terça-feira, 5 de junho de 2018

DEUS MISSIONÁRIO


“...Que ele fez abundar para conosco em toda a sabedoria e prudência; Descobrindo-nos o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito, que propusera em si mesmo, De tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra; (Efésios 1.8-10) 

Deus é Deus que faz missões e Ele é nosso modelo de missões. Não podemos entender a tarefa missionária da Igreja se não entendermos que Deus é Deus missionário.

NOSSO DEUS É DEUS QUE ENVIA
A palavra “missão” vem do verbo enviar ou mandar. Uma pessoa enviada tem função ou poder que lhe foi conferido por alguém para fazer algo. Portanto, só fazemos missão quando somos enviados ou mandados por Deus.

Deus, o Pai, enviou muitos homens no tempo de Israel com o fim de salvar o povo do caminho errado. Um exemplo de pessoa preparada por Deus para um momento muito especial é José (Sl 105:12-17). Depois dele, Moisés e outros foram enviados.

Após tantos envios de missionários a Israel, sem muito resultado positivo, Deus enviou seu próprio Filho, Jesus. O texto de Jo. 3:16-17 é muito claro em dizer que Deus enviou seu filho porque amou o povo em pecado.

Depois, na Igreja Primitiva, muitos outros foram enviados, como Paulo e Barnabé (Atos 13). E Deus continua chamando e enviando pessoas ainda hoje (Rm 10:14-15).

NOSSO DEUS É DEUS MISSIONÁRIO.
É Deus que tem compaixão do pecador. Ele sofre por causa da “ovelha perdida” que ainda não retornou ao lar. Para que cada crente seja um missionário precisa ter compaixão dos perdidos.

Deus quer que todos se salvem (1 Tm 2:1-4). O amor de Deus não tem limites. Deus não faz acepção de pessoas (Rm 2:11). O ser humano é alvo do amor de Deus.

Deus comissionou sua igreja para fazer sua obra missionária (Mt 28:19-20)

NOSSO DEUS AINDA TEM UM PROJETO MISSIONÁRIO.
O projeto missionário existe no coração de Deus antes mesmo da fundação do mundo (Ef 1:3-5).

O projeto missionário de Deus foi centralizado na pessoa de Cristo (2 Co 5:19) em quem tudo converge (Ef 1:11).

A Igreja, hoje, continua fazendo o trabalho de Cristo na salvação do ser humano. No texto de 2 Co. 5:18-20 Paulo diz que nós recebemos o ministério da reconciliação.

Sempre é Deus quem toma o primeiro passo em qualquer atividade cristã, pois Ele é o dono de todas as circunstancias. Foi Ele quem colocou seu povo na história do mundo.

Todo instrumento usado em missões primeiro tem que ser usado por Deus. Deus não usa instrumentos que Ele não santificou.

Toda ação missionária da Igreja local só terá resultados a partir do entendimento de que Deus é Deus missionário. 

Transcrito Por Litrazini
Graça e Paz