sexta-feira, 4 de maio de 2018

CARACTERÍSTICAS QUE O SENHOR JESUS DÁ AOS QUE LHE PERTENCEM


O VERDADEIRO CRISTÃO CONHECE TANTO DEUS O PAI QUANTO O FILHO JESUS CRISTO
E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste. João 17:3

Este conhecimento é fruto da salvação. Cada cridtão tem sido trazido a um relacionamento vivo com Deus e uma das evidências desta verdade é sua quase que intuitiva compreensão das doutrinas básicas da fé cristã. Todavia o conhecimento mencionado aqui diz respeito a um conhecimento que é pessoal - experimental - e plenamente satisfatório. Somente quando crescemos nesta íntima relação com Deus e Jesus é que todos os outros aspectos da vida cristã tornam-se possíveis.

O CRISTÃO VERDADEIRO GUARDA A PALAVRA DE DEUS
Manifestei o teu nome aos homens que me deste do mundo. Eram teus, tu mos confiaste, e eles têm guardado a tua palavra. João 17:6

Esta característica é tão forte que geralmente é utilizada como evidência se a pessoa é ou não um cristão de verdade. "Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus (Mateus 7:21)". "Ora, sabemos que o temos conhecido por isto: se guardamos os seus mandamentos (1 João 3:2)". Estas palavras não implicam em nenhum momento uma vida sem pecado ou perfeita. O que estes versículos ensinam, é que o verdadeiro cristão estará interessado e comprometido em fazer a vontade de Deus e que a característica fundamental da sua vida será a de ser obediente a Deus.

O VERDADEIRO CRISTÃO ENTENDE O RELACIONAMENTO QUE EXISTE ENTRE O PAI E O FILHO
Agora, eles reconhecem que todas as coisas que me tens dado provêm de ti. João 17:7
Porque eu lhes tenho transmitido as palavras que me deste, e eles as receberam, e verdadeiramente conheceram que saí de ti, e creram que tu me enviaste. João 17:8
Pai justo, o mundo não te conheceu; eu, porém, te conheci, e também estes compreenderam que tu me enviaste. João 17:25

Esta terceira característica é muito importante. Ele nos ensina que o verdadeiro cristão reconhece o lugar do Senhor Jesus nos planos do Pai e que o Senhor Jesus é o representante do Pai. O centurião romano que pediu para o Senhor Jesus curar seu servo entendia esta verdade e recebeu do Senhor o seguinte elogio: "Ouvindo isto, admirou-se Jesus e disse aos que o seguiam: Em verdade vos afirmo que nem mesmo em Israel achei fé como esta. Mateus 8:10".

Também foi esta verdade que Pedro reconheceu ao confessar: "Respondendo Simão Pedro, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. Mateus 16:16". Nossa disposição deve ser a mesma. Precisamos nos unir aos primeiros crentes no Senhor - ver João 16:27 e 30 - e entendermos que em Jesus nós temos a PLENITUDE da revelação e da provisão de Deus (ver João 1:16-18). "Porque quantas são as promessas de Deus, tantas têm nele o sim; porquanto também por ele é o amém para glória de Deus, por nosso intermédio. 2 Coríntios 1:20".

O VERDADEIRO CRISTÃO PRODUZ OU TRAZ GLÓRIA AO SENHOR JESUS.
Ora, todas as minhas coisas são tuas, e as tuas coisas são minhas; e, neles, eu sou glorificado. João 17:10

Porque o cristão é nascido de novo (João 3:3 e 5), mediante a graça provinda do Senhor Jesus (Efésios 2:8-10), o selo de Deus esta sobre ele. Quando ele anda em comunhão com o Senhor, reflete as prioridades, os alvos, o amor, a verdade e a santidade do próprio Senhor Jesus. À medida que procuramos fazer todas as coisas para a glória de Deus no nosso dia a dia, deve ficar bem claro, que este progresso será fruto da transformação interior que é fruto da salvação. Aqui devemos meditar nas palavras de Jesus quando disse: "Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus. Mateus 5:16".

O VERDADEIRO CRISTÃO NÃO FAZ PARTE DO SISTEMA QUE CONTROLA ESTE MUNDO
1. NÓS FOMOS DADOS AO SENHOR JESUS COMO QUE "PARA FORA" DESTE MUNDO - NOSSO PASSADO.
"Manifestei o teu nome aos homens que me deste do mundo. Eram teus, tu mos confiaste, e eles têm guardado a tua palavra. João 17:6".

Somente quando entendemos o significado da expressão "do mundo", nós podemos entender a profundidade a que se refere este versículo. Nós, como todos os outros seres humanos, estávamos completamente escravizados e sujeitos a um estilo de vida egoísta, a um reino sujeito a Satanás e sob o julgamento de Deus - ver Efésios 2:1-3; 1 João 2:16-17; 2 Coríntios 4:18 e Hebreus 11:27. O cristão tem sido libertado de todas estas coisas. Todos os relacionamentos que existiam foram quebrados. É a própria cruz de Jesus que está entre nós e a escravidão, o julgamento e a morte - ver Gálatas 6:14.

2. NÓS SOMOS GUARDADOS ENQUANTO HABITAMOS ESTE MUNDO - NOSSA SEGURANÇA.
"Já não estou no mundo, mas eles continuam no mundo, ao passo que eu vou para junto de ti. Pai santo, guarda-os em teu nome, que me deste, para que eles sejam um, assim como nós. João 17:11".

"Não peço que os tires do mundo, e sim que os guardes do mal. João 17:15".
Apesar de estarmos vivendo neste mundo não somos mais parte do esquema perverso que o controla. Enquanto vivemos aqui, nosso Pai celestial está nos guardando pelo seu poder - 1 Pedro 1:5. O verdadeiro cristão pode passar por provações tremendas mas ele nunca se perderá! Nós podemos nos sentir fracos e desprotegidos, mas a oração de Jesus deixa claro que Deus tem prometido seu poder e segurança para nós.

3. NÓS NÃO PERTENCEMOS AO SISTEMA QUE DOMINA O MUNDO - NOSSO CARÁTER.
"Eu lhes tenho dado a tua palavra, e o mundo os odiou, porque eles não são do mundo, como também eu não sou. João 17:14".
"Eles não são do mundo, como também eu não sou. João 17:16".
Uma vez nós pertencíamos ao reino Satânico deste mundo, mas isto não é mais verdade. O poder da crucificação (morte) e da ressurreição (vida), foram introduzidos em nossas vidas e nós fomos transformados - Colossenses 1:13 e 1 Pedro 2:9. Nós somos novas criaturas em Jesus Cristo - 2 Coríntios 5:17. Através do novo nascimento, uma transformação radical ocorreu em nós por meio da graça de Deus. Neste exato momento nós estamos assentados nas regiões celestiais - Efésios 2:5 - 6.

4. NÓS FOMOS ENVIADOS PARA O MUNDO - NOSSA RESPONSABILIDADE.
"Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo. João 17:18".
Este versículo define tanto nosso ministério e os recursos disponíveis, bem como nosso privilégio e obrigação. Nós devemos ser testemunhas de Jesus para todas as pessoas do mundo. Nossas vidas devem ter propósito pela missão que o Senhor nos deu. Nossa vida deve testemunhar nossa fé e nossas palavras devem explicar nosso modo de vida. Assim, o evangelho e a vida cristã serão entendidos de maneira clara - 1 Pedro 3:15.

Muitas destas descrições e características precisam ter uma definição melhor na nossa vida diária, manifestas através da nossa fé e obediência à palavra de Deus. Nós precisamos escolher viver a realidade do que significa ser cristão.

Alexandros Meimaridis

Por Litrazini
Graça e Paz