sábado, 24 de fevereiro de 2018

EM MEIO À MISÉRIA NA ÁFRICA, PASTOR CLAMA A DEUS E VÊ MULTIPLICAÇÃO MILAGROSA DE COMIDA

Uma congregação localizada em uma região da África marcada pela fome e miséria experimentou o milagre da multiplicação dos alimentos, durante uma fase onde a maioria dos habitantes não tinha estoque em suas casas.

A igreja do pastor Abu (nome fictício por razões de segurança) costumava receber cristãos e até pessoas de outras religiões que não estavam interessadas em ouvir a mensagem do Evangelho, mas sim em se alimentar da comida que era oferecida no fim dos cultos.

O pastor geralmente usava o sustento de sua própria casa para comprar os alimentos para cerca de 300 pessoas, que apareciam todos os domingos no galpão onde acontecem as reuniões.

No entanto, a miséria e a fome passaram a se intensificar na região e a igreja não teve mais suprimentos para alimentar aquela multidão. Quando souberam disso, as pessoas começaram a murmurar entre si e contra Abu. Neste dia, o pastor se deparou com um homem que estava deitado no chão, com o corpo abatido e sem forças.

Este era Hydrus, que foi criado em uma família muçulmana e também estava ali por causa da comida que era oferecida. Enquanto estava no chão, o pastor se sentou ao lado dele para conversar e soube que Hydrus não tinha comido desde o último culto da igreja.

Abu levou Hydrus para sua casa e serviu sua própria refeição para ele. Sua esposa, percebendo que isso não seria suficiente, também lhe deu a parte dela. A família então deixou o muçulmano descansar no galpão da igreja, onde ele adormeceu profundamente. Enquanto dormia, ele teve um sonho que mudou sua vida.

“Eu sou o pão da vida”, ele ouviu Jesus dizer. “Eu sou o pão da vida. Aquele que vem a mim nunca terá fome; aquele que crê em mim nunca terá sede. Creia em mim como seu Senhor e salvador”. Quando Hydrus acordou, ele notou uma Bíblia na mesa e abriu no capítulo 6 do Evangelho de João, que, para sua surpresa, dizia as mesmas palavras de seu sonho.

Hydrus procurou o pastor Abu e ouviu algumas explicações, recebeu uma oração e se entregou a Jesus Cristo. Dentro de uma semana, o ex-muçulmano aprendeu muitas coisas a respeito da palavra de Deus e decidiu compartilhar seu testemunho no próximo domingo.

Apenas metade daqueles que estiveram na semana anterior estavam presentes do culto, pois o restante das pessoas sabiam que não haveria mais comida. Muitos daqueles que ouviram o testemunho de Hydrus também se entregaram a Cristo naquele dia.

MILAGRE DA MULTIPLICAÇÃO
Em mais uma reunião, o pastor não tinha comida para oferecer aos frequentadores. Com corações tristes, ele orou fervorosamente durante o culto para que Deus os sustentasse naquele dia.

Em oração, a esposa do pastor encheu uma panela com água e a colocou em seu fogão à lenha. Ela pediu a Hydrus para acrescentar um pacote com cerca de 100 gramas de farinha de trigo, que era tudo o que tinham.

Quando o culto terminou, eles ficaram maravilhados ao verem na panela uma comida muito mais saborosa do que o simples trigo cozido. Uma quantidade tão pequena só poderia servir a família do pastor, além de Hydrus. Porém, Abu e sua esposa decidiram compartilhar a refeição com todos.

Quando o pastor começou a repartir, ele notou que tudo o que era tirado da panela estava sendo imediatamente reabastecido. Abu agradeceu a Deus em alta voz e continuou servindo a todos, até que ficassem satisfeitos. Toda a igreja se reuniu mais uma vez para louvar a Deus, por seu cuidado e provisão.  

A partir de então, mais pessoas começaram a frequentar os cultos e, de fato, ouvir a Palavra de Deus. Atualmente, cerca de 600 pessoas atendem os serviços de adoração. Segundo o ministério Bíblias Para o Oriente Médio, líderes muçulmanos locais estão irritados com o crescimento da igreja, mas decidiram ficar calados até agora por causa da comida que está sendo fornecida aos famintos.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE BIBLES FOR MIDEAST

Por Litrazini

Graça e Paz