terça-feira, 18 de março de 2014

Para obter o apoio de Deus

Deus é contra os orgulhosos, mas é bondoso com os humildes. (Tg 4.6)

Tiago recorre ao livro de Provérbios para condenar a soberba. A escolha não podia ser mais apropriada. Não há outro livro mais taxativo quando o assunto é a soberba.

Entre as quase trinta referências à soberba encontradas nos Provérbios de Salomão, destacam-se:

“Eu odeio o orgulho e a falta de modéstia” (8.13).

“O orgulhoso será logo humilhado; mas com os humildes está a sabedoria” (11.2).

“A pessoa prudente esconde a sua sabedoria” (12.23).

“O orgulho só traz brigas” (13.10).

“O tolo orgulhoso sofre por causa das coisas que diz” (14.3).

“O Senhor Deus derruba a casa dos orgulhosos” (15.25).

“O Senhor detesta todos os orgulhosos; eles não escaparão do castigo, de jeito nenhum” (16.5).

“O orgulho leva a pessoa à destruição, e a vaidade faz cair na desgraça” (16.18).

“A pessoa orgulhosa está a caminho da desgraça, mas a humilde é respeitada” (18.12).

“Os maus são dominados pelo orgulho e pela vaidade, e isso é pecado” (21.4).

“Mande embora a pessoa orgulhosa, e acabarão os desentendimentos, as discussões e os xingamentos” (22.10).

“Quando você estiver diante das autoridades, não se faça de importante” (25.6).

“Ninguém se elogie a si mesmo; se houver elogios, que venham dos outros” (27.2).

“O orgulhoso acaba sendo humilhado, mas quem é humilde será respeitado” (29.23).

“Há pessoas que são tão orgulhosas, que olham os outros com desprezo” (30.13).

–O que vale é o elogio alheio e não o elogio próprio!

 Retirado de Refeições Diárias com os Discípulos. Editora Ultimato.

Por Litrazini


Graça e Paz