domingo, 7 de abril de 2013

É possível Deus se esquecer de alguém?


Em Gênesis 8.1; 30.22 e Êxodo 2.22 é usada uma expressão interessante: e lembrou-se Deus.
Não é possível Deus se esquecer de nada nem de ninguém. Ele não sofre de amnésia, como nós. Não fica velho, estressado nem gagá. Sendo assim, a referida expressão é usada como figura de linguagem, para reforçar a ideia de que, durante o tempo da espera da bênção prometida em cada passagem citada — a salvação de Noé, a gravidez de Raquel e a libertação de Israel do Egito, parecia que Deus havia momentaneamente se esquecido daquelas pessoas, mas, então, Ele se manifestou a elas, como se tivesse lembrado o tempo de beneficiá-las.

Há várias declarações na Bíblia que reforçam que o Senhor não se esquece de nada nem de ninguém (Deuteronômio 4.31; Amós 8.7; Hebreus 6.10).

Quero chamar sua atenção especificamente para Isaías 49.15, onde há uma pergunta feita pelo próprio Deus, seguida de uma declaração dele: Pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti. Aqui, Deus lembra a Seus filhos que o Seu amor é ainda superior ao materno, pois Ele jamais se esquece de quem ama.

Enquanto existem algumas mães que, por problemas psicológicos, crises emocionais e/ou ¬ financeiras, esquecem seus filhos, não cuidam bem deles ou rejeitam-nos. O Senhor, no entanto, independente das circunstâncias, jamais muda ou é afetado por qualquer circunstância contrária. Ele nunca se esquece de um filho Seu. Mesmo um amor tão imensurável como o de mãe fica pequeno diante do amor desse Pai.


Por causa dessa grandiosidade do amor divino, não existe nenhuma possibilidade de o Altíssimo se esquecer de alguém. Essa verdade está assegurada em João 3.16: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. O amor do nosso Criador e Salvador por nós ultrapassa a dimensão do nosso entendimento (Efésios 3.19). Deus nos ama incondicionalmente e infinitamente mais (1 João 4.19).

A aparência, a educação e a forma como somos tratados uns pelos outros influenciam nossos pensamentos, sentimentos e desejos em relação às pessoas. Com o amor do Altíssimo, não é assim. O Senhor nos ama independente de nossas características, nossas ações e nossos pensamentos, e corresponde à nossa busca por Ele e às nossas demonstrações de afeto e de respeito por Ele e Sua boa, perfeita e agradável vontade.

Você pode perguntar-se: “Será que o Senhor está preocupado comigo?”. Esteja certo que sim. Deus é fiel e verdadeiro. Ele fará justiça e juízo a todos os oprimidos. Jamais esquecerá o Seu povo, e isso inclui você. Tenha certeza de que tudo que Ele prometeu quanto à sua vida se cumprirá. Ainda que você esteja vivenciando a maior adversidade de todos os tempos, o Todo-poderoso vai operar um milagre a seu favor, mesmo que Ele tenha de mudar tudo.

O problema é a nossa inquietação, a nossa ansiedade. É difícil ter paciência para esperar algo que desejamos. Queremos conseguir tudo de imediato, em nossa hora, nosso tempo. No entanto, é preciso esperar o tempo de Deus, crendo que Ele tem o melhor para a nossa vida.

Nossa visão é limitada. Enxergamos somente o aqui e o agora. A visão do Criador, porém, é ilimitada. Ele consegue ver o futuro, por isso tem e sabe o que é melhor para cada um de nós.

Portanto, mesmo que o milagre não tenha acontecido, glorifique a Deus. Não perca sua noite de sono, não se apavore, não tome atitudes precipitadas e muito menos murmure. Em vez disso, leia constantemente a Palavra de Deus e ore para que o Espírito Santo traga refrigério à sua alma enquanto enfrenta esse momento de dificuldade.


Além disso, creia e entregue o seu problema e as questões humanamente impossíveis nas mãos do Criador. Exercite sua fé e aguarde que o mover de Deus transformará a sua situação difícil. A sua luta não perpetuará, em nome de Jesus. Você pode não ver nem perceber, mas Ele tem agido de maneira poderosa e abençoará a sua vida.

SUGESTÕES DE LEITURA:
Isaías 49
Livros ‘Por que Deus não se esquece de você’ e ‘Promessas de Deus, o que fazer para recebê-las?’,

Pr. Silas Malafaia

Por Litrazini

Graça e Paz