terça-feira, 5 de agosto de 2014

O que estão fazendo com a Igreja?

“A menos que vocês provem para mim pela Escritura e pela razão que eu estou enganado, eu não posso e não me retratarei. Minha consciência é cativa à Palavra de Deus. Ir contra a minha consciência não é nem correto nem seguro. Aqui permaneço eu. Não há nada mais que eu possa fazer. Que Deus me ajude. Amém”. (Martinho Lutero)

A Bíblia diz que Deus mesmo deu a sua igreja apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres, visando o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para a edificação do corpo de Cristo[1] e que a finalidade maior de Deus dar homens com esta vocação era o crescimento saudável e o fortalecimento da igreja como povo de Deus.

Deus em sua suprema sabedoria estabeleceu todos os meios necessários para o cumprimento da sua vontade. Deus estabeleceu a igreja e providenciou os recursos para a execução da sua vontade no sustento dos pastores e líderes, e para o sustento daqueles que deviam ir aos campos onde a salvação ainda não se manifestou.

Deus chamou aos servos que Ele mesmo salvou para um compromisso de sustento dos vocacionados, afim de que todos se engajassem na obra da salvação dos perdidos quer indo aos campos, quer orando pelos que vão ou mesmo sustentando os que vão. Deus deu todos os meios para que a igreja cumpra sua missão.

Ele deu dons espirituais e recursos materiais. Mas ao contrário do que se esperava com relação aos lideres chamados, separados, escolhidos e ungidos, eles não foram fiéis a Deus nem sinceros na administração do que Deus lhes confiou. Os dons que Deus deu estão sendo usados para a autopromoção dos homens e os recursos materiais advindos das ofertas e dízimos dos santos estão sendo, na sua maioria, usados para o enriquecimento do clero evangélico. O que estão fazendo com a igreja que Jesus comprou com seu sangue? O que estão fazendo com a Noiva do Cordeiro?

Muitos pastores estão se tornando lobos; muitos missionários estão se tornando mercenários; muitos ministros estão se tornando estrelas; muitos homens de Deus estão se tornando homens do dinheiro. O cenário gospel atual apresenta uma inversão de princípios bíblicos, ao invés de Deus crescer e o homem diminuir, os homens estão no pódio e Deus reduzido a um mero instrumento de promoção dos interesses egoístas de homens entorpecidos pela soberba. O que estão fazendo com o ministério e a vocação da igreja?

Há pastores que só pregam por dinheiro, há cantores que só cantam por lucro, há ministros que exploram financeiramente as igrejas com seus falsos encontros de louvor e adoração. Em nome do Deus Verdadeiro adoram a Mamom. O que estão fazendo com o dinheiro da igreja?

Existem ministros usando a Bíblia para manipular os crentes. Eles induzem o povo de Deus ao erro doutrinário[2]. Eles estabelecem sua própria vontade em nome Deus. Eles dizem coisas em nome de Deus que o Senhor nunca falou só para manter o domínio sobre as ovelhas de Deus. Eles vêm na frente de Deus e Jesus falou a seu respeito dizendo: “quem vem antes de mim é ladrão e salteador”.

O que estão fazendo com a Palavra de Deus?

O silêncio da igreja faz com que os erros dos homens que a si mesmos se declaram pastores, mas não são, (sendo antes lobos devoradores) pareça correto.

Em nome de Deus os profetas denunciaram os sacerdotes maus e pregaram ao povo que Deus estava contra os ministros infiéis. Que em nome de Deus os verdadeiros pastores façam o mesmo!

[1] Efésios 4.11-14.
[2] Ezequiel 22.26-28.

Missionário: Rosivaldo Silva Santos

Por Litrazini


Graça e Paz