das palavras do profeta Isaías, que diz: Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor; Endireitai as suas veredas. Todo o vale se encherá, E se abaixará todo o monte e outeiro; E o que é tortuoso se endireitará, E os caminhos escabrosos se aplanarão; E toda a carne verá a salvação de Deus...”  (Lc. 3.1-14)


- Deus nos salvou e nos chamou para desenvolvermos um íntimo relacionamento de amor com Ele, para andarmos com Ele em comunhão constante.
- Manter a chama acesa do primeiro amor por Jesus é o nosso grande desafio diário como discípulos.

NOSSO MAIOR PROBLEMA: PERDERMOS A PRESENÇA DE DEUS.
Estar longe de Jesus sem perceber a distância é a maior tragédia do cristianismo atual. O que nos faz perder a presença de Deus é a frieza, a desobediência, o pecado, o orgulho espiritual, a rebeldia, a prática religiosa sem a direção do Espírito Santo, a indiferença, a falta de oração. Quando alguém perde a presença de Deus, torna-se apenas um religioso morto espiritualmente...

NOSSO MAIOR DESAFIO: ATRAIRMOS A PRESENÇA MANIFESTA DE DEUS.
Nosso coração quebrantado, nossa fome, nossa paixão por Jesus, nossa sede, nossa humildade, nossa adoração em Espírito e em verdade é o que atrai a presença manifesta de Deus (Isaías 64.1-3). Davi estabeleceu os turnos de adoração de 24 horas, durante 33 anos a adoração não parou nem de dia e nem de noite em Jerusalém, cerca de 24 mil levitas cumpriam as escalas de acordo com os seus turnos, assim a adoração não parava.

É essa adoração que Deus deseja restaurar através da igreja (Atos 15.16-18). A adoração em unidade atrai a presença manifesta de Deus (Atos 4.31). Moisés clamou: “Se a tua presença não vai comigo, não nos faça subir deste lugar” (Êxodo 33.15).

NOSSA MAIOR NECESSIDADE: DESENVOLVERMOS INTIMIDADE COM DEUS.
Precisamos buscar ao Senhor de todo nosso coração, de toda nossa alma, com todo nosso entendimento e com todas as nossas forças, com nossa consciência, nossa vontade, nossa mente, nosso coração, nossa memória, nossas emoções (Mc 12.30; Jr 29.11-13).

É preciso ter paixão ardente pela presença de Deus. Essa deve ser a maior paixão de nossa vida. Precisamos andar com Deus em profunda comunhão e intimidade com Ele, e isso só é possível pelo Espírito Santo. “A intimidade com Deus produz santidade, santidade produz autoridade, autoridade nos leva a conquista”.

Buscar a presença manifesta de Deus apaixonadamente, essa é a base para continuarmos bem e terminarmos aprovados em Cristo. É através da presença manifesta de Jesus no meio da igreja, que milagres acontecem, pessoas são salvas, restauradas, libertas, curadas e os dons do Espírito Santo são manifestados.

Transcrito Por Litrazini

Graça e Paz