quinta-feira, 9 de agosto de 2018

DEVEMOS TAMBÉM BENDIZER A DEUS


"Bendize, ó minha alma, ao Senhor; tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome. Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum dos seus benefícios. É ele quem perdoa todas as tuas iniquidades, e sara todas as tuas enfermidades, quem redime a tua vida da perdição, e te coroa de amor e de compaixão; quem enche a tua boca de bens, de sorte que a tua mocidade se renova como a da águia". Salmo 103:1-5

Algumas pessoas, acham divertido que os cristãos bendigam a Deus. Tais pessoas consideram Deus uma Pessoa já abençoada, por isso, por que os cristãos precisam bendizer a Deus?

Mas a Bíblia nos manda com clareza que bendigamos ao nosso Deus porque essa é a vontade de Deus. Mediante nossa ação de bendizer a Deus, o Senhor nos revela sua vontade e seu poder de modo mais vivido.

Por isso, em vez de seguir nosso próprio raciocínio, devemos obedecer aos ensinos da Palavra de Deus.

Davi bendizia a Deus e nós sabemos que, como resultado, Davi foi grandemente abençoado por Deus.

Vamos começar a bendizer a nosso Pai celeste e a seu Filho Jesus Cristo, e a presença do Espírito Santo. Podemos dizer com facilidade: "Bendito seja o nosso Pai celestial. Bendito seja Jesus Cristo. Bendito seja o Santo Espírito", e quando o fazemos, Deus abre as portas das bênçãos sobre nossa vida.

Recebemos uma bênção tríplice quando bendizemos a Deus. A primeira dessas bênçãos é o perdão de nossos pecados.

Muitas pessoas têm freqüentado a igreja durante um longo tempo, e até agora não experimentaram o genuíno perdão de seus pecados, porque a maravilhosa verdade da graça redentora de nosso Senhor Jesus Cristo ainda não lhes foi revelada. Todavia, à medida que tais pessoas se põem a bendizer o amor de Jesus Cristo e sua graça redentora, o poder do Espírito Santo revela a verdade e o sentido real da cruz de Cristo a seus corações, pelo que depois disso podem compreender e experimentar o perdão genuíno de seus pecados.

Por isso, comece a louvar e a bendizer a graça redentora de nosso Senhor Jesus Cristo.

Bendiga seu nome maravilhoso e Ele curará você
Com freqüência as pessoas doentes se queixam e murmuram a respeito de suas dores, e da incapacidade de usar seus corpos de maneira sadia. Manda-nos a Bíblia que, em vez de lamuriar-nos, louvemos aquele que nos cura, Jesus Cristo.

Comece a bendizer o poder de cura de Cristo. Deus promete tocar-nos com seu poder curador. Bendiga o nome de Jesus.. Quando você se puser a bendizer e louvar o Deus que nos cura, e o poder de cura de Jesus Cristo, você verá maiores manifestações de curas entre os cristãos.

Bendiga ao Senhor e ele o tornará próspero em todos os sentidos. Devemos bendizer a Deus pelos inúmeros dons concedidos em nossa vida.

O salmista nos convida a bendizer a Deus: [é Deus] quem redime a tua vida da perdição, e te coroa de amor e de compaixão " (Sl 103:4).

Com muita freqüência as pessoas negligenciam a oportunida­de de bendizer e louvar a Deus em suas vidas diárias e, conseqüente­mente, deixam de experimentar a bondade e misericórdia de Deus. Não fique a se queixar, não se torne negativo, nem fale de modo negativo, e jamais lance uma maldição ou praga contra alguém, ou coisa, mas antes comece a bendizer a Deus e a agradecê-Lo por toda a misericórdia que Ele lhe tem demonstrado.

Bendiga continuamen­te o nome de Deus, e invoque bênçãos sobre as circunstâncias de sua vida. Então você começará a usufruir a misericórdia e o amor terno de Deus, e seu poder tornará você próspero em todos os sentidos.

Não é difícil pronunciar palavras de bênçãos aos outros, mas deve haver sinceridade e verdade em suas palavras. E assim que você coloca suas circunstâncias, toda a sua situação, sob o poder miraculoso de Deus.

Não se mostre negativo, amargo, seja qual for a situação. Seja sempre positivo, otimista; Derrame bênçãos e espere que a bondade se manifeste em quaisquer situações. É certo que Deus transformará em realidade as promessas, usando você como instrumento.

A maior parte das pessoas perdeu a arte de invocar bênçãos.
Bendizer a Deus, bendizer as circunstâncias, bendizer os outros... todas essas bênçãos no fim voltarão a você — multiplicadas e transbor­dando.

Em vez de reclamar, amaldiçoar e xingar, vamos determinar a nós mesmos que iremos agradecer a Deus e impetrar bênçãos contí­nuamente, de tal sorte que nos tornaremos herdeiros das promessas de Deus, por toda nossa vida, não apenas para alguns indivíduos, mas também para nossa família, nossos vizinhos e para todas as nossas circunstâncias.

Transcrito Por Litrazini
Graça e Paz