segunda-feira, 30 de março de 2015

O OTIMISMO NOS RELACIONAMENTOS

Aprendemos no dia a dia, com nossos relacionamentos, que nem todas as pessoas são bem-intencionadas em suas ideias e comportamentos. Algumas vivem tentando levar vantagem sobre os outros e em certas situações. Já lidei com indivíduos desse tipo e, com certeza, você também.

Não temos como desvendar totalmente o interior do ser humano. Em Jeremias 17.9 lemos que enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá? Somente Deus nos conhece por completo e sonda nossas intenções.

E graças ao Seu amor e perdão Ele está sempre nos orientando a sermos melhores a cada dia. Deus nos deixou várias mensagens de otimismo em Sua Palavra.

Mesmo se nos decepcionarmos, não devemos deixar de investir e acreditar no ser humano. Quando desconfiamos o tempo todo das pessoas, tendemos a comportar-nos de maneira errada com elas e a fazer julgamentos precipitados, prejudicando nossos relacionamentos. Temos de ser otimistas e esperar o melhor dos outros, pois essa atitude revela maturidade.

Jesus nos deixou um belo exemplo de conduta registrado na história da mulher adúltera. Ele desafiou as pessoas a atirarem nela a primeira pedra caso não tivessem pecado. Os mais velhos do grupo foram os primeiros a largar as pedras e ir embora. Por quê? A maturidade lhes dera o entendimento de que também eram pecadores.

A Bíblia nos incentiva a sempre desenvolvermos a empatia com nosso próximo: Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós, porque esta é a lei e os profetas (Mt 7.12). Precisamos conscientizar-nos de que todos nós temos limitações e falibilidades, características inerentes ao ser humano após a Queda. Como somos perdoados diariamente por Deus, precisamos aprender a adquirir o saudável hábito do perdão em nossos relacionamentos.

Seja otimista e aprenda a perdoar. As pessoas negativas não conseguem agir assim, pois não se sentem perdoadas e carregam mágoas e ressentimentos de relacionamentos mal resolvidos. Portanto, não conseguem ver nem extrair o melhor das pessoas. Estão sempre criticando e julgando com base no que elas mesmas têm de pior.

Se você é otimista e deseja manter e desenvolver relacionamentos saudáveis, o perdão deverá fazer parte do seu cotidiano. Temos de aprender a perdoar e a pedir perdão diariamente. Martin Luther King Jr. tinha razão quando afirmou que “o perdão não é um ato ocasional, é uma atitude permanente”.

Lembre-se de que seremos julgados de acordo com os mesmos critérios pelos quais julgamos os outros. Se nos concentrarmos nos aspectos positivos do comportamento das pessoas, será mais provável que elas façam o mesmo conosco.

Dra Elizete Malafaia

Por Litrazini
http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz