quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Porque tu livraste a minha alma da morte...

Salmos 116

Volta, minha alma, para o teu repouso, pois o SENHOR te fez bem. Porque tu livraste a minha alma da morte, os meus olhos das lágrimas, e os meus pés da queda. Andarei perante a face do SENHOR na terra dos viventes. - Salmos 116:7-9

Muitas coisas em nossa vida são inesperadas, planeamos algumas, nos alegramos quando as conquistamos, e suportamos outras, faz parte do processo de, estar vivo.

Estas situações nos ensinam, nos moldam, nos provam.

Faz de nós pessoas melhores ou piores, mas nunca mais saímos destas experiências da mesma maneira como entramos.

O que fazer quando o inesperado chega até nós?

Há exatamente um ano (01) atrás, fui levado ao internamento (UTI) do hospital Stª Maria em Lisboa, com um diagnóstico de morte, 01 derrame cerebral (a veia interligada ao coração arrebentou) e 03 aneurismas, resumo 50% de chance para viver e o mesmo percentual para morte.

Minha tensão arterial chegou a 6.0, estive em coma!!!

Não houve tempo para beijar minha linda esposa e, despedir-me do meu precioso filho.
Apenas aconteceu como um vento que sopra de um momento para o outro.

Caso (sobre)vivesse, muitas complicações e seqüelas, talvez nem conseguisse redigir este  texto sozinho, poderia viver a vegetar segundo os médicos.

Mas, é bom quando pode-se dizer MAS, o "mas" é um espaço de tempo para crer.

Deste período trago uma experiência que,  palavras não conseguem expressar, o que vi e vivi, a vida não termina aqui, disto eu já sabia, no entanto hoje digo, aqui não é o fim!

Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que esteja morto, viverá. (João 11,25)

João 14

Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim.
Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar.

Neste fim está tudo à começar!

O que levamos daqui? Nada.

No entanto há uma riqueza que nos é dada aqui, que muitos até mesmo os que, a têm não apercebem-se do que têm.

Eu creio em Jesus Cristo, Ele tem a última palavra em minha vida, sei que Ele esta vivo !!!

Quando os médicos diziam a minha esposa, caso eu (sobre)vivesse quais seriam minhas complicações, Alguém disse-me no lugar onde estava, Leandro, você ainda não vem, não chegou a sua hora, tudo ficará bem e você não terá nenhuma seqüela.

Crer em Jesus não é viver uma religião, experimentar  Jesus, muda uma história de vida, mudou a minha, mudará também a de qualquer um que ousar crer.

Conhecer Jesus é tudo!!!

De fato, vivemos sem saber quando será o fim, o certo é que há um fim.

Porém  no fim será apenas o começo.

Jesus, tirou-me da UTI, do diagnóstico de morte, mostrou-me sua face, desenganou os médicos, mostrou-me sua fidelidade, deu-me mais uma chance na terra dos vivos, há muito o que poderia escrever...

Hoje quero comemorar, celebrar, quero beijar minha esposa, abraçar meu filho, estar com aqueles que tanto nos ajudaram no momento mais marcante de minha vida.

Agradeço a você que dispensou um pequeno tempo e leu até aqui, obrigado.

Um forte abraço

Leandro Almeida
Facebook - Leandro Almeida

E com este lindo testemunho de um amigo querido que desejamos uma boa reflexão para todos.

A Graça e a Paz de Cristo Jesus,

Moacir Neto