quarta-feira, 20 de julho de 2011

As Dez Marcas da Liderança Madura e Altamente Eficaz


Amadurecer Não é fácil. Assim como o crescimento do corpo humano até atingir a idade madura é um processo, o amadurecimento na liderança também é complexo e progressivo.

O tempo por si só não amadurece ninguém, o Salmista sabia disso e por isso deixou claro  no Salmo 119.100 que idade nem sempre é sinônimo de maturidade. Por isso um líder em processo de amadurecimento, no qual também me incluo, deve ter ouvidos  atentos para ouvir e examinar o que lhe vem as mãos.

Espero que essas marcas e sinais que listo abaixo, que reuni após pesquisa, possam ajudar no seu processo de amadurecimento na liderança.

Você não precisa aprender errando, você pode aprender ouvindo. Procure cultivar essas marcas na sua liderança, a história agradecerá.

1º   COMPROMISSO.  2 Tm 2.2
Paulo recomenda  ao jovem líder Timóteo que escolhe seus líderes observando antes mesmo de quaisquer habilidades, a fidelidade e a lealdade. Homens assim serão líderes de compromisso, gente em quem se pode confiar. Responsáveis.

2º   FIRMEZA. I Co 15.58
Alguns líderes não vencem nunca por serem inconstantes.   É preciso ter a marca da perseverança. Perseverança é o hábito do Esforço prolongado. Não desistir antes de completar a tarefa. Tem gente que não persevera em nada que começa. Seja constante, firme. I Cor 15.58

3º   FLEXIBILIDADE.  Sabe andar a segunda milha.  Mt 5. 38-42
Saber ouvir.  Saber quando é preciso ceder. Flexibilidade não é incompatível com autoridade. Aliás, autoridade é conquistada. Existem, claro, questões inegociáveis, nas quais  devemos ser radicais, inflexíveis, todavia no não essencial, liberdade. 

O líder flexível sabe dialogar, sabe ouvir e sabe até mudar de idéia se preciso for. “Só madeira  podre não tem Flexibilidade, se quebra fácil”. 
        
4º   CAPACIDADE DE “SENTIR COM O OUTRO”. Pensar no outro, servir o outro.  Romanos 12.15
Empatia, ou  seja, identificar-se com o outro. Não pensar só em si mesmo. Líderes infantis são essencialmente egoístas: “é meu”, “me dá” etc.; são expressões infantis que andam na boca de lideranças imaturas. Líderes maduros se importam com seu grupo. Choram com os que choram, mas alegram-se com os que se alegram.

5º   CAPACIDADE DE TOLERAR O DESCONFORTO E A INCONVENIÊNCIA.  
Capacidade de auto sacrificar-se pelo outro e pela causa. Quem assumiu a maturidade coloca o dever acima do conforto. O apóstolo Paulo é um grande exemplo de auto-sacrifício pela causa.  2 Co 11.  23-28.

6º   É CAPAZ DE TRABALHAR SEM ESPERAR PRAZER E RECOMPENSAS IMEDIATAS.  Mq 2.10.
O líder maduro sabe que em muitas ocasiões ele mesmo não vai colher o resultado de seu  trabalho, todavia ele semeia assim mesmo. Ele não sobrevive de elogios e tapinhas nas costas. Ele até gosta de elogio, quem não gosta, todavia ele não precisa deles. Sendo assim ele foge da viciante tentação de agradar a todos o tempo todo.

7º   ELE SURPREENDE.  Vai além. Costuma fazer mais do que é esperado. Mt    5.38.
Líderes maduros  não se prendem a cumprir listas e apenas a fazer o que foi pedido. Ele vai mais longe. Sem passar por cima do outro, ele se antecipa na solução de um problema.  Principalmente se a questão é urgente.

8º. ELE CELEBRA O SUCESSO DO GRUPO, SABE DAR VALOR AO SUCESSO DO OUTRO E DE SEU LIDERADO.
O líder maduro sabe elogiar seu liderado. Jesus elogiava as pessoas. Luc 7.6-9
O líder maduro já venceu a tentação de brilhar sempre. Como João Batista ele reconhece quando esta diante de outro líder, inclusive melhor do que ele em algum aspecto. Sua grandeza está em engrandecer o outro em dar valor ao talento alheio.

Tenho encontrado líderes que não reconhecem o valor de seus antecessores. Pensam ser os salvadores do rebanho ou da instituição. Não percebem que tudo é um processo de continuidade e que amanhã também serão substituídos.

A Liderança madura sabe aplaudir e agradecer outros líderes bem  como seus liderados.

9º   NÃO FOCA SUA MANUTENÇÃO NO CARGO. SEU FOCO É SUA MISSÃO.  Atos 20.24
As pessoas sabem muito bem discernir ações políticas para mera manutenção no cargo das ações despretensiosas e focadas no cumprimento da missão.

Deus certamente não honrará as motivações políticas. Por maior que seja a obra ou a realização, Deus não vai permitir que alguém roube sua glória. Qual o seu foco?

10º  SABE PREPARAR SEU SUCESSOR, SABE PASSAR O BASTÃO. E FAZ ISSO COM PRAZER. 2 Tim 2.2
Eis aqui uma seara difícil. Como é difícil passar o bastão. Mas essa é uma capacidade dos líderes maduros que não precisam provar nada pra  ninguém.

Ao que você tem se apegado? Ao cargo, ao título ou à missão? Apegue-se a Cristo.

Paulo pode dizer, “combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé”.

Bispo Anderson Caleb Soares de Almeida

Lidiomar

Graça e Paz