terça-feira, 24 de abril de 2012

A Oração Gera Sensibilidade Espiritual


A Bíblia não consiste apenas em letras impressas em tinta preta sobre um papel branco; é mais que isso. As palavras impressas nela não são meras palavras. São a Palavra de Deus.

“ Deus é espírito e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.”(Jo 4. 24.). Jesus disse o seguinte: “ O espírito é o que vivifica; a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos tenho dito, são espírito e são vida.” ( Jo 6. 63.). Portanto, o Espírito Santo pode criar em nós uma sensibilidade espiritual de forma que sejamos capazes de entender a Palavra de Deus numa nova dimensão, numa dimensão maior.

Paulo salienta também este ponto: “Mas falamos a sabedoria de Deus em mistério, outrora oculta, a qual Deus preordenou desde a eternidade para a nossa glória; sabedoria essa que nenhum dos poderosos deste século conhece; porque, se ativessem conhecido, jamais teriam crucificado o Senhor da glória; mas, como está escrito: Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam. Mas Deus no-lo revelou pelo Espírito; porque o Espírito a todas as cousas perscruta, até mesmo as profundezas de Deus.”(1 Co 3. 7-10.)

Paulo enfatiza também a importância de se procurar entender a Palavra de Deus debaixo da unção do Espírito Santo, que recebemos pela oração. Diz ele: “Ora, o homem natural não aceita as cousas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las porque elas se discernem espiritualmente.”(1 Co 2. 14.)
 
A razão por que o mundo não compreende a Palavra de Deus, apesar de toda a sua sabedoria natural, é que a Palavra de Deus se situa numa dimensão superior ao conhecimento e sabedoria naturais. Ela contém uma dimensão espiritual que não pode ser entendida sem a orientação do Espírito Santo.

A fé vem pelo ouvir, e o ouvir pela Palavra de Deus”, escreveu Paulo aos romanos. Deus aumenta nossa fé na medida em que cultivamos o ouvir, ou a sensibilidade espiritual a Palavra de Deus, em espírito de oração.

Nossa dependência de Deus aumenta nossa sensibilidade espiritual. O Senhor orienta e dá compreensão espiritual. Muitas vezes, para isso, precisamos de uma grande ousadia espiritual. E, no entanto, depois de orar, damos um passo em frente, pela fé, adquirimos mais sensibilidade     espiritual.

Com os sentidos espirituais a aguçados, podemos entender melhor o “ alimento sólido ” da Palavra de Deus. :  “ Mas o  alimento sólido é para os adultos, para aqueles que, pela prática, têm suas faculdades exercitadas para discernir não somente o bem, mas também o mal.”(Hb 5.14)

O escritor da carta aos hebreus está simplesmente expondo quais são as qualificações necessárias, para que ele possa comer o alimento sólido das Escrituras. Aqueles que já adquiriram sensibilidade espiritual, usando o discernimento que já possuem, podem ingerir o alimento sólido. Mas os que ainda não desenvolveram sua sensibilidade espiritual podem ingerir apenas o leite da Palavra de Deus.

Pela oração, nos tornamos mais sensíveis à Palavra de Deus, também aprendemos a discernir melhor a presença do Senhor.


Se você ainda não experimenta regularmente esta comunhão, está na hora de começar, comece pedindo ao Espírito Santo que faça a presença de Cristo tornar-se bem real para você.

Peça-lhe que lhe dê uma nova compreensão de sua Palavra.

Peça-lhe que o coloque numa nova dimensão de comunhão no Espírito Santo.

Extraído do Livro: Oração A chave do avivamento – Autor: Paul Y. Cho

Por Litrazini

Graça e Paz