terça-feira, 1 de maio de 2018

O RELACIONAMENTO DOS CRISTÂOS COM O SENHOR JESUS.


O CRISTÃO FOI DADO AO SENHOR JESUS PELO PAI
Manifestei o teu nome aos homens que me deste do mundo. Eram teus, tu mos confiaste, e eles têm guardado a tua palavra - ver João 17:6. Ver também João 17:9 - 12.

Nós já vimos a grande verdade de que os cristãos são escolhidos pelo Pai. Aqui nós temos a afirmação que eles são entregues pelo Pai ao Senhor Jesus como um presente. Assim o círculo se fecha: foram escolhidos desde o princípio para a salvação - ver 2 Tessalonicenses 2:13; foram também dados por Deus Pai ao Filho Jesus como recompensa pelos Seus sofrimentos - ver Isaías 53:11; e são, individualmente e pessoalmente atraídos a Jesus, o salvador - ver João 6:44. Estes versículos enfatizam uma verdade primordial: nós pertencemos a Deus!

O que fica claro é que não passamos a pertencer a Deus quando cremos n'Ele. Já pertencíamos a Deus desde a eternidade, antes da fundação do mundo, e mais que Jesus viu a cada um de nós quando estava na cruz lá no Calvário, e que ele ficou satisfeito com o que viu.

O CRISTÃO CONHECE O SENHOR JESUS.
E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste - João 17:3.

Ao morrer em nosso lugar e tornar a salvação possível, o Senhor Jesus abriu a cada um de nós a possibilidade de andarmos em comunhão com ele. Com isto estamos querendo dizer que podemos experimentar a mais íntima, pessoal e profunda relação com Ele. Esta honra que recebemos graciosamente e a potencialidade que está associada à mesma deve causar profunda impressão em nós. O apóstolo Paulo exemplifica bem o que deve ser o desejo de todos nós em Filipenses 3:10.

O CRISTÃO É OBJETO DA ORAÇÃO DO SENHOR JESUS.
É por eles que eu rogo; não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus - João 17:9.

Sem dúvida podemos dizer que todo este capítulo 17 de João é um testemunho desta grande verdade: de que o Senhor Jesus intercede em oração pelo cristão. Não apenas neste momento, mas de maneira permanente e constante como nosso Sumo Sacerdote diante de Deus conforme lemos em Hebreus 7:25: "Por isso, também pode salvar totalmente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles". Acerca do que Jesus ora a nosso favor nos é sugerido nos versículos deste capítulo. Cada cristão pode fechar seus olhos e contemplar esta grande verdade: O Senhor Jesus está agora mesmo orando por mim! De fato, é grande o conforto que podemos tirar destas palavras.

O CRISTÃO TRAZ GLÓRIA AO NOME DE JESUS.
Ora, todas as minhas coisas são tuas, e as tuas coisas são minhas; e, neles, eu sou glorificado. João 17:10.

Cada cristão constitui uma parte do fruto do trabalho do Salvador. Cada um de nós é parte da colheita da semente profetizada em João 12:24. A graça de Deus é manifestada em nosso arrependimento, confissão, fé, amor e em cada aspecto da nossa santificação e serviço. Todas estas coisas refletem a pessoa e a obra do Senhor Jesus e produzem a glória do Seu nome.

Trazer glória ao nome de Jesus deve servir como um incentivo para nós no dia a dia. Todas as vezes que decidimos viver de acordo com a verdade, o amor e a santidade - como definidos na bíblia - o Senhor Jesus recebe o louvor, a honra e a glória. Nós precisamos nos conscientizar do valor que nossas vidas diárias têm como testemunhas do Salvador. 1 Coríntios 10:31 diz: Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus.

O CRISTÃO É HABITADO PELO SENHOR JESUS.
Eu neles, e tu em mim, a fim de que sejam aperfeiçoados na unidade, para que o mundo conheça que tu me enviaste e os amaste, como também amaste a mim. João 17:23.

Ser habitado pelo próprio Senhor é um dos maiores benefícios da salvação. Pare e pense por um momento no grande fato de que você é o templo do Deus vivo! Quando nos damos conta desta realidade podemos entender o grande potencial que está dentro de nós no que diz respeito ao amor, à verdade, à santidade, à sabedoria e à força.

À medida que aprendemos a obedecer a Sua Palavra e a viver para a glória de Deus pela fé, nós iremos experimentar, em medidas cada vez maiores, a ação de Deus em todos os nossos atos. Seu amor se manifestará através da nossa compaixão, Sua sabedoria será evidente em nossas escolhas, e Sua santidade estará presente em nossa decisão de resistir às tentações.

Jesus habita em nós para trabalhar conosco à medida que cooperamos com Ele através da prática diária dos ensinamentos bíblicos.

Alexandros Meimaridis

Por Litrazini
Graça e Paz